Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Descarbonizar Admissão

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Hugo Barbedo, 7 Out 2012.

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Hugo Barbedo, 7 Out 2012.

  1. estou na fase final de "revisão geral" de um motor 1.7d isuzo 4ee1 ou x17d
    o motor levou junta do cárter nova, bomba de água, relas em latão, bomba injectora reparada, injectores, junta da tampa das válvulas , vedante da cames, correia de distribuição, etc.

    Retirei e tapei a válvula egr e retirei a admissão para limpar o carvão (muito)
    só que nas janelas da admissão até ás válvulas está tudo carbonizado, já limpei até onde podia com um pano embebido em gasolina mas mais só retirando a cabeça o que quero evitar pois já tem uma junta boa e de duas moscas.

    Há maneira de limpar aquele merdum todo sem tirar a cabeça?

    já pensei em deitar gasolina com o compressor pela admissão abaixo mas vai entrar no cilindro e depositar lá a jorra toda....

    já pensei em virar o motor de cangalhas e deitar gasolina com jeitinho para limpar e assim cai para o chão e não lá para dentro... (o motor está na banca e sem óleo)

    alguém tem alguma ideia milagrosa?
     
  2. Eu tenho cá um produto para isso, mas tens que desmanchar a cabeça para a mergulhares nele, arranca tudo. Estando montada não tens grandes alternativas, mas podes sempre tentar raspar até onde puderes, onde não der, monta tudo e mete um bom aditivo e gasóleo em condições que algum acaba por saltar, o que ficar paciência.
    Abraço
     
  3. Sem a cabeça cá fora...não dá para limpar a 100%...mas fazia exactamente o que o amigo Rafael comentou...


    Um abraço
     
  4. Uma coisa que eu sei que os depósitos de carvão não gostam nada é choques térmicos... se tiveres um maçarico pequeno e conseguires aquecer com cuidado só a zona dos depósitos e logo de seguida borrifar com algo frio (tipo WD40 ou similar), é capaz de saltar muita coisa.

    Atenção é ao calor que dás, porque calor a mais no sítio errado pode do€r...

    Um abraço!
     
  5. É uma solução, mas arriscada...
     
  6. obrigado pelas dicas
    se calhar para não estar a arriscar vou então montar assim e procurar então algum aditivo para ajudar a limpar durante o andamento.
    é que não queria tirar a cabeça porque sei que o antigo dono do motor meteu a junta e parafusos novos á pouco tempo. o que originou o carvão foi a porra da EGR que é boa para o ambiente mas enche os motores de carvão...
     
  7. Só para vocês se rirem um bocado...

    Em tempos li num manual de proprietário de um veículo inglês (já não sei ao certo, mas tenho ideia de ser um MG) dos anos 30, que uma sugestão para descarbonizar os cilindros sem desmontagem nenhuma, era deixar aquecer o motor até atingir a temperatura ideal de funcionamento, e depois lentamente escorrer água fria em fio pelo carburador adentro (!!!). O choque térmico da água nas câmaras de combustão faria quebrar os condensados de carvão, que seriam expelidos naturalmente pelo escape.

    Isto era uma sugestão do fabricante... :eek: Não estou a brincar.

    Um abraço a todos!
     
  8. Eduardo, e eu acho que faz todo o sentido, mas numa cabeça em aluminio desconfio que os resultados não seriam os melhores, a cabeça pode rachar com esse choque térmico.
     
  9. Claro, Rafael... nesta altura não havia nada dessas "mariquices" nos motores... era tudo ferro fundido "da cabeça aos pés"... :D Eu sinceramente em primeiro lugar até me preocuparia mais os pistões, que são quem leva o embate maior, a cabeça é ligeiramente menos vulnerável.

    De qualquer forma, é uma sugestão "interessante".... :lol:

    Um abraço!
     
  10. Confirmo!
    Eu ja vi no youtube um video (que agora não encontro) de uns tipos que estavam precisamente a fazer isso, curiosamente num carro tambem britanico. Lembro-me da mancha preta deixada na parede, originada pelo carvão expelido através do escape. Uma rapida pesquisa no google é possivel encontrar mais pessoal a realizar o mesmo também com água.
     
  11. Eu cá continuo a preferir a receita mais simples para tirar o carvão... chama-se "pé na tábua"! :D

    12062012124Small.jpg

    O carvão só se ganha de andar a engonhar montes de tempo, o motor precisa de fazer ginástica a sério de vez em quando! :p
     

    Ficheiros Anexados:

  12. Hehehe! Sem dúvida o melhor e também o mais divertido método!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página