Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Inspecção Recusada

Tópico em 'Legislação' iniciado por Mauro Pereira, 24 Out 2012.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Mauro Pereira, 24 Out 2012.

  1. Boa noite a todos,

    Desde já peço desculpa se este não for o local mais apropriado para criar este tópico.

    Hoje fui com a minha viatura de dia a dia, um Punto TD Van à inspecção.

    Recusaram-se a fazer pelo o mesmo ter um mandado de apreensão.

    Tenho o carro à dois anos, fiz a IPO no ano passado sem qualquer problema. Fiz os seguros, paguei os selos, tudo e agora isto?

    Dizem que ás vezes são erros do imtt.... Não sei mesmo o que pensar. Ainda estou bastante atordoado com isto tudo.

    Alguém conhece um caso destes?
     
  2. O melhor é deslocar-se junto das autoridades e expor essa situação e pedir esclarecimentos, mas se for correta de certeza que lhe vão apreender os documentos.
    Abraço.
     
  3. Boa noite,

    gostaria de saber se foi dado alguma explicação da apreensão ou qual a provável razão?
     
  4. Bom dia Sr. Humberto,

    No acto da inspecção não me adiantaram mais nada. Apenas que o estado do veiculo no sistema se encontra para apreensão.

    De doidos mesmo... E agora a imtt com a situação dos selos, quase impossível obter uma resposta.
     
  5. Hoje em dia temos que ter atenção em carros usados, às dividas dos anteriores donos.
    Muito provavelmente é o que se passa...mesmo que o tenhas passado para teu nome, o processo pode nao ter terminado na altura, e so emitiram o processo de apreensão por divida do anterior dono.
    Já houve ai uma historia algo parecida....
    Conselhos não sei o que te dizer.... pois terias que ter um advogado. A qualquer momento te podem aprender o carro dessa maneira...
     
  6. boas, já tive uma situação indentica, vendi um carro a um amigo meu, um polo gt de 1993, passado um ano de o ter lhe vendido o carro e de o carro ter estado em meu nome e depois passou para nome do meu amigo e de nada levava a crer que estava apreneedido.
    Foi-se com o carro a inspecção, quem o levou foi eu, pois ele não tem carta, foi recusada a inpecção, o motivo era que foi apreendido por falta de seguro, foi com o meu amigo ao imtt da minha zona, em Beja, lá facultaram a data da apreensão mas como o processo estava no imtt de Faro não poderia resolver o assunto teria de vir para Beja e teria que pagar a vinda dele.
    Como havia pressa de colocar o carro legal, fomos ao imtt de Faro, preencheu-se um requerimento, neste caso o meu amigo, fotocopia do b.i e da carta verde, paguei 15 euros, e a sr retirou do computador o registo da apreensão, e ficou tudo resolvido, o mais engraçado é que os documentos estavão no processo.
    O tipo do stand engano-me, este carro comprei em Olhão, vi o carro abandonado, pela matricula descubrir o proprietario, o mesmo disse que já não tinha o carro a muito tempo e que o tnha deixado de retoma num stand, logo aí havia confusão, o tipo do stand vendeu o carro a um individo, só que esté não acabou de o pagar, ficou como segurança os documentos de 1 mota desse tipo, mas como eu queria comprar e a sr queria fosse mudado de nome, preencheu-se a papelada, paguei o carro e o o individo do stand tratou de tudo, mas havia algumas coisas estranhas, não sabia dos documentos, pois eu exigi na altura, os documentos velhos carimbados, lá teve que ir com a proprietaria ao registo e ficou tudo tratado, mas as chaves subselentes tinha a senhora dado ao sr do stand, mas as que estavão em uso nada, depois de ter existido e trocado palavras agresivas com o dono do stand, lá me as entregou.
    Deixo aqui o meu testemunho, quando quiserem comprar um carro usado informem-se, na conservatória se tem encargos e se está salvado, mas existe uma coisa curiosa, que é a seguinte, o imtt está ligado ao centro de inspecções, mas não a conservatória, logo consegue-se passar o carro de nome, na conservatória as multas e apreensões não aparecem.
    No caso do sr Mauro, recomendo que se dirija ao imtt da sua região levando toda a sua documentação e do carro para saber qual o motivo da apreensão, mas se não cometeu nenhuma infracção pode ser erro da parte do imtt, e tambem existem aprensões é que os documentos não são aprendidos, pois a pessoas que não os dão as autoridades.
     
  7. Depois de leitura algo difícil, reitero o mesmo: quando comprem um carro, peçam na conservatória os dados inerentes aquela matricula, e se possível às dividas do proprietário. Custa uns 18euros, eu já pedi uma vez.

    No imtt podem meter o carro em nosso nome, mas não nos informam de possiveis dividas e mandatos de apreensão, por causa que seja. No caso anterior, bastou uma falta de seguro...

    Menos mal que se resolveu, nesse caso!
     
    miguelcristovao gostou disto.
  8. Um amigo meu comprou um carro (32 000€) registou-o, vieram os documentos sem qualquer menção a penhoras, tudo limpo, pagou os impostos, inspecções...
    Dois anos depois bateram-lhe a porta os guitas a informar que o carro estava apreendido, toca de carregar no reboque... e ficou de boca aberta.
    Conclusão, quando o comprou estava a decorrer um processo em tribunal por dividas do anterior proprietário, quando saiu a sentença apreenderam o carro.
    Até hoje (passaram outros 2 anos), foi um corropio de processos em tribunal, advogados..... nem carro, nem dinheiro, só gastar....

    O mais curioso é que o carro continua em nome dele (apesar de há 2 anos que não sabe dele) e como tal tem que pagar o "selo" senão fica em divida para com as finanças... e arrisca-se a penhorarem-lhe o ordenado para alem de não receber o IRS...
    Ironico, não?

    NUNCA comprem um carro sem passarem primeiro na conservatória e no IMTT para ver a "saúde" do negocio.
     
  9. Bem impressionante, mas isto so em Portugal?
     
  10. Exactamente!!
    Cada vez mais temos que ter olho aberto...

    Pode-se sempre anular a compra, mas nao sei prazos nem custos! Só sei que é possivel...
     
  11. Em eu ir a imtt e ver o porque da preensão, se foi por falta de seguro ou se foi o antigo dono mandou aprender por não terem passado de nome, ou mesmo erro da imtt, qualquer dos casos basta mostrar o comprovativo de mudança de nome ou seguro, e depois demora 1\2 semanas,
    Espero ter ajudado
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página