Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Markku Alen no Rali Vinho Madeira 2008! De FIAT 500 Abarth!

Tópico em 'Clubes e Eventos' iniciado por Marco Pestana, 26 Jul 2008.

Tópico em 'Clubes e Eventos' iniciado por Marco Pestana, 26 Jul 2008.

  1. Especial Rali Vinho Madeira 2008

    [​IMG]
    Emissão On-Line

    [​IMG]
    Programação Televisiva

    [​IMG]
    Programação Televisiva


    Grandes emoções no RVM 2008 [​IMG] [​IMG] 25-Jul-2008 [​IMG]A 49º edição do Rali Vinho Madeira, quinta etapa do Campeonato de Portugal de Ralis, elegível também para o Intercontinental Rally Challenge e para o Europeu de Ralis, será mais uma grande festa da disciplina e a Abarth irá dar o seu precioso contributo. Para tal contribuirá o convite que possibilita a vinda a Portugal do histórico piloto finlandês, Markku Alén, ele que outrora elevou bem alto o nome da Abarth mercê das suas inúmeras vitórias no TAP Rallye de Portugal (foram cinco no total: em 1975 com um Abarth 124 Rallye e em 1977, 1978, 1980 e 1981 aos comandos de um 131 Abarth).

    O virtuoso piloto irá tripular um dos carros de segurança do rali madeirense, mais precisamente um dos dois espectaculares 500 Abarth com o qual serão abertas as classificativas antes da passagem dos concorrentes. Um dado curioso neste convite reside precisamente no facto desta ser a primeira presença do “finlandês voador” na ronda insular e mais uma vez tal sucede por intermédio da marca que sempre contribuiu para os seus sucessos desportivos. Mas a presença da Abarth no Rali Vinho Madeira não se fica por aqui, pois um segundo 500 será pilotado pela jovem promessa do automobilismo nacional, Filipe Albuquerque. O piloto de Coimbra, que irá competir numa das portas de entrada da F1 – A1GP – juntará assim mais uma interessante e rica experiência ao seu já extenso e vitorioso palmarés, ao mesmo tempo que dará a sua cooperação na prossecução de um rali seguro para pilotos, automóveis e para o muito público que sempre acompanha a jornada do Club Sports da Madeira. Deste modo, e numa altura em que a Abarth começa a dar os seus primeiros passos na sua “vida” comercial em solo nacional, o sucesso da sigla 500 junta-se também de forma indelével ao assinalar dos 500 anos da Ilha da Madeira, prestando assim, de forma simbólica, a sua sentida homenagem em ano de tão forte carga histórica deste território. A Abarth é desde sempre o centro competitivo no seio do grupo Fiat. É a marca que “respira” emoções fortes, que concebe automóveis capazes de elevar as batidas do coração. É também na Abarth que se dão, que se desenvolvem, inúmeros avanços tecnológicos usados quer na vertente competitiva do mundo automóvel como depois segue para integrar a produção dos veículos de série. Desde a primeira hora que os técnicos da Abarth centraram os seus esforços numa particularidade que há mais de meio século distingue, torna único, o mundo Abarth: transpor a experiência do mundo da competição para os veículos de série. Desde sempre sinónimo de automóveis brilhantes, de desafios, de paixão e de grandes emoções, a Abarth tem sempre a intenção de fazer sonhar todos os apaixonados pelo desporto automóvel: depois da interpretação Abarth com o Grande Punto, é a vez do novíssimo 500 Abarth dar mais um passo em frente na concretização do ambicioso projecto da Fiat Group Automobiles através de uma abordagem clara e forte que foi, primeiro, de Carlo Abarth e que hoje reencontramos tanto no projecto e construção dos novos modelos, como no desenvolvimento de todas as actividades da Marca. Este ano, no 49º Rali Vinho Madeira, o 500 Abarth estará na estrada a apresentar ao público as suas virtudes tecnológicas, o seu primor estético e claro a sua raça, a sua energia contagiante nas “serpenteantes” classificativas da prova do Club Sports Madeira.

    Fonte: Press-Releasse Fiat Group Automobiles Portugal
     
  2. Toda a informação sobre o Rali Vinho Madeira 2008 e TODA a informação sobre o espectacular regional de Ralis em:

    http://www.ralismadeira.com
     
  3. Rali Vinho Madeira: Nicolas Vouilloz foi o vencedor
    Funchal, 02 Ago (Lusa) - O francês Nicolas Vouilloz (Peugeot 207 S2000) venceu hoje a 49ª edição do Rali Vinho Madeira, percorrendo as duas etapas e as 21 provas especiais de classificação em 03:05.14,8 horas, numa prova com 292 quilómetros percorridos em classificativa.

    18:29 | Sábado, 2 de Ago de 2008[​IMG][​IMG] [​IMG][​IMG][​IMG]Link permanente:x
    Funchal, 02 Ago (Lusa) - O francês Nicolas Vouilloz (Peugeot 207 S2000) venceu hoje a 49ª edição do Rali Vinho Madeira, percorrendo as duas etapas e as 21 provas especiais de classificação em 03:05.14,8 horas, numa prova com 292 quilómetros percorridos em classificativa.
    O francês conseguiu apenas uma vantagem de 5,4 segundos sobre o segundo classificado, o italiano Giandomenico Basso (Fiat Punto Grande Abarth S2000) que, durante a manhã de sexta-feira, estava a protagonizar com o português Bruno Magalhães (Peugeot 207 S2000), líder do campeonato nacional de ralis, a disputa pelo primeiro lugar, até o italiano se enganar numa escolha de pneus e "tropeçar" autenticamente na classificação.
    Magalhães manteve a liderança, Vouilloz ficou no segundo lugar mas, repentinamente, passou para a frente do rali na 12ª e penúltima classificativa do dia, beneficiando do furo de um pneu do Peugeot de Magalhães, quando este dominava o andamento da competição. Esse furo fê-lo perder cerca de três minutos e relegou-o para a 10ª posição da geral no final da etapa, a 03.07,5 minutos do líder.
    Hoje, à entrada para a 2ª etapa, Vouilloz beneficiava de uma vantagem de 3,7 segundos sobre o surpreendente piloto madeirense Alexandre Camacho - piloto privado, líder do "regional" de ralis - que com o seu Peugeot 207 S2000 assumiu no final da etapa o segundo lugar.
    O madeirense manteve durante a etapa o francês sempre sob pressão, mas Vouilloz, um dos líderes do "Intercontinental Rally Championship" (IRC), para que a prova madeirense é pontuável, não cometeu qualquer erro.
    Camacho, por seu lado, e com uma máquina que obviamente não tem as capacidades das de fábrica com quem lutava, viu ainda, na última classificativa do dia, o "endiabrado" Giandomenico Basso ultrapassá-lo na luta pelo segundo lugar, com o madeirense a ficar a oito segundos do primeiro lugar.
    No quarto lugar ficou outro italiano, Renato Travaglia (Fiat Punto Grande Abarth S2000), a 41,2 segundos enquanto que na quinta posição ficou o líder do "europeu" e que, à entrada para este rali, era comandante ex-aequo do IRC com Vouilloz, o também transalpino Luca Rossetti (Peugeot 207 S2000), a 01.02,5 minutos.
    Destaque ainda para a boa recuperação de Bruno Magalhães, que acabou na oitava posição, à frente do seu rival na luta pelo título de campeão nacional, José Pedro Fontes (Fiat Punto Grande Abarth S2000).
    Basso, com nove, Magalhães, com cinco, Vouilloz, com quatro, Camacho, com duas e Freddy Loix, com uma repartiram as vitórias nas 21 provas especiais de classificação.
    O Rali Vinho Madeira pontua para o "Intercontinental Rally Championship" (IRC), prova suportada pela cadeia televisiva Eurosport, bem como para o "Europeu", para o Campeonato Português de Ralis e para o Regional de Ralis.
    Resultados completos em : www.ralivm.com
    LAR.
    Lusa/fim
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página