Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Jantes Bbs E50 Centerlock

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Nunopt, 24 Nov 2013.

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Nunopt, 24 Nov 2013.

  1. Olá a todos,
    Tenho uma pequena dúvida, eu comprei umas bbs e50 centerLock em 17 para o meu e30, foi-me dito por um senhor, que tem umas bbs e50 mas 5 furos no seu e30 que os centros por serem em magnésio racham facilmente com o uso na estrada!
    Este Senhor teve as jantes com os centros em magnésio, e acabou por fazer umas réplicas dos centros em alumínio, porque será mais resistente, de certa forma acredito neste senhor porque me mostrou bastante confiança ao falar neste assunto e além do mais é representante do site Alemão rs-felgen.
    Mas gostaria de ver as vossas opiniões acerca deste assunto, qual o feedback destas jantes? Será que racham assim tão facilmente?
    Será que só posso sair com elas quando for á "missa" :)
    Deixo uma foto dos centros que comprei.

    Obrigado a todos e espero por respostas da vossa parte
    Abraço
     

    Ficheiros Anexados:

    Diogo L. D. Santos gostou disto.
  2. Olá boa noite,

    Essas jantes normalmente eram usadas em competição. Sao extremamente caras e dispendiosas na hora de arranjar alguma peça.
    Por acaso não foi o Kiko do Porto que lhe arranjou esses centros?
    É que existe um M3 , normalmente reparado em Gaia (grijó) que tem essas jantes e com centros copiados em alumínio..a partir dos originais de magnésio.
    A questão do magnésio é que não resiste tão bem a pancadas súbitas...e é mais abrasivo e mais flexível que o alumínio. Mas em termos de leveza o magnésio é imbatível não sendo muito utilizado em viaturas de estrada. Há ainda jantes com mistura dos dois metais.
    As jantes bipartidas e tripartidas sao normalmente mais leves e mais resistentes às pancadas e sao utilizadas em competição mas os custos de produção fazem com que sejam caríssimas.. Daí os preços pedidos pelas BBS RS por exemplo.
    Ao serem tripartidas dissipam as pancadas de melhor forma, não quebrando imediatamente como acontece com uma jante de alumínio tradicional. Atenção que o alumínio usado nas BBS é de excelente qualidade, nada tendo a ver com as tradicionais. Algumas abas sao anodizadas.
    Ao que vai fazer com o carro? Se for para andar em cima de buracada é mau...mas para uma utilização em boas estradas (vias rápidas, AE e estradas de bom piso) e pista, não vejo qualquer problema.

    Atenção que eu não deixava essas jantes morar na rua... Pois porca central é complicado e bastante valioso.
    E as mangas de eixo e cubo? São iguais? O cubo tem que ser especial também..

    Coloque fotos.

    Cumprimentos
     
    Rafael S Marques gostou disto.
  3. Olá,
    Obrigado pela imensa ajuda,
    O carro não vai ser para circuito, apenas para dar uns passeios, condução normal!
    Tenho um pouco de receio que rachem em andamento e poderá vir a trazer problemas, toda a maneira vão ser rectificados, pintados....estes centros não são réplicas, são mesmo em magnésio, e são tripartidas.
    Por acaso estive a falar com um senhor que não sei se é conhecido por "kiko" ele tem umas jantes á venda bbs e50 furação 5/120 mas já não são em magnésio mas sim em alumínio, mandou fazer umas réplicas em Alumínio porque as dele em magnésio racharam! Aí está o meu medo!
    Mas para ter umas em Alumino prefiro nem ter nada acaba por ser um grande investimento para ter umas réplicas, pois os meus centros são centerLock é um investimento bem maior!
    Eu queria saber se ao rectificar, tratar bem o magnésio e claro fazer cuidado com os buracos e paralelo se realmente não terei problemas a curto prazo, pois vai ser um grande investimento! Caso não vale a pena vou acabar por vender os centros por muita pena minha!
    Muito obrigado
     
  4. Sim tem de levar 4 cubos para a adaptação para essas jantes! encontra-se fácil, mas grande investimento como é óbvio! O kit completo ronda os 1200€, encontra-se mais barato, mas também tem que se ter em conta a qualidade!
    Vai ser para fazer aos poucos!
    :) o carro não dorme fora, muito obrigado pelo aviso! é bem verdade que há muita roubalheira! Todo o cuidado é pouco
    Muito obrigado
     
  5. Sinceramente, se tem esse material no M3 eu não hesitaria em andar com essas belas BBS de corrida e de porca central.. Fica fenomenal e é o ex-libris das jantes para E30!
    Simplesmente teria algum cuidado em estradas mais "arallyzadas" .. Mas penso que um M3 dessa craveira deve andar bem estimado.

    Lembram bem o DTM nas épocas de ouro...

    Ver anexo 326320Ver anexo 326321Ver anexo 326322Ver anexo 326323

    Coloque uma apresentação do seu carro
     

    Ficheiros Anexados:

  6. O "martírio" a que estão sujeitas umas jantes nas estradas do mundo real é incomparavelmente maior do que no uso em competição, pelo menos no que respeita ao que estes materiais menos toleram... impactos. É certo que há mais esforço num uso em pista, mas é continuado e não são questões de impactos repetidos.

    A tenacidade de ligas de magnésio é limitada, e além disso o material tem muita tendência para a porosidade, o que ainda facilita mais a nucleação de fendas internas.

    Sinceramente em termos de rigidez e tenacidade (resistência ao impacto), não sei se uma jante em componentes será assim tão superior a uma fundição única... os diferentes materiais, mais as juntas entre eles sujeitas a cargas a que cada um responde de maneira diferente... parece-me uma receita mais dada ao desastre em utilização extrema. Se for tudo homogéneo ainda vá, mas centros de um material, aros de outro... no mundo real, repito, parece-me má ideia.

    Lembrem-se que o piso em pista é impecável, e além disso há duas diferenças essenciais... o carro de competição é feito a pensar em durar muito menos, e os poucos componentes que são reutilizados são exaustivamente testados para verificar como estão a lidar com os stresses do uso extremo. Ou seja, nada dos princípios que regem um carro de uso em estrada.

    Um abraço a todos!
     
    Nunopt gostou disto.
  7. As jantes tripartidas, nomeadamente BBS RS sao mais resistentes do que as de corpo único. Falo das de alumínio (que não é um qualquer). Podem perguntar aos especialistas...e cá por cima na terra das jantes confirmam. (Braga)
     
  8. Hugo, não digo que não, se reparares a minha questão é simplesmente que se tens materiais diferentes a trabalhar numa jante pode ser complicado, mas se for tudo do mesmo ou pelo menos com características mecânicas similares, tudo bem. E uma boa liga de alumínio consegue ter um excelente desempenho, sim.

    A questão mono-fundição ou tripartida é um debate muito discutível, porque haveria que analisar ao pormenor as secções de cada peça. Se tirares o molde de uma tripartida e a fundires numa só peça do mesmo material, é garantido que será mais resistente. Mas uma jante tripartida normalmente usa secções e dimensionamentos mais generosos exactamente para compensar o facto de terem descontinuidades de esforço nas uniões, e o desenho tem outros cuidados.

    Um abraço!
     
  9. De facto, são o complemento ideal para a exclusividade do e30 M3. Eu colocava, gosto deste tipo de pormenores.

    Hugo, que imagens lindas.

    Cumprimentos,
     
  10. É isso mesmo.
    Em tempos, tinha qualquer coisa (na biblioteca alemã) sobre as várias composições das RS. Sei que há vários tipos de abas...umas anodizadas, outras apenas polidas. Nada a ver com replicas, claro!
    O processo é como o Eduardo diz.
    Sei, de fonte segura, que essas replicas que se vêem por aí (tipo lenso, imitação de BBS ) não aguentam bem as pancadas" e o calor da competição...

    Abraço

    Acho que dissemos tudo...só faltam fotos das ditas cujas e mais importante, do CARRO ou sr. Carro... :)
     
  11. Hugo,

    Por acaso já estive indeciso em comprar umas réplicas das bbs RS em 15´ ... agora parece que tem aparecido muito material desse em feiras e tudo. Não imagino é a resistência das mesmas.

    Cumpts,
     
  12. Olá a todos, desde já o meu muito obrigado pela participação em e me terem ajudado um pouco!
    Bem... eu comprei 4 centros bbs e50 center lock em 17, como são originais são em magnésio, são jantes tripartidas como as RS, mas as RS são em Alumínio eu penso que não se pode misturar as coisas, as bbs e50 só saíram para competição, as tais ditas jantes dos carros de DTM.
    Eu comprei só os centros, é a parte mais rara e mais cara das jantes, tudo resto há novo, comprei para ir fazendo aos poucos, e com tempo, pois umas jantes completas em 17 valem mais de 4000€ sem o kit de conversão que se pode contar com mais 1000€, ficam para cima de 5000€, aí está o meu problema, valerá a pena investir numas jantes como estás se partem na estrada? Serão assim tão frágeis?
    Toda a maneira é um sonho para qualquer amante de competição em ter um carro com umas jantes destas! Eu falo por mim! :)
    Ou mais vale vender novamente os centros e pegar só em 1500€ e comprar umas Bbs RS? as RS que tenho no meu M3 são réplicas, umas boas réplicas digamos assim!

    Opinem se fizerem o favor e muito obrigado
    Deixo umas fotos do meu M3 e dos centros que comprei, e uma foto de um M3 com essas jantes


    Ver anexo 326463
    Ver anexo 326464
    Ver anexo 326465
    Ver anexo 326466
    Ver anexo 326467
    Ver anexo 326468
    Ver anexo 326475
     

    Ficheiros Anexados:

    Diogo L. D. Santos gostou disto.
  13. Nuno, isto é tudo uma questão de disponibilidade versus gosto versus mundo real.

    Se tens disponibilidade para investir nelas (que só de si já é um critério que não é para qualquer um), se gostas de ver o carro com elas, e se a utilização que vais fazer delas no tal mundo real não for demasiado extrema, é provável que te dês bem.

    O problema é que se usas o carro a sério, a dar "calores" a sério, em estradas com pisos duvidosos (as tais do mundo real), podes estar a arriscar-te a dar cabo de umas jantes onde investiste bastante... e isso é daquelas coisas que nunca tem piada.

    Claro que também estar a condenar à partida pode ser exagero, e pode nunca te acontecer, e também podemos vir novamente com aquela conversa de que as coisas são para ser usadas, e que se andamos cheios de medo de tudo nunca gozamos as coisas, mas...

    Cabe-te a ti ponderar!laugh.png

    Abraço!
     
    Nunopt gostou disto.
  14. São mesmo um espanto. Um bocadinho na onda do Eduardo, tudo dependo do uso que fazes do carro, quais os trajectos mais frequentes etc ... ainda assim, julgo ser relativo que possam "ceder" facilmente. Mesmo em competição a vida dessas jantes não são fáceis logo, acredito que tenham resistência. São um extra divinal, daqueles que fazem um "conoisseur" parar o trânsito para ver a máquina ...

    Cumprimentos,
     
    Nunopt gostou disto.
  15. Muito obrigado pela vossa opinião! ;)
    estas jantes são um sonho para mim! desde que tenho o M3 fui vendo fotos de M3 e estas jantes chamaram-me logo a atenção! para mim a mãe das bbs competição!
    Eu com o carro faço muito cuidado em estradas bastantes degradadas, paralelo etc... com estas jantes mais cuidado irei fazer! penso que vou ir em frente com este projecto, toda a maneira vai ser para ir aos poucos! Vai ser por etapas, a próxima vai ser rectificar e pintar e por aí em diante....
    Muito obrigado pela ajuda
     
    Diogo L. D. Santos gostou disto.
  16. A única coisa para avançar é só uma.... €€€€€€ mais nada!

    Deixo aqui algumas considerações.
    Primeiro, as jantes não são completamente em magnésio, tal como referi anteriormente na mistura dos dois componentes, alumínio de alta resistência e centros (vulgo, bolachas) em magnésio. Podem ver as abas polidas de alumínio dessa foto desse M3 semi- DTM...
    Continuo a afirmar que jantes tripartidas obtém-se maior resistência, e menor peso pelo uso de diferentes materiais mas...com o senão do preços, manutenção, limpeza e raridade de peças específicas.

    Outra. Se tivesse um M3 colocava umas RS em 17 para o show de bola...e bastava isso! O resto do dinheirão gastava em colocar o carro o mais "mint" possível. Preferia investir numa admissão DTM em carbono! Ou um sensor electrónico alpina/vdo para a temp motor, dif, óleo, etc..
    Afinal umas BBS RS para o M3 (5x120) são MUITO MAIS BARATAS do que umas para os E30 normais....devido somente à furacão e à raridade(disponibilidade). Custam em média menos 30% a 50% do que as de furacão 4x100. Basta ir ao ebay e comparar o preço das jantes 16...

    No caso do seu M3, parece-me um Evo2 com 215cv...será? Ou então tem o spoiler evo2 na frente.
    Outra coisa..as suas parecem remotec...ou serão lenso?
    Ms preferia umas BBS "simples" em 16 do que essas em 17. Seja em que sentido for, o carro torna-se mais ágil, mais maneirinho...se me entendem. Para o espectáculo, umas de BBS magnésio porca central ou BBS RS tripartidas de alumínio em 17 são verdadeiras obras de arte. Sobretudo com diferentes dimensões frente/trás, claro!

    Em termos de replicas de RS... Nada a ver! Em nada...apenas numa aproximação estética e bastante (substancialmente) mais baratas. Eu, se pudesse, nunca colocaria replicas. Prefiro as originais...

    Em termos de peso há notórias diferenças entre umas "lenso" e umas rs001 por exemplo. Já experimentei...
    E falando de 16 polegadas...as RS sao mega exclusivas.

    Claro que o pessoal que as tem sabe bem o que tem...e a vinda de replicas faz com que o pessoal opte pelas replicas mas...mais tarde, quem tiver BBS RS originais...valerão uma pequena fortuna!

    Tem o resto das jantes para compor o ramalhete? Ou só comprou os centros??

    Se sim...é arriscado...! Gastará muita massa...€€€€

    Abraços
     
  17. Olá,
    Eu nunca referi que as bbs e50 eram completamente em Magnésio, é mais que óbvio que os barris e as abas sejam em liga de alumínio, para um bom entendedor e conhecedor não faria falta referir!

    As Bbs E50 são tripartidas, e também posso escolher a largura do barril e das abas como as Rs!
    O centro que tenho dá para fazer 3 medidas de jantes 15,16,17
    Material para elas há novo e usado, seja no Ebay, no site da bbs ou fóruns do Reino Unido, o que não há novo é os tais centros, eu antes de me meter neste projecto verifiquei certos preços, cada barril novo da Bbs custa 200€, e cada aba 150€
    Pena foi que só depois de ter feito a compra é que me foi avisado que poderiam rachar! :(

    As Bbs RS seja em 4/10 ou 5/120 não fogem muito o preço, faz muito tempo que as andava a ver, tanto em 4/100 para um 318is como para o M3 5/120

    Comparar Bbs E50 centerLock com Bbs RS é comparar o incomparável!
    Gostos não se discute, cada um tem o seu, mas comparar algo com o incomparável só por ter uma certa paixão ou ser fã, não faz delas melhores, ou mais raras....

    É bem verdade que com umas Bbs Rs ficaria muito bem servido, são muito lindas, mas não é a mesma coisa! Nunca se esqueça que as bbs Rs vão valer muito dinheiro, mas as E50 vão estar um degrau sempre em cima!

    As minhas réplicas Bbs rs são monobloco em liga de alumínio da Marca Style com aba 8,5 a frente e 10,5 atrás.

    Acabamos por fugir ao mais importante que era ter um pouco mais de informação sobre a resistência que poderão ter, mas é sempre interessante dialogar, e aprender sempre mais!

    Deixo então umas fotos do meu E30 e de umas bbs e50 que irei fazer igual

    Muito obrigado

    Ver anexo 326555
     

    Ficheiros Anexados:

  18. Concordo com tudo excepto numa coisa.
    As BBS rs em 4/100 são sempre mais caras do que as 5/120 pela raridade e tipos de aplicação. E há mais procura para as 4/100 porque tambem servem no grupo VAG além de E30.
    As de 5/120 servem em m3 e30, e34, e31, e36, E39, novos por ai fora. As bbs rs 4/100 por exemplo em 16" ascendem sempre a mais de 2000€ ao contrario de umas 16 5/120 que pode adquirir por 1300/1500€. Portanto sao os tais 30/40% que falei.
    Sei porque ando com E30 há bastante tempo e já tive vários conjuntos de RS e vários bmw a pairar na minha garagem.

    Mas realmente essas de porca central são de outro patamar. Incomparável como disse. Mas não se esqueça que é um item para apreciadores e de pouca procura em Portugal devido aos valores que ultrapassam muito o que as pessoas estão dispostas a dar. Com as RS "normais" já quase não temos mercado porque são super caras...essas são fogo! ;)

    Gostei do carro e pergunto novamente, é um EVO2 de 215hp? Parece-me mesmo, sobretudo pela tampa branca do motor e pelo spoiler frontal único. (Provavelmente de 1988...)

    Que material tem em vez do rádio? Um crono?
    Gostei desses bancos igualmente exclusivos..fantásticos! Não gostei dessa manete...fica completamente fora de tom. Colocava uma em Alcântara a conjugar com o lindo volante M-tech2.

    Enfim, grande máquina que concerteza sairá beneficiado com as jantolas porca central!
    Depende muito do que costuma fazer com o carro, se anda em estradas de todo o tipo, se costuma acelerar a sério pelas estradas nacionais ou de montanha ou se faz circuitos ou track-days.
    Se for para passear, não vejo problemas, assim como para pista. Para andar em caminhos tortuosos de algumas estradas municipais a coisa pode ficar estragada...pois o magnésio, devido à composição ...parte, racha imediatamente e não se "dá" tanto como o alumínio em termos de robustez e flexibilidade.
    Dou um exemplo, a Porsche mudou os blocos 2.7 dos 911 em magnésio para alumínio nos 3.0 a meados dos 70 devido a problemas constantes, fugas, estanquicidade nas zonas sem junta, partiam mais frequentemente apesar da vantagem do peso...mas a robustez era a prioridade e o recurso ao alumínio foi mais óbvia, mantendo outras peças em magnésio como a cobertura da turbina que envolve o alternador, apesar das pás serem de alumínio. Os blocos 2.7 (sim o do cauda de pato o carrera Rs também) eram problemáticos nos blocos...
    Nas suspensões não ouvimos falar de nada em magnésio...claramente!

    Mas é como o Eduardo Relvas referiu...muitas vezes as jantes para uso em corrida chegam sem problemas...sao super leves..melhor comportamento (massa suspensa importantíssima) e o uso era limitado. Quando rachavam...trocavam por outras novas imediatamente sem limitações.

    Para uso total em estradas das "nossas" é mais complicado..se formos fazer rally.....mas que é bonito é!
    No fundo, se não há limitações para esse mimo" apoio claramente que as coloque, sem pensar! Fica exclusivo!

    Abraço
     
  19. Olá,
    Eu sou sincero, no Ebay.de vejo os preços das BBS RS em 4/100 e 5/120 idênticos, por vezes as 4/100 são mais caras e vice versa!
    Mas passando a frente...
    Muito obrigado pelo elogio ao M3, ele é de dezembro de 86, ano de saída deles, é a versão 200cv não catalisado!
    Já têm é muitos e muitos extras OEM tanto da versão Evo2 como do Evo3.
    O carro não tem radio :) e a alavanca de velocidades realmente não combina nada com o resto, eu tenho uma original em Alcântara como o volante do Evo3, mas deixei ficar por enquanto esta, porque é uma Short Shift da AKG Motorsport, dos DTM, muito curtinha, falaram-me da do Z3 M, mas nada que se compare! Quando experimentam mudam logo de opinião! Mas como digo não fica muito bem com o interior!
    Quanto as jantes vou com o projecto em frente, pouco a pouco vou montando...
    Quanto aos manómetros VDO Alpina na sofagem, já estive para comprar o ano passado, deixei fugir uns por 350€ e passado 2 meses vi uns a serem vendidos por 1250€ mas novo! Ainda tenho tempo.... :)
    Muito obrigado
     
  20. Olá,
    Bem afinal estes centros são ainda mais raros que o que eu pensava, há dois tipos de centros, ambos os centros dão para fazer 3 medidas de jantes, uns fazem 15, 16, e 17, e os que tenho fazem 16, 17 e 18!
    Com os centros que fazem jante 15 ao fazer 17 ficam com um centro muito pequeno, dá a impressão que a jante é pequena!
    Deixo umas fotos para poderem ver a diferença, não é muita mas nota-se bem a olho!
    Ver anexo 327152
    Ver anexo 327153
    Ver anexo 327154
    Ver anexo 327155

    Obrigado
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página