Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

IMA - Indústria de Montagem de Automóveis

Tópico em 'Património Histórico Português' iniciado por Pedro Matos Pimenta, 6 Jun 2010.

Tópico em 'Património Histórico Português' iniciado por Pedro Matos Pimenta, 6 Jun 2010.

  1. Resolvi abrir este tópico para criar um espaço em que se possam partilhar experiências, documentos e outros relacionados com a IMA.

    No início dos anos 80, com a crise, começaram a pagar aos trabalhadores para se despedirem, para evitar um despedimento em massa.

    Está anexada uma carta de um despedimento.

    ima%2Bcarta.jpg
     
  2. Muito bem Pedro, toca a meter informação aqui... ;)

    Sei que a IMA (Indústria de Montagem de Automóveis) foi criada devido as "leis da época", que obrigava os fabricantes a ter uma fabrica em Portugal, a partir de um certo numero de produção. Daí todos os carros ou quase todos BMC e British Leyland e afins Nacionais, tenham sido fabricados cá, com componentes nacionais.

    Obrigado
     
  3. Faço aqui um apelo gostava de ter mais informações sobre a IMA... Eu queria reunir o mais possível de informação, desde da fundação da fábrica ate ao fecho (depreendo que seja 1961 ate 1984), quais os modelos que produziu, quantidades produzidas, modelos únicos em Portugal (ex: Morris Marina 1.5D, Mini IMA, Mini SPORT,…), tudo o que seja possível!!! mas como a info e tão pouca ou nenhuma ainda não consegui reunir dados consistentes… Se puder ou tiver informações fico que desde já muito agradecido!!!

    ;)
     
  4. Queria ajudar mas só encontrei esta foto da IMA, linha de montagem em Pontes da Cotovia - Setúibal.
     

    Ficheiros Anexados:

    Pedro Matos Pimenta gostou disto.
  5. O meu avô trabalhou lá quase desde a abertura até ao fecho da fábrica, era preparador de pintura de 1ª.

    Aliás, ainda tenho uma garrafa pintada com os restos de tinta dos automóveis.

    Não sei se sabem, mas agora é um espaço comercial - IMA Park - e já chegou a ter um bowling que fechou por falta de licenciamento.

    Entretanto as lojas que lá funcionavam tem vindo a fechar gradualmente, por falta de clientela, presumo, o que faz com que o espaço começe a ter um aspecto abandonado.

    Hei-de por uma ou duas fotos recentes que tirei.
     
  6. Ficheiros Anexados:

  7. Obrigado Pedro Pimenta, primeira foto das instalações da IMA ;)
     
  8. Aqui está a carta de um despedimento enviada por Pedro Pimenta,
    Um grande Obrigado ao Pedro Pimenta por este excelente contributo!!! ;)


    Ver anexo 174368


    Era o principio do fim, a I.M.A fechou em 1984...
     

    Ficheiros Anexados:

    Vitor Dinis Reis gostou disto.
  9. Pedro e Jorge

    Obrigado pelo excelente topico. Podem contar comigo até porque tenho uma IMA :D

    mini%2Bima%2Bacp%2BXLVII%2B5-6%2Bmai%2Bjun%2B1977.jpg

    in "Rodas de Viriato"

    Abraço

    Francisco
     
    Alvaro Oliveira gostou disto.
  10. "Jim Lambert foi o homem que conseguiu dar uma terceira vida ao Moke. Pouco antes de tomar a decisão de se reformar sugeriu que a produção poderia ser transferida para Portugal. Jovem aposentado, foi chamado como consultor para pôr alguma ordem na fábrica instalada na IMA. Muito animado com este projecto, aceitou a tarefa, missão será pesada, porque tem que lidar com aspectos financeiros, qualidade, produção e design, para conseguir tirar dividendos dessa produção.

    Após o fracasso da produção do Moke em Inglaterra, Jim Lambert um apaixonado do Mini Moke , fala com a BMC e visiualiza a possibilidade do o produzir em Portugal, em Setúbal na IMA (Industria de Montagem de Automóveis) a mesma que Produzira as famosas carrinhas Mini Ima cujos registos da sua fabricação em Portugal desapareceram no pós 25 de Abril.

    Logo que começam os problemas Lambert é enviado para Portugal para resolver tudo. A produção do Moke Português começou com a reforma da produção australiana.

    A situação precária da Fábrica IMA levou Lambert a produzir Camiões MAN em Vendas Novas, que ainda hoje existe e onde se podem ver no local os carris de comboio que fazia as unidades produzidas a chegar aos concessionários.

    O início foi dificil, diria caótico, o Moke começa a produção em 1980, utilizando kits CKD, SKD da Austrália. Montados a partir do kit Moke , inicialmente, com as especificações da Austrália, Semi Knocked Down kits, para o montar eram precisas poucas ferramentas .

    Na época, as tensões sociais eram enormes em Portugal, repetidas greves , sabotagem, avarias provocadas na produção do Mini Moke. A situação tornou-se um problema tão grave que em Dezembro de 1984 a produção parou porque British Leyland Portugal entra em liquidação!

    O entusiasmo em Longbridge leva com um balde de água fria pois tinha mais de 260 kits prontos para embarque, e quarenta unidades estavam a ser montadas, Lambert chega a ficar fechado na Fábrica "refém" dos trabalhadores em greve! A oficina de soldagem de Vendas Novas, começava a aparecer no horizonte do Moke"

    Daqui: http://www.portalclassicos.com/patr.../20509-jim-lambert-pai-do-moke-portugues.html
     
  11. Francisco Lemos Ferreira, obrigado, por acaso não tem uma foto do simbolo de trás da IMA, com o lettering "Mini IMA"? ;)
     
  12. Muito obrigado pelo avatar e pelo apoio.

    Tecnicamente essa carta é uma carta enviada pela IMA como resposta a um pedido de despedimento "voluntário" (por esta altura a IMA não podendo despedir sem justa causa e querendo que os trabalhadores ficassem no fundo de desemprego, pagava aos trabalhadores o que lhes era devido e o obrigatório por lei, resultando bem para os dois lados).

    Que eu saiba eram produzidos vários modelos Austin e Morris, além do UMM e do Spitfire, sendo este último principalmente para exportação.
     
  13. Pelo o que tenho lido e procurado eram montados os mais diversos modelos, Mini, Austin/Morris 1100/1300, Marina, Alegro, Morris Sherpa... ;) inclusive Land Rover...
     
  14. eu tenho uma foto do símbolo traseiro!

    Muito obrigado a todos pela partilha de informação, adorei ver o local de nascimento da minha Mini!
     
  15. André, e como está o estado do símbolo? percebe se bem? esta em bom estado ? :huh:
     
  16. Como prometido aqui está o cartão de trabalhador da IMA (afinal não conseguia pôr imagens por um problema de tamanho):
     

    Ficheiros Anexados:

  17. Muito Obrigado Pedro!!! ;) Se tiveres mais informações sff de dizer... :D
     
  18. Boas caros amigos.

    É com muito agrado que leio este topico. O meu pai trabalhou lá na fabrica no final dos anos 60. Eide saber se ele tem alguma documentação ou algo que tenha vindo da IMA.;)

    Para evitar o degradamento da antiga fabrica proponha aos donos das viaturas que foram feitas na mesma fabrica ou até pedirem apoio ao ACP para contribuir para a organização de eventos dentro da fabrica. Convidando todos os donos das viaturas que foram fabricadas na IMA e não só :D

    Era um grande isentivo para que não se perdesse aquele patrimonio...

    Cumps
     

  19. Concordo e apoio a sua iniciativa, pois aquele espaço está praticamente ao abandono e tem muita história que não se devia perder.
     
  20. Ao abandono??? :oo então não foi lá construído um park indústrial? o IMAPARK? :huh: tenho documentos que em 2006 a Câmara Municipal mandou destruir as instalações para a construir o IMAPARK... o_O
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página