Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Lambretta 150 DL de 1956 em restauro

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Daniel Melo, 7 Jan 2010.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Daniel Melo, 7 Jan 2010.

  1. Meus Amigos;
    Esta maquina não é minha, mas sim do meu bom companheiro José Casemiro. Ja na altura que comecei a desmontar a minha Matchless e depois quando recuperei a minha Motoconfort AU 33, esta Lambretta já se encontrava la num canto a aguardar melhores tempos. Agora que o "Casemiro" se reformou, reduzui o tamanho da oficina, criou mais espaço social e no outro lado onde ainda continuam as suas ferramentas, resolveu então ir buscar o sacho enferrujado para lhe dar nova vida. Esta lambretta ja esta na sua posse ha mais de 15 anos, os documentos já se tinham extraviado, mas num só dia foi ao IMTT, localizaram o registo, foi a conservatoria e na mesma altura transferiram a propriedade para ele. La esta ele todo entusiasmado a volta dela e promete que antes do verão chegar que a Lambretta ja vái andar.
    Hoje o motor ja rodou e está a corresponder bem. Vai-se descas-la toda para ir ao jacto de areia e iremos acompanhando as diversas fases.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Gostaria de salientar de que este modelo de 1956 só existem aqui na ilha 3 sobreviventes e o Casemiro quer assegurar que este exemplar vai ficar para a historia.
     
  3. Bonita mota,ja ando atras de uma ja a algum tempo,mas hei de conseguir arranjar.Va colocando mais fotos do processo para se ver.
     
  4. Concerteza mais um restauro exemplar para seguir aqui com atenção ;)

    Vou ficar atento...
     
  5. Muito trabalho a fazer mas certamente ficará pra historia ;)
     
  6. Concerteza, com o mestre casimiro estimulado, tudo anda depressa...

    O importante é que as peças estao la todas, o mais dificil sera soldar em aluminio uma peça partida em 3, mas fora isso, não ha nada queo mestre Casemiro não resolva...
    O que se pode esperar de um homem que em Moçambique fazia 400 klms de mota para ir namorar ao final de semana? Com furos no meio do mato e com os pneus cheios de capim?
     
  7. sei de uma cá em bom estado e não está restaurada, ta parada á anos numa oficina. talvez fique com ela mas tenho de encontar o dono.
    a mota 'e em verde e branco e parece-me completa.
    deve tar a uns bons 15 anos la paradinha e julgo ter docs.
    vou ficar atento a este restauro:D
     
  8. Amigo Cabeceiras, atire-se a ela porque este modelo vale a pena. Por acaso nunca vi nenhuma pintada de verde e branco.
     
  9. Aqui vão mais umas fotos da evolução do dia de hoje, não é facil retirar o chassi da carcaça, porque esta bem soldado em varios pontos. Finalmente descobrui-se o numero do quadro, estava bem escondido por detraz do motor. Só falta retirar a roda da frente e em meados da semana que vem ja deve ir ao jacto de areia. A nova panela de escape ja tem o bruto feito, falta os acabamentos
     

    Ficheiros Anexados:

  10. É uma bela mota essa lambretta, mereçe todo o trabalho e envestimento necessario para ficar impecavel. Abraço
     
  11. Mais alguns avanços desta manhã.
     

    Ficheiros Anexados:

  12. Muito trabalhinho...força nisso! ;)
     
  13. Eu ja tinha dito, de que com o nosso amigo José Casemiro, quando lhe dá a "Veneta" é sempre a abrir...Vejam a diferença da semana passada para hoje...O guarda lamas dianteiro foi a jacto de areia, mas teve de se tomar cuidado por estava muito furado da corrosão, foi feito o trabalho pelo exterior e interior, mas para solidificar melhor, levou no interior uma camada de fibra de vidro e no exterior levou massas para depois retirar as imperfeições. Todas as restantes peças voltaram hoje do jacto de areia e ai estao elas limpinhas. Hoje ao final do dia, ja deverá levar a primeira demão de primario.
     

    Ficheiros Anexados:

  14. Continução...
     

    Ficheiros Anexados:

  15. ainda faltava o cesto...
     

    Ficheiros Anexados:

  16. Ainda falta ai muito trabalho,mas aos poucos fica pronto,e é sempre bom ver o resultado final.Força.
     
  17. Boa noite!
    Desculpe a minha observação, mas acho que dar fibra no guarda lamas não terá sido a melhor opção... não havia hipótese do guarda lamas ter sido reparado com chapa?Acho que essa mota merecia!
    Cumprimentos
    carlos Domingos
     
  18. Boas, amigo Daniel tb sou da mesma opinião em relação fibra!Ainda vai a tempo de resolver isso. De resto tem bom aspecto!boa sorte.
     
  19. Boas meus Amigos; Como disse no começo deste topico, a mota não é minha. Esta opção foi feita pelo seu proprietario. Esta situação aconteceu apenas com o guarda lamas dianteiro, porque a chapa estava demasiado fragil e muito perfurada, foram feitos alguns remendos e reforços, mas ainda assim nao seriam suficientes para manter a boa forma. Foi por isso a opção da fibra no interior, para além disso com o nosso clima de durante 75% do ano o teor de humidade no ar é superior a 85%, desta forma fará com não haja mais corrosão nemacumulaçao de humidades provenientes do chão. Foi dada ainda ontem, uma demão de primario, para agora começar-se a tratar individualmente cada peça.
     

    Ficheiros Anexados:

  20. mais algumas
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página