Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Classic & Sports Car, Não É A Revista De Clássicos Nº1 Por Acaso...

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por nuno granja, 24 Jan 2013.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por nuno granja, 24 Jan 2013.

  1. CSC_CALENDAR-1.jpg

    Sou leitor da Classic & Sports Car (CSC) há uns anos largos e participo no respectivo forum.

    A CSC é a revista de clássicos mais lida no mundo, uma referência no meio, com leitores da Austrália à Grécia passando pela India e US.

    Há anos que calendário anual da CSC é o calendário de uso "oficial" junto à minha secretária e fiquei surpreendido por este ano não vir incluido na edição de Janeiro, adquirida no fim de Dezembro em Lisboa.

    Refiro isso no forum (sem grande estardalhaço) e no mesmo dia recebo uma mensagem do J. Elliot, "deputy editor" a pedir desculpa e a morada para me enviarem um calendário por correio...
    Já agora (por favor...) se eu poderia ver se o mal é geral ou localizado apenas naquele ponto de venda e se possivel o nome da distribuidora. Este pedido veio com a justificação de que só assim poderiam controlar e prevenir estes problemas.

    Faço o trabalho de casa visitando locais de venda em Lisboa e no Porto. Verifiquei que todas tinham calendário e respondo ao J. Elliot no início de Janeiro com toda a informação pedida, uns dias depois recebo em casa um envelope com 2 calendários.

    A forma como tratam um leitor, entre os milhares espalhados pelo mundo, mostra que não são grandes por acaso.


    Duas notas finais,

    1> Comparar
    Já contactei 3 revistas de clássicos tugas como cliente (não como leitor...) para inserir anúncios do VW Ar Clube.
    A Topos & Clássico funciona impec com muito profissionalismo.
    A Motor classico demora a responder e dá respostas incompletas (tipo 1/2 página X e 1 página Y) obrigando a novos contactos para perguntar as dimensões da página, datas de fecho, formatos aceites e por ai fora.
    Quanto à AutoVintage desisti quando a resposta (incompleta) chegou mais ao menos 30 dias após o primeiro de diversos contactos infrutiferos.

    2> O Forum da CSC não tem nem um centésimo da participação do Portal.


    nuno granja
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Ainda estes dias falei com o Eduardo sobre a diferença entre as revistas inglesas e as outras... Em alguns casos são anos-luz!

    Eu compro, às vezes, algumas italianas, por razões óbvias. São muito boas em conteúdos e graficamente são excelentes, mas reconheço que as inglesas são melhores.

    Vou ver se ainda encontro essa por causa do calendário!
     
  3. Os ingleses, e não apenas as revistas, estão a anos-luz do resto do mundo no que toca a clássicos. A maneira de viver tudo isto é levada de uma forma muito mais séria (representa uma indústria de biliões de libras anuais), mas também descontraída (muitos usam os carros a sério e em qualquer clima), e os media da especialidade são de facto uma referência destacada.

    A C&SC é a publicação onde mais se nota que é um trabalho de entusiastas, feito com o carinho e dedicação de quem se devota de alma e coração ao que faz. Embora participe pouco, também estou inscrito no fórum e leio com regularidade os blogs e as notícias do site, porque me habituei a seguir as aventuras e desventuras dos membros da equipa com os seus clássicos, e os artigos de opinião.

    Não me admira que de facto sejamos todos tratados com esta atenção, já é algo a que me habituei. Por exemplo, o meu primeiro caso de contacto com eles foi há anos atrás quando enviei um mail ao Simon Taylor (um dos donos do grupo editorial e colunista da revista), a propósito de um artigo sobre a sua gigantesca colecção de revistas da especialidade, onde por acaso aparecia uma Quattroruote com o 124 Spider na capa. Escrevi-lhe a perguntar qual era o número, porque era um entusiasta da marca e muito em particular deste modelo.

    Não só me respondeu rapidamente com a informação pedida, como perdeu o tempo a explicar-me que apenas tinha o Spider na capa (como era costume naquela época, as capas podiam ser apenas fotos publicitárias e não relacionadas com o conteúdo desse número), ainda me indicou outros números onde havia ensaios do modelo, e que também ele apreciava imenso os Fiat antigos, referindo mesmo que o primeiro carro que comprou para a esposa tinha sido um 128, que tinha deixado muitas e excelentes memórias. Quantos grandes patrões da indústria conhecem vocês com esta atenção e disponibilidade?

    É de facto um caso à parte. Mas os ingleses já por si o são, a C&SC simplesmente deixa a devoção falar mais alto.

    Um abraço a todos!

    P.S.: João, ainda há nas bancas, se não encontrares por aí diz, que talvez ainda consiga apanhar aqui. A minha trazia, já agora... é o calendário de serviço na cozinha! :D No escritório tenho um que mandei vir da PreWarCar.com, e no gabinete da escola tenho o do JalopyJournal (página dedicada aos hot rods tradicionais). ^_^
     
  4. No meu caso também gosto das revistas inglesas, pecam apenas pelo facto de por vezes terem publicidade a mais. Mas as minhas preferidas são sem sobra de dúvida a Ruoteclassiche e a Auto D'epoca ambas italianas.

    Com as portuguesas, nunca mais me esqueço daquela vez que, como CLIENTE, critiquei o facto de na Motor Clássico ter saido um comparativo entre Giulia 1300 Vs Giulia 1600 e depois numa nota no artigo vinha a dizer que uma tinha motor 2000 e a outra 1750. Se tivessem posto isso na capa não a teria comprado. Mas o pior foi ao manifestar esta minha opinião, crítica construtiva, veio o Adelino Dinis ao fórum e, em vez de pedir desculpa, veio a dizer que isso não é importante e que "qualquer entendido não sabe diferenciar um motor desses visualmente"... pronto, tive que lhe dizer que se fossemos todos entendidos como ele, de facto ninguém sabia, mas como nem todos somos como ele.... Conclusão: nunca mais comprei a revista nem nunca mais participei no fórum... é no que dá a burrice e arrogância.
     
    André B Costa e Andre.Silva gostaram disto.
  5. De facto esse senhor (ADN) "estragou-se" com os anos...
    Pessoalmente adoro a C&SC mas não o fórum, embora reconheça que vá lá espreitar de vez em quando.
    A única coisa que apontaria a esta publcação, é a repetição de conteúdos que não me agradam muito, nomeadamente a temática dos roadsters ingleses.
    Também aprecio bastante as revistas francesas particularmente a Autoretro e a Gazoline.
    Das portuguesas já desisti há muito, e em boa hora! Mas gosto de dar uma "espreitadela" aos anúncios à "mitra" nas bombas! :)
     
  6. Vou aproveitar aqui o tópico para não estar a abrir outro.

    Depois de eu manifestar o meu desejo de ter o calendário aqui no tópico, o Nuno Granja contactou-me disposto a ceder-me um dos calendários que lhe enviaram.

    Eu respondi que também estava interessado na revista em si. (Não lhe disse o motivo, mas é fácil de perceber: além dos 2 italianos bem visíveis na capa, há a referência ao 130 Coupé...)

    Como disse ao Nuno, procurei a revista por cá, mas já fui tarde de mais.

    Mesmo assim o Nuno simpaticamente cedeu-me um dos calendário que já está aqui a fazer o serviço para que foi feito.

    Não sou muito de agradecimentos públicos e desconfio que o Nuno também não, mas desta vez tem de ser.

    Obrigado, Nuno!




    P.S. A atenção dos ingleses e a simpatia do Nuno da C&SC fez com que 2 portugueses tivessem calendários de secretária.

    Talvez sejam boas lições para estes tempos...
     
    nuno granja gostou disto.
  7. Mentalidades avançadas levam ao progresso, não as retrógadas e mesquinhas ...

    E os ingleses são mais avançados nesse aspecto, respeitam e dão importância à (sua) cultura e ainda conseguem levar certas coisas com a maior naturalidade possível (como já foi mostrado aqui em alguns posts) e provavelmente, uma das coisas mais importantes, sabem e conseguem SIMPLIFICAR.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página