Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Dúvida - "Restauro" de chapa num 205 cabrio.

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Vasco Daniel Morais, 17 Jan 2009.

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Vasco Daniel Morais, 17 Jan 2009.

  1. Caros amigos e colegas, tenho uma dúvida.

    Tenho um 205 Roland Garros um carro lindissimo, Verde com capota branca, recenemtente deram-lhe um toque na ilharga e agora vou reparar a ilharga (outra nova custa 600€ e aquela segundo os bate chapas fica mto bem reparada com muito muito pocuco batume só o suficiente para disfarcar as partes imprefeitas..
    Dito isto o carro vai tb ser todo descascado exepto tablier, e talvez motor, visto que existe coisas no compartimento do motor que se eu pintar por cima vão-se perder como um aviso que está "pintado" directamente na chapa... não sei porque razão, se decidir pintar o cofre do motor ai sim tiro o motor para fora só para lhe dar uma de mão e ficar tudo mais bonitinho.

    A questão é:

    Tenho o Carro sem podres nem muita ferrugem, os 205 por acaso não sofrem desse problema, e vou usar um guardalamas e um capom cizentos para evitar recuperar um guardalamas, e um capon (o capon tinha sido recuperado mas está com bolhas de ferrugem lá está o problema de usar batume em excesso).
    O Carro vai ser todo resmontado exepto o tablier e talvez o motor para que fique o mais perfeito possível, não ha cá peças isoladas vai ser tudo pintado como deve ser...

    Deverei então:

    A) Descascar o Carro todo até à chapa para depois pintar
    B) não é necessário descascar o carro todo até à chapa basta passasr primario pelo carro todo
    C) não é necesário passar primario pelo carro todo basta uma lixadela e pintar
    D) só as peças de cor diferente é que têm que ser descascadas
    E) outra opnião (escrever)

    Obrigado pelo vosso tempo!
    1 abraço
    Vasco

    p.s. quem vai fazer o restauro a nivel de descascar o carro todo sou eu, e ando com pouco tempo, o carro por baixo um dia mais tarde vai levar fleetcoat ou qualquer coisa do genero apenas para proteger as zonas onde já falta fleetcoat, para agora quero apenas restaurar de chapa para ser menos uma cosia para me preocupar
     

  2. Se queres realmente desmanchar o carro para não ter mais chatisses, eu apostava nesta hipottesse!

    Ficas com a garantia que a pintura fica toda igual (isto e acertar tons não é fácil) e aproveitas e fazes logo uma revisão de chapa e pintura no bólide!
     
  3. Se o carro não tem podres talvez não fosse necessário descascá-lo todo até ao caroço apenas arranjar o que é preciso e pintar o carro todo.

    (Opinião de amador)
     
  4. Realmente a melhor hipotese para não ter mais problemas é a decapagem e metalização!
    É também a hipotese mais dispendiosa, pelo que se não tem o problema monetário, é a mais segura!
    No meu caso, tento sempre arranjar o que está mal e deixar o resto, pois os euros andam um pouco fugidos dos meus bolsos...
    Se fosse num carro meu, levaria á chapa apenas as zonas onde houvesse ferrugem. Para isso, uso uns discos de fibra muito bons e que não são caros (adaptam-se ao berbequim)
    De seguida um betume leve e posto só onde estrictamente necessário! (não esqueçer que um betume bem misturado faz toda a diferença... muitas vezes dá-se barraca por causa disso)
    Depois de tudo bem lixado, umas demãos de um bom primário e tinta em cima....
    Se descobrir algum buraquito na chapa durante o processo, é soldá-lo e alisá-lo!
    Se precisar de alguma ajuda, contacte...
    Bom trabalho e um abraço!
     
  5. obrigado pelos conselhos :) descobri que o guardalamas do 205 nao sai assim mto facilmente, e como nao quero meter um da concorrencia secalhar vou mandalo reparar tambem, kek acham?
    1 abraço
     
  6. BOA NOITE VASCO, a melhor opçâo é sem duvida decapar tudo até á chapa, mas depende muito do estado da chaparia, sendo assim, tem que retirar toda a ferrugem e depois aplicar um primário com propriedades anti-ferrugem. Um pequenino ponto de ferrugem cresce por debaixo da tinta
    Qualquer loja de pintura de linha automóvel tem este tipo de produtos e até o podem informar sobre todos os passos a seguir, bom trabalho.
     
  7. estive a falar com pessoal do clube 205 e todos me disseram que o 205 por acaso não sofre de problemas de ferrugem! será que vale mm a pena?
    1 abraço
     
  8. Boa sorte nesse restauro amigo.
     
  9. ok, VALE SEMPRE A PENA
    mas não custa nada exprimentar

    abraço:huh::D
     
  10. Fala-se muito da decapagens até á chapa, eu tambem o fiz, mas por norma não é a melhor solução pois ao decapar vai tirar todos aqueles produtos que salvagardam a chapa originais, se for para metalisar tem de ser mas isso é por uma porrada de kilos em sima da chapa, se fosse meu só reparava o que tivesse de ser passava uma lixa por todo e pintava.
     
  11. Se como dizes o carro está razoável,sem podres e de origem, o que aconselho é reparares os painéis que estão danificados, deixando assim o carro com a pintura de origem na maior parte dos sítios, que é sempre a melhor pintura.

    Se tiveres um pintor "à maneira", ele não terá problemas em afinar a côr para os painéis que precisam de ser pintados.

    Depois dá um polimento geral e ficas com um carro impecável, quase todo de origem e gastas muito menos €€€€€

    Levar um carro ao osso, só em casos extremos ou então para quem €€€€€ não sejam problema.
     
  12. Na minha opiniao e se o carro fosse meu nao levava o carro todo completamente a chapa.porque?porque o que voce vai gastar em material de pintura ultrapassa o aceitavel,estou a falar material como deve ser.a nao ser que o carro ja esteja farto de "acertar" e com os paineis ja fartos de serem reparados e mesmo a nivel de folgas ja nao estejam certas.acho que deve reparar apenas mas bem o que esta estragado.o fleetcout e uma boa protecçao contra as humidades mas deve da-lo um pouco diluido para nao ficar a "posta".serviço que ja vi em outros carros...
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página