Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Fiat 127 de 76

Tópico em 'Fiat' iniciado por Hélder Filipe Carvalho, 8 Set 2011.

Tópico em 'Fiat' iniciado por Hélder Filipe Carvalho, 8 Set 2011.

  1. Boas a todos, eu estou num projecto que já lá vão perto de três anos, é um Fiat 127 que estava bastante podre, hoje tenho a noção que nem valia a pena, mas depois de começar tem que se acabar.
    O que eu precisava era de conselhos em vários aspectos, estou a pensar voltar a pegar nele e ver se o acabo desta vez, a ideia e pólo totalmente original até ao ultimo parafuso, mas como é um carro bastante mais velho que eu não sei de muitos pormenores, o carro foi todo remendado em termos de podres, levou as duas embaladeiras, os dois para lamas, uma parte que fica por baixo do para brisas, os fundos, capo e portas novas, penso ainda esta semana comprar os bancos originais visto que também não os tenho, o carro foi todo á chapa e inicialmente posto em aparelho celuloso, coisa que sei que é errada, por isso já o tirei da parte de fora e foi colocado um primário como o original, a ideia é que o carro não volte mais a apodrecer e que fique como saiu do stand para ser inscrito no “ACP”.
    Obrigado
    Hélder Carvalho
    Ver anexo 244074

    Ver anexo 244075

    Ver anexo 244076

    Ver anexo 244077

    Ver anexo 244078

    Ver anexo 244079

    Ver anexo 244080

    Ver anexo 244081
     
  2. Epá o carro está mesmo em muito mau estado de chaparia, mas não desanimes, fazem-se verdadeiros milagres no restauro de clássicos. Vais ver que no fim vale sempre a pena. Eu também ando a restaurar um há cerca de 4 anos, tudo o que necessitares é só dizer.

    Abr,
     
  3. Meu caro:

    Antes de tudo dou-lhe os parabens por estar a restaurar o carro.

    Eu tenho um igual do mesmo ano.

    Em relaçao ao seu, temos que condordar que o carro esta (estava) muito degradado.
    Se comprou as peças que diz, bem ajudou muito, mas tem muito trabalho pela frente.
    Se é o proprio a consertar o carro, vai demorar mas vai ficar relativamente barato.
    Se o colocar numa oficina, convem antes de tudo saber valores e tentar saber, se a mesma (empregados ) gostam de carros antigos, porque se nao gostarem vao-lhe cobrar muito e o trabalho, vai ficar fraco.
    Tal como diz. ja que começou, vai ate ao fim, à tres anos que esta a fazer o restauro, nao tem problema.
    Faça as coisas em condiçoes, sem pressas, se precisar de alguma coisa, diga.
    Todos os sucessos para si e para o seu 127.
    Cump

    Claudio
     
  4. Já conhecia esse carro, e penso que esse capo amarelo era dum carro meu!!!
    Realmente o carro está bastante podre, vale-lhe o motor que parece em bom estado!
    Se for para restaurar força nisso, nao ha nada que nao se faça...só desmontando isso e dpois verás o melhor a fazer!
     
  5. Em primeiro lugar parabéns pelo fato de optar por restaurar um 127!
    Em segundo lugar e, como deve compreender o seu carro tem muito trabalhinho pela frente .
    Não gosto de desanimar ninguém mas, não seria melhor tentar um 127 com uma base melhor para restaurar?
    Já aqui o disseram e bem, não há nada que não se faça mas para meter esse carro direito de chapa vai ter que gastar muita chapa nova (corte e costura) e, se o meter nas mãos do chapeiro, contando que o chapeiro sabe o que faz, o orçamento para por isso direito vai ser elevadíssimo.
    Contudo força nisso amigo se é para andar para a frente.
     
  6. O carro já não esta nesta fase, como disse inicialmente já o levei á chapa duas vezes, a historia dele já é muito longa, foi de um senhor que morreu, e o carro ficou abandonado, depois um individuo que trabalhava em Espanha tentou restaurar, arranjou sobre tudo muitos peças de Espanha, e até uma aplicação tuning para os stops, ele desistiu e ai ele vendeu-me o carro por 50 euros, foi quase dado até porque foi só meter gasolina directa e vir embora nele, alem disso tinha peças suplentes que deva para montar quase mais dois motores, o que é certo é que ele estava mesmo muito podre.
    Houve um sujeito que disse que me compunha o carro por 1300 euros e eu arriscei, o que é certo é que ia ser um trabalho mesmo muito mal feito, porque depois de eu andar a vigiar o trabalho e apertar com o chapeiro dele, só chaparia foi para 870 euros e não ficou como eu queria, tirei o carro de lá e agora vai para outro lado vai levar mais um retoques de chapeiro e consertado em condições numa das melhores oficinas de clássicos de Felgueiras.
    Vou tentar por fotos do estado dele agora
     
  7. Quem o viu, e quem o vê.

    meu caro, apesar de "leigo" na materia, visto o carro a nivel de chassis, ter estado bastante danificado, nao será boa ideia fazer-lhe um reforço de longarinas??
     
  8. Boa sorte, devagar vamos ao longe....
     
  9. Reforçar as longarinas como? As longarinas não são as bases dos apoios onde esta o motor? Eu não entendo muito disto de pintura ainda dou uns toques mas de chaparia sei muito pouco.
    O carro estava muito danificado no canto onde fica o pé direito do pendura e sei que afectou um bocado o reforço do carro, na altura o chapeiro ao meter a embaladeira disse que ia reforçar aquilo mas eu fiquei sempre com um pé a trás é o único sitio que eu tenho receio de hoje para amanha, ate já pos a hipótese de voltar a abrir aquela parte para ver como esta, o problema é que o carro já tem gravilha nos fundos e cabes de rodas prontas e a parte do motor também já esta completa com o motor no sítio e mexer naquilo ia dar cabo de tudo
     
  10. pois precisamente,
    e se mexeres no anti-gravilha, vai-se notar as emendas. parte de um principio que o chapeiro esta a falar verdade, se no futuro tiveres algum problema, será uma parte a "remendar" mais pequena.

    quanto ao reforço das longarinas, podes dar uma vista de olhos aqui

    um abraço
     
  11. Já estive a dar uma vista de olhos, e por acaso já conhecia a técnica, foi aplicada no carro do meu irmão para reforçar a longarina direita, porque ele colocou um motor com caixa de cinco e por isso teve que cortar e alargar um porco e depois reforçou dessa forma, o problema é que depois entre o reforço e a longarina há tendências a ganhar ferrugem. Mas o meu carro não esta nesse ponto,vou tirar fotos amanha para verem como ele esta mesmo, acho que não há necessidade disso, mas obrigado há mesma pela atenção e se fosse necessário é sempre uma boa ideia.
    Já agora aproveito para dizer que necessito de duas coisas uma é o fundo em borracha original (alcatifa) e o tablier original, se alguem souber de um agradeco.
    Obrigado Hugo pela atenção.
     
  12. Meu caro:
    O seu carro , no estado actual, nada tem a ver com aquele que postou.
    Se me permite, o pior ja foi feito pode haver uma ou outro local mas o pior ja foi realizado.
    Agora, toca a andar para a frente.

    Vou estar atento
    Cump

    Claudio
     
  13. Tá a andar mas convém mexer agora o que for preciso ao nível de chapa do que mais tarde depois de pintado.
    O anti gravilha volta-se a dar nas zonas que forem necessárias.
    Como reparei pelas fotos apresentadas, o trabalho de chapa está a andar no bom sentido convém fazer agora os melhores acertos possivéis.
    Boa continuação e coragem porque essa já a teve e muito, agora é ir em frente.
    Força;)
     
  14. Muitos parabéns e força, não desistas pois o meu já vai para cinco anos que está nu e ainda nem o motor tem no sitio e eu ainda não desisti dele e olha que me parece que estava ainda pior que o teu, porque para lhe poder-mos colocar as embaladeiras foi preciso um dador para sacar a zona onde estas são soldadas. Aos poucos vamos dar a volta á crise ainda vaomos publicar aqui as fotos das nossas máquinas, como novas e nós babádos lá dentro, abraço.
     
  15. Força com isso e nada de desistir. Pouco a pouco vai restaurando o carro.
    Cumps
     
  16. Impressionante como o carro estava e como está, realmente é mesmo tudo possível.

    Resta-me desejar um bom restauro e que tenha muita paciencia que devagar se vai ao longe! Eu não tinha paciencia para fazer um restauro deste nível...
     
  17. boas a todos andei desaparecido mas nao morri, eu ja tenho o meu carro para pintar e tenho algumas duvidas, nao quanto a cor mas sim na parte da montagem, eu gostava de saber se vale apena por o carro original? se é melhor fazer uma replica de um Abarth, e se o Abarth 127 realmente existiu? o que era o 127 giannini? e sei de um motor de um y10 turbo, valera apena espetar la com ele? obrigado
     
  18. Se quer o meu conselho, deixe ficar o carro original.

    É muito bonito, original

    Claudio
     
  19. Concordo plenamente, quanto muito mete-lhe o motor do A112 abarth tal como vou fazer!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página