Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Clássicos para o dia a dia

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Gomes Miguel, 4 Mar 2016.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Gomes Miguel, 4 Mar 2016.

  1. Olá pessoal,

    Seguindo a mesma linha do tópico do ano passado, espero que este me ajude a escolher os carros certos.

    Depois da épica aventura do ano passado e do Ghia já estar na garagem, o próximo passo vai ser comprar (ao longo do ano) mais 2 carros, um para mim outro para a minha mulher, mas que ambos devemos gostar e andar. Ou seja a escolha este ano pode ser mais dinâmica, deixando-me espaço para escolher um que eu realmente goste e outro que ela realmente gosta. Se bem se lembram, o ano passado foi um 31 para achar um clássico que encaixasse perfeitamente no nosso gosto e no espírito da viagem que fosse funcional e fiável...

    Estes carros vão ser carros de rua, ao contrário do Ghia. Daí o orçamento ser mais baixo. A urgência também não é muita... quero comprar ao longo do ano, não interessa muito se é para o mês que vem ou para Novembro/Dezembro. Tem é que ser este ano que ando a adiar isto à muito tempo.

    Os carros têm que obedecer as seguintes características.

    • Um dos carros tem que levar mais de 5 pessoas (queria um que levasse 7-8 pessoas, familia toda junta para a praia).
    • Um dos carros tem que ser 4x4, pois existe muitos locais remotos aqui em porto santo que só assim podemos lá chegar e como fotografo amador, faz-me falta.
    • Um dos carros tem que ser pequeno e fiável (para ir para o trabalho todos os dias, saber que dou a chave e posso ir sem me preocupar muito)
    • Um dos carros tem que ter direcção assistida (para a minha mulher)
    • Nade de exóticos, mecânica simples e robusta com peças disponíveis.
    • Anterior a 1990
    • Não me chateio com aspecto, conforto, segurança. É para fazer viagens curtas mas todos os dias.
    • 10.000 - 11.000€ de orçamento

    As opções que estou a considerar:

    • Land Rover Serie 2/3
    • Tojota BJ40
    • UMM Alter

    • Fiat 600
    • Fiat 500
    • Carocha (é família)
    • Mini
    • BMW 1602
    • Mercedes 220/230
    • Toyota KE20
    • Datsun 1200

    Estão excluídos os Renault por razões pessoais. Todos os outros que não estejam na lista acima são a considerar.

    A minha ideia neste momento estão a divagar entre o UMM Alter e um Fiat 600... Mas também funcionava com um LR S3 e um ke20... Ou um BJ40 e um Carocha!?

    O que vocês acham que se adequava bem (conjunto de 2), no orçamento que tenho, para a ilha de Porto Santo?

    Obrigado pessoal.

    P.S. Prometo colocar muitas fotos do trio de clássicos que lá vão ficar em casa depois deste ano :)
     
  2. Bom dia e boa sorte!

    No mesmo segmento dos Fiat que indicaste, tens o Honda N600.
    Eu gosto mais do que dos Fiat.
    Mas não sou eu que vou comprar.

    Quanto ao 4x4, gosto de todos os que apontaste, se bem que o Toyota BJ 40 tem fama de indestrutível.

    Os que eu mais gosto são os Jeep Cherokee, tens anteriores a 1990 a preços acessíveis, mas normalmente com motores a Gasolina.

    Espero ter ajudado.
     
    Gomes Miguel gostou disto.
  3. Claro que sim Gonçalo. Nao me chateia nada que seja a gasolina, antes pelo contrario, ate preferia...
     
    Gonçalo Vasconcelos gostou disto.
  4. Para ir todos os dias para o trabalho, ser fiável e fácil de manter e ir a qualquer lado que te apeteça, tens os Panda 4x4.
    Para levar mais de 5 pessoas, eu olharia para as carrinhas Peugeot. Também podes ver furgões antigos, claro. Só não sugiro as Citroën DS e CX porque devem sair fora do orçamento.
     
    Hugo Viana da Silva e Gomes Miguel gostaram disto.
  5. Na minha opinião era BJ 40 e carocha. O BJ 40 é um carro especial, a julgar pelo meu, é máquina infernal e pode estar parado vários meses parado, que pega sempre de estalo. Mas tem defeitos, é barulhento/desconfortável e cheira a óleo e gasóleo….o meu tem direção assistida e mais umas coisitas B)… O UMM tem sempre o carisma de ser nacional, por acaso gostava de ter um, quem sabe um dia…

    Como segundo clássico tenho um Escort, mas um carocha, como alguém diz “ é a Harley dos carros “
     
    Gomes Miguel gostou disto.
  6. És especialista em abrir tópicos que "animam" este Fórum... :thumbs up:

    Sobre os TT não me pronuncio, porque não os conheço o suficiente e não são a minha "praia"...

    Relativamente aos restantes, posso falar com à vontade do BMW 1602, dado que tenho um. É um carro fiável, equilibrado e com uma condução muito agradável e nervosa q.b. ... O que tenho nunca me deu problemas. Tenho-o há 6 anos e está desde há 3 anos em casa da minha Mãe, em Leça da Palmeira, e sempre que lá vou (em média, uma vez por mês) é ligar a bateria, dar à chave e andar... Tem um "look" muito "final dos 60's/início dos 70's" com as grandes superfícies vidradas e com as linhas que Michelotti moldou...

    Também posso dar um parecer positivo ao Toyota KE20 dado que o meu primeiro carro foi um KE30. Embora na altura o visse como um carro velho e não como um clássico, foi meu companheiro durante cerca de 3 anos nos tempos da faculdade. Coloco-o no mesmo patamar do '02, dado que tem características semelhantes. Entre os dois, e pressupondo que ambos foram tratados da mesma forma ao longo da sua vida, é uma questão de gosto em relação ao design e à marca. Talvez seja mais fácil obteres peças para o BMW, embora nos sites internacionais se tenha verificado nos últimos tempos uma subida acentuada de preços, o que também significa que é uma geração de BMW's que está a ser enquadrada na categoria dos "clássicos".

    Quanto ao Mercedes 220/230, de que geração estás a falar? W123 ou W124? Ambos são do mais fiável que podes encontrar em termos de mecânica. O W124 é um carro onde notarás pouca diferença em relação aos veículos actuais a vários níveis, enquanto que o W123 tem a vantagem de ter um "look" mais clássico, dado que foi o último Mercedes a usar para-choques cromados. Eu tenho um W123 230CE e é um carro com um nível de conforto muito acima da média para a época (e mesmo para os padrões actuais abaixo de um certo patamar) e um motor muito equilibrado (2.300 cc e 136 cv) que tanto permite uma condução relaxada como uma postura mais agressiva (o meu tem caixa automática e se lhe dou uma "patada" no acelerador, mete "uma abaixo", levanta a frente do carro, engata a 4ª e vai por aí fora até perto dos 200 se for preciso...).

    Os restantes são carros que conheço e aprecio, mas de entre eles o que mais mexe comigo é o Fiat 500. Gosto muito do carro e acho que é a maior homenagem à simplicidade de um automóvel que alguma vez foi feita. Penso que o Dante Giacosa atingiu níveis de genialidade quando esteve na génese desta pequena preciosidade. Já estive dentro de um e fiquei admirado pelo espaço disponível nos lugares da frente (e eu não sou propriamente pequeno nem magro... :blush:). Há cerca de um ano atrás estive quase a comprar um 500L, mas no dia anterior a ir ver o carro (estava a uma centenas lagas de Km's de onde eu vivo) o vendedor ligou-me a dizer que o tinha vendido... :mad: Penso que há duas questões que tens que ter em consideração quando falamos num Fiat 500. Por um lado, é a questão do preço dos bons exemplares. Os que andam pela Net quase esgotam o teu orçamento... Por outro lado, este é um dos clássicos em que existe uma maior diferença em relação aos carros actuais. Não falo apenas da inexistência de ABS e outras ajudas que é necessário ter em consideração quando se conduz um carro com 40 ou 50 anos, mas verdadeiramente de uma alteração de "paradigma". A baixa cilindrada e os parcos cv do Fiat 500, apesar de permitirem um andamento razoável, acabam por limitar de forma significativa o conceito de velocidade média que temos. Se tens pressa, não será um carro para ti... :)) Mas se é para apreciar o trajecto com calma, acho uma opção muito interessante... B)

    Em suma, acho que qualquer dos clássicos que referes é uma boa opção e cumprirá aquilo que pretendes dele. Deverás ter em atenção sempre o estado daquele que for a tua escolha final para não teres surpresas não pela falta de qualidade do carro em si, mas pelo mau tratamento que tenha tido ao longo da sua vida...

    Um abraço e boas escolhas!

    António
     
  7. Eu ia para um panda 4x4 e por exemplo, uma Peugeot 504.

    E ainda sobra mais de metade do orçamento!
     
  8. O Panda é um caso muito especial, por um lado encaixa na categoria 4x4, por outro a falta de "baixas" ou "lentas" prejudica um bocado.

    Vou tentar ser o mais transparente possível: Existe uma praia aqui em Porto Santo especial. Chama-se Porto das Salemas, essa praia só é possivel com um carro 4x4. Até aqui tudo bem, o problema é que o panda 4x4 não sobe lá com mais de 2 pessoas... Isto é verdade, porque neste momento tenho um dono de um aqui ao lado, literalmente a trabalhar comigo e é um problema quando a sogra e a mãe estão fechadas na parte de trás daquele carro já não pode ir lá abaixo.

    Eu preciso de espaço e convinha-me que esse espaço tivesse no 4x4 para poder ir para o monte fazer espetadas mais a família toda ou para as praias mais escondidas para fugir ao turismo em massa de Agosto.

    Além disso, como fotografo amador, preciso de algo um bocadinho mais agressivo que um panda para chegar aos picos mais altos.

    Além disso, já existem 4 pandas 4x4 em porto santo, um deles de um colega que trabalha comigo. Realmente é um dos carro mais certeiros na minha escolha, mas isso era se eu quisesse apenas um. Como posso dividir as escolhas em 2, acho que vou ficar mais bem servido se não optar pelo panda.

    A praia que estou a falar é esta:

    2wh2x4g.jpg


    É uma grande opção Jorge... Era quase perfeita e neste momento tenho esta escolha como uma prioritária.

    Não consigo é encontrar nenhum bj40 bom o suficiente para encaixar com um carocha 1302S ou 1500 (são os que eu gosto mais) que encaixe dentre do orçamento.

    Obrigado António,

    excelente texto, já tinha saudades de ler o que escreves.

    Sabes que a escolha do 4x4 é essencial... tão importante que acho que a vou fazer primeiro...

    Estou tentado a comprar o meu primeiro fiat, sou fanático pelos pequenos 500 e 600. Mas são tão caros que não sei como encaixar.

    A minha opção de UMM Alter + Fiat 600 entra no orçamento que nem uma luva... 5000€ para um e 5000€ para outro... acho que era uma opção equilibrada.

    Também posso pensar em LR S3 + Mercedes W123 (era o que estava a pensar, parecido com o teu), mas já foge um bocadinho do orçamento.

    As opções são muitas e variadas... mas confesso que o meu coração está a pender para a Fiat. Mas vai dependendo muito das opções que vou ter na altura... para já estou a decidir.

    Olá Miguel,
    Obrigado pela tua opinião, faz todo o sentido, mas o que te ia dizer a ti foi o que disse ao João.





    Outras variaveis que vou acrescentando:
    • Deve ser a gasolina, para viagens curtas é do melhor,
    • Pode (e deve??) ser lento, não preciso de carros despachados/rápidos e ágeis para porto santo, em que a viagem maior que vou fazer dura 15 minutos e são pouco mais de 15 km.
    • Pode ter pouca segurança desde que em contrapartida seja fiável.
    • O conforto é relativo... se tiver melhor se não tiver não é um factor decisivo.


    Outra variável que deve pender na decisão e que se calhar vos deixa a reflectir:

    Quais destas opções todas é mais fotogénica? (Já perceberam que eu gosto de fotografar o meu carro, como podem ver aqui: Volkswagen - Diário De Bordo - VW Karmann-Ghia coupé de 1968
     
  9. Em termos de 4x4 concordo com as tuas opções. Como deves saber tanto o UMM como o BJ e o Land têm banco corrido atrás o que te permite levar a família todo tal como pretendes.
    Na minha opinião em qualquer uma destas opções procurava um que desse para retirar a capota quer seja Hard-top ou Soft-top.
    No verão para ir para a praia não há melhor. B)

    Agora por outro lado, já conduziste algum destes jipes??
    Eu por exemplo já conduzi o UMM e um Land Serie 3 e não achei piada nenhum deles. Direcção pesada, brecagem igual a um cilindro e se bem que tenham potencia para subir uma montanha em termos de velocidade custam a chegar aos 100 km/h.

    No entanto deste 3 eu optaria por um UMM mas tinha de ser o 2.5 Turbo.
     
    #9 José de Sá, 4 Mar 2016
    Última edição: 4 Mar 2016
    Gomes Miguel gostou disto.
  10. Sendo assim eu sugeria UMM e um Fiat 850.
    Como não é um 600, arranja-se mais barato. Mecanicamente é semelhante e arranja-se quase tudo em casa.
     
  11. Quanto ao carro pequeno, e especialmente adequado ao terreno e clima da ilha, porque não um 2CV ou algum dos seus derivados? Além da mecânica barata e fiável, anda facilmente por estradas de terra ou caminhos mais sinuosos.
     
    Eduardo_Silva gostou disto.
  12. Ta bem pensei num Fiat 126, com a vantagem de desfrutar o bom tempo de capota aberta... e os preços são inferiores, estou correto João?
     
  13. Já que não ligas a Ranhôs, pelas tuas premissas iria para:

    Toyota BJ40 (mais fiável que as outras duas opções), também acho piada ao Cherokee e são menos comuns ;).

    Carocha se é "família" não à muito mais a dizer!

    Boa pesquisa!

    Abraço,
     
  14. Não sei se cabe no orçamento mas... com estas circunstâncias e tendo em conta que um dos carros pode e deve ser "estiloso" a minha escolha para as duas máquinas é a seguinte:

    UMM Alter Turbo por ser nacional e porque daquilo que tenho conhecimento tem belissimas propriedades TT.

    Fiat 850 Sport Coupé... além de estiloso tem mesmo aquele toque italiano... como bónus do ponto de vista de condução é uma delicia!
     
    Hugo Viana da Silva gostou disto.
  15. Os preços são inferiores e tem a vantagem de haver versões com tecto de abrir, mas esses são mais raros e o motor de 2 cilindros arrefecido a ar é fantástico em cidade, mas sofre se houver muitas inclinações...
    O 850 é capaz de ser o melhor equilíbrio... Ou um 128, claro.

    Carlos, como raio é que eu não me lembrei desse?!
    É tão evidente! É um carro do caneco, e os 52 cv, com as curvas certas e os pneus fininhos, parecem 150...
    O único problema é que o orçamento para esse pode ser curto.
     
  16. E um Suzuki Santana ou Samurai?
     
  17. Todo o terreno um BJ40........ ou isto;







    2 rodas motrizes capazes de envergonhar muito SUV

    Fui eu que fiz os filmes, creio que nas férias de 2011, numa tarde passada algures na serra minhota e durante a qual eu e o presidente do VW Ar Clube, nos divertimos que nem dois putos.

    Já tinha lido sobre as capacidades do 181 em todo terreno, mas ao vivo a cores é surpreendente.

    Para alem de se divertir em zonas mais extremas, o Zé Rui utiliza o 181 para piqueniques em família (são 4) por aqueles montes, conseguindo afastar-se da civilização enquanto todos se divertem.

    Durante a 2º Guerra quando os aliados deitaram a mão pela primeira vez aos avós do 181, os Kubbelwagen, abandonados pelos Rommel no norte de africa, ficaram parvos com as capacidades do "carrito" Em quase tudo não ficava a dever nada ao Jeep.

    Sobre o outro carro vou pensar.


    nuno granja
     
    #17 nuno granja, 5 Mar 2016
    Última edição: 5 Mar 2016
    miguelcristovao gostou disto.
  18. Já percebi que há poucos adeptos de Minis neste tópico, mas será um utilitário a considerar. Existem imensos nos mais variados estados e preços, e duvido que haja algum modelo com mais mercado de peças. É fiável e económico se original, mas a tentação da potencia é difícil de resistir.
    Qualquer dos 4x4 (ingleses, japoneses ou nacionais ) tem o que precisas, será mesmo uma questão de gosto.
     
  19. Será o Kubbelwagen assim tão avó do 181? A mim parece-me mais um face-lift de marketing...do mesmo modelo!
    O binário dos VW a ar em baixas é lendário, mas esse 181 terá uns quaisquer 'pósitos' no motor...
    Kdf82_redukce.jpg
    Esse 181 tinha alguma coisa parecida com isto no(s) eixo(s)?
     
    #19 António Barbosa, 6 Mar 2016
    Última edição: 6 Mar 2016
    nuno granja gostou disto.
  20. António,

    Creio que tem essas redutoras também usadas na Type 2 Split.

    Facelift ou neto, depende do ponto de vista mas o DNA está lá, pouco peso e motor atrás em cima das rodas o que com a ajuda das caixa redutoras faz maravilhas em termos de tração;



    tam como as Type 2 deste filme, com a minha Split estive em situações incríveis que atascariam qualquer carro e das quais sai com uma facilidade desconcertante

    nuno granja
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página