Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Clássico para uso diário. Opiniões por favor!

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por David de Oliveira, 14 Ago 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por David de Oliveira, 14 Ago 2008.

  1. Olá a todos! Espero que me ajudem, pois é sempre bom ter outros pontos de vista.
    Eu estou a restaurar um clássico, um Datsun 120y, o qual eu descasquei completamente e que aos poucos está a avançar.

    A minha familia actualmente é de 3 pessoas, eu, a minha mulher e o meu filho com 10 mesinhos, e temos um carro para nos deslocarmos, um clio de 95, que está a precisar agora de muita manutenção, tem a junta da cabeça queimada, precisa de amortecedores, conclusão, fica mais cara a manutenção do que o próprio carro.
    A minha ideia era a seguinte: Comprar um clássico já restaurado e usa-lo como carro no dia-a-dia (estava a pensar também num Datsun já que a manutenção é barata e eu mesmo posso faze-la, e o seguro também é mais barato), ou comprar um carro mais recente?

    Opinem por favor.
     
  2. Se tem um filho bebé, tem que ter em atenção o facto de ter de usar uma cadeirinha!!!
    Logo, deve ser descartada a ideia de um carro sem cintos atrás!
    Posso dizer-lhe que o Fiat 127, embora não traga os cintos traseiros de origem, já vem adaptado para os pôr!
    Este é o modelo que eu conheço! Se alguém souber de mais modelos (com certeza que os há) que diga qualquer coisa!!!
    Abraço
     
  3. Em questão de segurança, convém melhorar e fazer alterações a nível de cintos de segurança por causa do bebé.

    Sobre o dia-a-dia, a minha opinião é que qualquer um serve, pois todos eles foram construídos e utilizados com esse fim: "utilização diária".

    Convém que seja uma questão de gosto próprio e de uma análise sobre a existência de peças e acessórios para a viatura que escolha.


    Cumprimentos.
     
  4. Pois a questão dos cintos já me tinha lembrado, agora também há a questão da fiabilidade e conforto! Uhmm vocês parecem a minha mulher a falar! eheheheh
     
  5. Apoiado, e já vi dois 127 recentemente com cadeira de bebé atrás (1 delesconheço o dono e sei que é utilizado ;)) E os preços deles não andam por aí além, e a manutenção é fácil..

    Mas eu também sou suspeito como o Luís :D:D
     
  6. Caro amigo,

    Eu no seu lugar comprava este, é muito espaçoso, seguro e confortável (e tem apoios de fixação para os cintos traseiros). Por metade do preço também há este, mas não tem nem metade da pinta. Comem um bocadito, mas pode-se sempre enfiar com um kit de GPL neles se fizer muitos km...

    Só não escolhia um 127 por estes serem mais espaçosos e terem portas traseiras, com as cadeirinhas dá imenso jeito.

    Um abraço!
     
  7. Fiabilidade é a 100% já tou farto de ouvir o pessoal a dizer que aquele motor não acaba :D:D Agora conforto é relativo o_Oo_O para uso diário acho "confortável"!
     
  8. na minha opinião é boa ideia usar um classico... eu tenho um honda jazz encostado e uso o meu datsun bluebird todos os dias! a manutenção é muito mais barata! mas tem de ter atenção ao pequeno por causa da cadeirinha... mas penso qu isso se resolve facilmente! saudações
     
  9. David...

    Ando de clássico porque gosto e já la vão mais de 20 anos, no entanto vamos ser realistas...

    Se andar de clássico fosse mais confortável, seguro, económico e fiável, andava muito mais gente de clássico. Se virmos bem a maioria dos "apaixonados" por clássicos, a começar pelos membros deste forum andam de carro recente.

    Para andares de carrotens 3 opções:
    1 Compras um carro novo ou semi-novo, menos probabilidades de avaria, mais segurança, mais conforto, economia de combustivel, peças disponiveis, mas tambem custo incial muito alto, manutenção nem sempre barata e desvalorização assustadora ..haaá e socialmente sempre se é visto num carro "do ano", o que para muita gente é o mais importante.
    2:Compras um "old banger" barato, tipo Fiesta com 10/15 anos e andas até à primeira avaria grave, após a qual vai para sucata. Gastas o minimo possivel em manutenção, tens peças aos pontapes pelo chão de qualquer sucata e se tiveres sorte tens meia duzia de anos sem gastar um tusto.
    3 Compras um pré-classico, menos conforto, menos segurança, menos fiabilidade, maior consumo, mas um gozo do catano. Não haverá desvalorização mas periodicamente terás de investir para o manteres em bom estado, custo incial mais baixo e a mantutenção em princípio mais barata. Inevitávelmente um dia vais ter de gastar dinheiro numa surpresa maior.

    Andar de clássico também não é assim tão mau como alguns a pintam, desde claro que se tenha consciência a das especificidades inerentes à escolha.

    Algum aspectos a ponderar, carros anteriores a 1960 salvo algumas excepções (mercedes, vw, volvo...) dão-se mal com a circular no quotidiano.

    Embora apareça sempre gente a dizer que ja fez meio milhão de km num alfa dos anos 60 sem a miníma chatisse, o que me faz lembrar a máxima do meu pai "os carros dos outros andam muito gastam pouco e nunca dão problemas..." convém escolher marcas, suecas, alemãs ou japonesas, ou num patamar logo abaixo fiat, renault ou peugeot, pois serão os carros que terão mais km entre duas reparações.

    Quando o vendedor disser que o carro nunca deu problemas, prever que eles devem estar a aparecer, pois carros sem problemas não existem

    Haverá que ter em conta o estado do carro, não acreditar em milagres e reservar pelo menos um valor igual ao dinheiro da compra para as surpresas escondidas.
    Um carro com 20 anos é uma fonte de surpresas umas resultado do desgaste outras das intervenções feitas por amadores ou incompetentes ao longo dos anos. Só uma revisão profunda podera eliminar a maior parte de potenciais problemas, depois ao longo dos km surgem outros que não imaginavamos e ao fim de 100.000km alguns dos primeiros voltam a aparecer.

    Cada carro tem manutenção específica e convém respeitá-la se possivel por um especialista, a maioria dos amadores não sabe o que faz e encontrar um mecânico honesto e competente que perceba de modelos antigos e fora do baralho é dificil.
    Claro que neste matéria também vai aparecer muita gente a dizer que trabalha nos correios mas nas horas vagas desmonta o carro até ao ultimo parafuso e monta outra vez tudo melhor do que o que saiu de fabrica, sinceramente não me acredito e um ou outro caso que tenha visto são excepções que confirmam a regra. A maioria dos proprietários de classicos com quem me relaciono tem VW a ar, mecanicas simples e fiaveis e esta regra confirma-se na mesma...

    Evita modelos que estejam na moda como as carrinhas VW "pão de forma", pois estão inflacionadas e corres mais risco de comprares a carrinha a um (paraquedista) vendedor imobiliario disfarçado de "amante de pães de forma" (caso real)

    Compra bem, não acredites em milagres, entrega a manutençaõ e reparação a quem sabe e vais ver que te divertes e com sorte com poucas chatisses.

    nuno g
     
  10. compra um toyota dx 1.3 é barato e a manutenção tambem
     
  11. apesar de gostar muito de fiat´s, cada vez mais acho que a R4 é uma boa soluçao!
     
  12. Eu sou a favor do uso de clássicos no dia-a-dia:D...

    Os clássicos são para andar e não para enfeitar a garagem, quanto mais andarem menos se estragam:feliz:...

    Um clássico restaurado não é uma boa escolha porque são caros e os restauros de alguns são uma porcaria pois é só uma pintura e paga-se bem caro por isso:wacko:...

    Por isso se queres um clássico compra um em bom estado ao menos são de confiança:feliz: ou então comprar um futuro clássico que vendem-se por um bom preço:feliz:...

    Um Renault 5, é um bom carro!!:feliz:
     
  13. Diogo


    posso saber que carro usas nodia a dia?


    nuno g
     
  14. Eu ainda não conduzo:D...

    Mas ando num Mercedes E290 TurboDiesel de 96 todos os dias:D...

    Mas em breve quero comprar um Mercedes clássico para andar no dia-a-dia quando tiver a carta:D...
     
  15. diogo


    "just checking"

    é raro alguem andar diáriamente em carros com mais de 20 anos de uma forma continuada e reiterada

    na zona do porto há uma duzia que eu conheça

    menos raro é haver quem fale muito sobre andar de clássico mas na prática anda todos os dias de plástico


    nuno g
     


  16. Para mim tanto faz andar de clássico ou moderno, porque já andei neles e gostei muito mas são tempos que já passaramo_O...

    Eu ando num moderno todos os dias porque não tenho carta, mas também não é pela idade que deixo de gostar dele e trato-o como se fosse um clássico:D, por isso não sei porque é que estás a implicar comigo:wacko::wacko:...

    Muitos não andam de clássico no dia-a-dia porque simplesmente não conseguem devido a estarem habituados às comodidades dos modernos, como direcção assistida, ar condicionado, etco_O ou porque não podemo_O...
     
  17. Diogo

    peço desculpa se fui mal interpretado mas não estou a implicar contigo

    apenas quando o assunto é andar todos os dias de clássicos, o que é muito raro e muito diferente de sair de vez em quando com eles, gosto de saber a prática real dos interlocutores na matéria

    isto porque no meu livro falar sobre andar todos os dias de clássico, indicar este ou aquele modelo é o ideal, mas na pratica não ter a minima experiência na matéria, é igual a zero

    é o que penso e por isso gosto de saber com quem "falo"

    sobre "implicar"...

    participo em vários foruns sobre politica e outros aspectos da nossa vida em sociedade, onde de uma forma frontal questiono sobre os pontos que acho pertinentes ou entro em troca de argumentos sobre as mais diversas matérias

    nesses foruns obtenho respostas, gostando delas ou não, argumento com melhores ou piores argumentos mas raramente me veêm com comentários fora da matéria em questão tipo "estar a implicar" e afins

    aqui e noutros forums sobre clássicos (garagemvw...), sempre que se sai do "trilho" pondo em causa o que outro escreveu, questionando directamente ou de alguma forma estragando a fotografia tipo "we are the world" em que todos somos amantes de clássicos a cantar em coro, as reacções aparecem logo, porque se está e implicar ou coisas do genero

    acho no minimo chato e julgo (posso estar errado...mas) que face a discordâncias ou questões , seria muito mais proveitoso responder e mantermo-nos no assunto que estiver a ser tratado


    nuno g
     
  18. Isso de "andar com o clássico no dia-a-dia" depende...

    Se for para ir para o trabalho todos os dias e fazer uns km, não há problema agora se for para usar como carro de trabalho, por exemplo fazer entregas, andar com ele de um lado para o outro e nunca parar, isso nãoo_O...

    Se for para fazer mais de 100km por dia, todos os dias, é melhor esquecero_O...
     
  19. Não tem nada a ver há classicos com mais comodidades que carros novos! Veja-se o exemplo do meu 780 com 20 anos, cruise control, ABS, direcção assistida, ar condicionado automatico, tecto panoramico electrico, autoradio com 2 amplificadores independentes e ecra de graves/agudos, bancos aquecidos em pele totalmente automatico, suspensão independente Mac Pherson com amortecedores autonivelados... entre outros extras que nem vale a pena referir...:p
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página