Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Duvida Tinta De Zinco

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Carlos Eduardo Ramos, 2 Set 2014.

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Carlos Eduardo Ramos, 2 Set 2014.

  1. estou a restaurar o meu Ford escort mk1, e surgiram algumas duvidas acerca da pintura:

    1- de inicio estava a pensar em decapar o carro todo a jato de areia, mas um pintor disse-me que não valeria a pena, pois a tinta existente seria apenas despolida e pintada por cima. isto esta certo?

    2- o carro tem algumas zonas de ferrugem, como por exemplo por baixo, seguindo aquilo referido a cima apenas necessito decapar essas zonas. a questão é: o que aplicar por cima da chapa estando ela sem tinta?

    3- nas zonas de chapa que estou a reparar podres, estou a colocar uma camada de tinta de zinco em spray apenas para não enferrujar. estou a fazer bem?

    4- se estiver a fazer bem, devo deixar o zinco quando o carro for para o pintor, ou devo tira-lo quando for fazer o jato de areia?

    a propósito alguém conhece um bom pintor na zona de Faro que tenha estufa e bate chapas para dar uns toquezinhos onde for necessário?


    aguardo resposta
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  2. 1- Se nessas zonas não existirem podres/ferrugem então não vale apena decapar.

    2-Decapar limpar e aplicar primário.

    3-Estás

    4-Se fores fazer jato de areia o jato limpa essa tinta, se for para ir para o pintor creio que deves deixar mas informas que tipo de tinta aplicas-te pois pode não fazer reacção com o primáro a aplicar e caso faça o pintor mesmo tira essa tinta...

    Mas aguardemos por mais opiniões...
    Abraço
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  3. Sobre o ponto 1, na minha modesta opinião e por experiência própria, prefiro limpar a chapa do carro todo... a ferrugem muitas vezes está lá por baixo a "moer" lentamente o metal, sem ser perceptível com a tinta por cima...

    Sem contar com o factor de teres por vezes muitas camadas de tinta sobrepostas que poderão provocar igualmente reacções menos desejadas com a nova... Ou alturas consideráveis que terão de ser resolvidas com betume... ou que poderão alterar o aspecto dos reflexos da pintura final... ou seja, muitas ondulações... podendo não dar o aspecto de uma pintura "de fábrica"... ;)
     
  4. pois já pensei nisso
    o carro já foi de-capado uma vez e pintado de novo
    tem o meu medo é ele ter betumes e fibras de vidro a tapar mal feitos tapados por esta pintura

    por outro lado falei com o pintor que vai pintar o carro e ele diz que em principio não há problema, pois ele próprio removerá o brilho e a alisaria a pintura velha.

    por enquanto estou a tirar todas as bolhas e podres pequenos com lixa de nylon (o resto vai com o jato de areia), ele disse-me também que não valeria a pena colocar zinco, pois este teria de ser tirado quando fosse para pintar, disse que se enferruja-se ele próprio o limparia..... ainda tem de ser bem conversado
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  5. Eu pessoalmente não gosto de decapante... uso discos de nylon no berbequim...
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  6. eu também não, experimentei vários tipo de discos e os melhores são os de nylon para o berbequim
    não aquecem muito
     
  7. E não corremos o risco de ter decapante (mesmo que pequenos partículas) nas costuras da chapa... que mais tarde fazem reacção com a tinta...
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  8. Percebo ao que te referes, depende de caso para caso, agora decapar um carro inteiro só porque tens algumas zonas com ferrugem também me parece exagerado...

    A questão de ficar bem com a pintura final, se o pintor for bom ele logo identifica essas situações e ou corrige ou diz-te que deves decapar/limpar/jato de areia, a abordagem da decapagem só para ver como está por baixo sem razões de suspeita é um pouco equivalente a arranjar tudo e mais alguma coisa num carro antes de o levar á inspecção com medo que ele chumbe.

    O estado do carro dita o processo, tambem prefiro nilon mas existem muitas zonas num carro onde eles não chegam... :(

    Dizendo isto se existem coisa que me aborrece é tirar tinta/ferrugem e etc...poeirada filha da mãe que se enfia em todo o lado...!!!

    Abraço e bom restauro.
     
  9. Tens razão quando te referes a exageros em decapar um carro todo... é óbvio que terá a haver com a idade da tinta... se ainda é a de fábrica ou não... se já teve arranjos anteriores, etc... No entanto, tendo em conta as tintas mais antigas de fábrica, muitas delas eram porosas...
    Só para te dar uma ideia, na carrinha VW Split do meu sogro, ao remover as diversas camadas de tinta que ela levou ao longo de 30 anos na estrada, em algumas zonas sem nunca terem tido intervenção, a ferrugem estava lá por baixo...
    No meu actual projecto, o VW 181, apenas de 1978, mesmo por baixo de pintura de fábrica, onde constava igualmente uma grande zona emborrachada, feita à base de silicone projectado (pois na altura o anti gravilha ou não existia ou era muito caro), e por baixo de primário de fábrica, a rapariga castanha lá estava... e numa zona que não apanhava água, pois era por baixo da carroçaria, por cima da caixa de velocidades... Tudo depende realmente do que nos apercebemos, mas nem sempre se consegue perceber...
    Um bate chapas com excelente reputação ao ver o meu trabalho disse-me que nos restauros deles não fazia semelhante coisa... só se encontrasse ferrugem... se fosse para o cliente pagar as horas... :rolleyes:
    Pessoalmente já assisti a restauros de carros de amigos que depois a tinta parte, sem razão aparente... vamos ver, lá está ela por baixo... Outros não chegam a partir, porque o carro passa a ter uma vida mais calma e diferente do que a que levaram no passado... e outros não, porque efectivamente estava tudo ok... indo aqui de encontro às tuas palavras... ;)
     
  10. Verdade!
    Eu no meu capri foi um caso clarissimo de decapagem por completo pois era borbulhas por todo o lado...e nas zonas que só tinha algumas coisinhas quando lá ia com a escova de arame era ferrugem que doía... mas nisso o meu capri é o exemplo perfeito para maus reparos, mau restauro e excelente engananço do próximo ( ou seja eu :eek: :angry: ).

    No meu capri tinha toneladas que betume que aquilo até rebentar ia demorar muito mais anos... mas pronto o grande problema é que o restauro particular está directamente relacionado com o bolso do particular :wacko: e uma decisão de decapar por inteiro especialmente a jacto de areia aumenta muito a despesa total... (nunca esteve em causa que é a melhor opção para sabermos o estado do carro :) )

    Outra passo importante após decapagem é perder amor ao dinheiro e investir num bom primário enquanto se vai arranjado a carroceria pois casoo contrario ao fim de pouco tempo a decapagem foi dinheiro deitado á rua porque a senhora castanha já tá de volta...

    Dito isto haja dinheiro, tempo e tudo se faz!

    Abraço
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  11. Realmente o jacto de areia é a melhor solução... desde que aplicado por um bom profissional, senão corremos o risco de ficar com a carroçaria toda empenada... Tivemos umas peças da carrinha split que eram novas e foram ao jacto para limpar o primário e galvanizar... resultado... ficaram TODAS tortas... :(
     
  12.  
     

    acho que se for feito mesmo com areia e não com metal, e é preciso regular bem a pressão do compressor
    eu já tenho experimetado...
     
  13. Sim, eu sei disso... ainda fui até à oficina onde elas estavam e disse isso ao mestre... menos pressão e inclinar o bico da mangueira... mas se calhar o fulano não era português... :angry:
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página