Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

"Manecas" Pereira da Silva - Jovem Lobo

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Francisco Lemos Ferreira, 13 Out 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Francisco Lemos Ferreira, 13 Out 2008.

  1. O piloto:

    Nome: Manecas Pereira da Silva
    Data de Nascimento: 5 de Dezembro de 1948
    Residência: Sintra
    Altura: 1,80 m
    Peso: 81 Kg

    Currículo Piloto:

    1971 – Estreia em competição (Mustang)
    1972 – Campeonato Nacional de Velocidade Iniciados (Angola)
    1973 – Campeonato Fórmula TCA / Lotus Europa (Angola)
    1974 – Velocidade / March 74S (Angola)
    1975 e 1976 – Participação no Campeonato Super V (Brasil)
    1978 e 1979 – Participação no Troféu Opala 4100 (Brasil)
    1986 – Estreia em competições todo-o-terreno (Transportugal)
    1996 – Participação no Dakar em Camião
    1997 – 4º nas 24 Horas TT de Portugal
    Até 1998 – Várias vitórias na Categoria Solos das provas nacionais de todo-o-terreno
     
  2. Extraído dum site de desporto, com o título Dakar 1999


    Pelo caminho ficaram Paulo Marques, Elisabete Jacinto e as duplas Santinho Mendes/Teles Fortes e Paulo Camacho/João Gabriel para além de um quase herói, Manecas Pereira da Silva, a provar que para quem sabe o espírito amador do Dakar ainda é possível.

    Para este último estamos em crer que deverá ir o maior aplauso. Quase que ignorado pelos "lobbies" do marketing e televisão que giram em torno do Dakar, o piloto português foi capaz de demonstrar que com técnica de condução e muita persistência ainda se pode participar no Dakar mesmo que o carro seja um Land Rover Defender de série com menos de 120 cavalos e com a casa às costas.
     
  3. Isto sim, é o verdadeiro espírito de sacrifício.
     
  4. muito bem
     
  5. Possa, estriou-se logo com um Mustang??? Isso é que é uma estreia... :D

    Fico á espera de mais matéria sobre este piloto...

    cumprimentos.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página