Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Clássico mais fácil e barato de Restaurar.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Emanuel Sousa, 29 Jan 2016.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Emanuel Sousa, 29 Jan 2016.

  1. Bom dia.

    Isto é algo que me anda a intrigar, sou um bocado leigo no assunto e ando a pesquisar na net e pelo mercado fora.

    Eu procuro em concreto um clássico de iniciação, que não cause muitas frustrações, um clássico que não fique encostado um tempo ou definitivamente por falta de alguma peça que não esteja à venda ou por a peça ser extremamente cara.

    E claro um carro em si que não seja assim muito valorizado no mercado e que tenha um baixo preço.

    Por o que eu vi.

    -Volkswagen Bettle/ Carocha - Vêm se na net em estado razoável entre os 1500€ e os 2000€, a precisar de restauro de chapa e pintura entre outros. De qualquer forma acho um bocado caro, e um veiculo suavemente sobrevalorizado comparado com outros clássicos muito mais raros. A vantagem, no Ebay e outros sites existe material a ponta pé para tudo e mais alguma coisa a preços competitivos.

    - Renault 4L -Têm um preço bastante competitivo pelo OLX e custojusto fora, a partir de 500€ arranja-se já alguma coisa engraçada, peças também há bastantes pelo que vi.

    Eu não gosto muito do Renault, gosto mais do carocha.

    Que mais é que vocês acham que à por ai no mercado que seja barato, e fácil de restaurar?
     
  2. 90€ !! Fácil e barato :D

    824414349_1_644x461_bicicleta-antiga-inglesa-para-restauro-rodado-26-viana-do-castelo_rev001.jpg
     
  3. Fiat 127, Fiat 128, Datsun 1200, Toyota Corolla Ke 20, Ford Escort e vários outros...

    Lê umas coisas no Portal, faz umas pesquisas na net e selecciona os que mais te agradam. Depois pede-nos ajuda outra vez já com modelos específicos.

    Se pedires sugestões sem mais nada, vais ler dezenas de opiniões diferentes ...e sempre tendenciosas, claro.
     
  4. Há uma coisa que me preocupa no teu texto @Emanuel Sousa, é que o Beetle e a 4L pouco têm em comum e não é que tenhamos de gostar só de um modelo ou estilo de carro mas quando se fala do 1º eu estou à espera que o futuro proprietário tenha engraçado com este ou outro tipo de carro. Se calhar estou errado hehe

    Pessoalmente de entre esses dois eu iria para o Beetle porque além de terem um motor com uma sonoridade mais característica serão sempre carros muito mais icónicos e peças nunca hão-de faltar (ah e esqueci-me, odeio 4L's hehe).

    Com €2000 para um Beetle provavelmente vais estar a herdar alguns problemas de entre os quais, tal como tu já mencionaste, corrosão da carroçaria a qual te vai consumir muitas horas e notas a recuperar. Se com €2000 encontrares os famosos projetos que pararam e não serão terminados mas que ficaram com a chapa despachada, excelente, se os interiores não estiverem muito massacrados talvez com mais €2000 consigas fazer a festa, de outra forma os €2000 são escassos.

    Falando de idades, porque isto do "clássico" tem que se lhe diga, acho que se quiseres descer à década de 70 os Datsun serão carros a ter em conta tanto o 120Y como o 1200 ou 1600. As marcas asiáticas sempre foram muito pragmáticas no desenho e construção e qualquer um desses modelos deverá ser de relativamente pouca manutenção.

    A ideia essencial é que 99.9% das vezes o negócio mais inteligente está em comprar o carro já restaurado ou em muito boas condições. Se isto não for possível então que esteja em muito boas condições de chapa em detrimento do restante.
     
  5. Ainda bem que tenho um Fiat 128. :)

    Barato e fácil de restaurar não existe. :) Mesmo um carocha fica sempre em valores elevados.

    Eu começaria por comprar algo em muito bom estado a andar (mesmo que mais recente e/ou mais caro). Depois ia melhorando, se correr bem então partia para um restauro nesse carro ou outro daqueles que se fica meses a olhar para ele em caixas e o dinheiro a desaparecer.
     
    nuno granja gostou disto.
  6. Da experiência que tenho de 2 exemplares, um definitivamente caído em mãos erradas, o carocha é tudo menos barato de restaurar/manter.
    Tal como te disse o João barato de restaurar não existe, se não fores chapeiro e pintor, tenta sempre comprar um carro no melhor estado possível, quanto a modelos eu guio-me pela paixão, sou daqueles que gostar gostar, gosto de tudo...
    É preferível e muito mais divertido teres um Uno da primeira geração em estado novo, do que um 124 coupé todo podre encostado numa garagem.

    Abraço
     
    nuno granja gostou disto.
  7. Mercedes W123 .
    Procurando bem encontra-se a bom preço.
    Mecanica fiável.
    Facil de arranjar material (a mercedes tem tudo mas é de evitar pelo preço, arranja-se tudo cá fora)
    Ter atenção á chapa é fundamentar estar bom de chapa - para quem não é conhecedor (como eu) é melhor comprar carros não pintados recentemente para não ter surpresas.
     
    nuno granja gostou disto.
  8. Preferia alguma coisa com mais CC's ! :)

    Desculpem se estou a ser muito vago, mas a vossa opinião pode me sempre ajudar.

    Também já tinha visto esses Fiats! Vou cuscar o Datsun e o Toyota.

    Basicamente é preferível então arranjar um carro mecanicamente avariado, mas que esteja bastante bom de chapa. Também já tinha uma ideia disso, porque eu não sei fazer trabalho de bate-chapas e tenho de entregar a pasta a outro!

    Eu pretendia alguma coisa com tracção traseira, embora eu também ache piada aos Fiats 127s, mas esses meninos passa tudo pela frente...

    Vi o Opel Cadet C o modelo City, parece um pequeno muscle :D: mas isso já é animal mais raro!
     
  9. Não te deixes ludibriar pela tração traseira, há carros excelentes de tração frontal que não se deixam envergonhar de todo.

    Tal como já foi dito, o pior está na chapa, compras um carro mau de chapa e um bom negócio transforma-se num pesadelo ;)
     
  10. Manuel, não quero ser desmancha prazeres. :ph34r:

    Ou tens um clássico com o patine, cheio de charme e bem mantido.. Ou tens um charuto cheio de massas e "maroscas". o_O

    "Restauro"- Palavra difícil de definir. Para uns é por massas e dar uma pintura. Para mim é mais que isso, é o pormenor.
    Mesmo sendo um carro "popular" gastas sempre muito €.
    Já gastei mais de 10mil € num carro. Nunca o tenho como quero ou como gostaria que estivesse.
    Tinha um 127 para restaurar.. Desisti porque já sabia o que me esperava.
    Claro todos começamos com um carro, pior ou melhor.
    Tudo se faz o tempo e o dinheiro dita isso mesmo. Mas barato acho que não é palavra certa.

    Se realmente gostas de um clássico para usufruir tens a opção dos carros dos fins dos anos 80, inícios de 90 por um valor mais em conta. Tens o exemplo do @afonsopatrao com o seu uno.

    O meu carro de uso diário é um Fiat panda de 1989, não há melhor...

    Terás sempre outras opções já mencionadas aqui. Tenta ver a marca e modelo que pretendes depois abres um tópico aqui e vais ver o carro e partilhas fotos dele e terás toda a nossa ajuda... :thumbs up:

    @José de Sá tenho uma ye-ye que comprei por 70 ou 75€ já não chegam 350 no estado em que ela está agora. :D:
    O que vale é que a manutenção é barata!:ph34r:
     
  11. nuno granja gostou disto.
  12. Numa afirmação carregada de tendências mono-marca, compra um Mini! É de facto um FWD mas vê qualquer video de um Mini no Autódromo Vasco Sameiro em Braga e vês que a FWD pode até ser melhor que a RWD!
    Há tudo o que possas querer para um Mini, inclusivamente podes comprar uma carroçaria, um motor etc. e fazer um Mini do zero às peças...
    A manutenção é imensamente DIY, e a ferrugem ataca na mesma proporção de qualquer outro clássico, apenas tem a vantagem de haver menos chapa para enferrujar...
    Se puderes compra um com travões de disco, e se tiveres a infeção do pé direito (eu sei Nuno, paga direitos de autor), compra um 1275cc.
     
    nuno granja e HugoSilva gostaram disto.
  13. Seja bem-vindo cá ao burgo... ;)

    Primeira pergunta que faço é: O que é que, a nível de carros antigos, já conduziu ou já teve alguma experiência?

    Segundo: Porquê descartar a Renault 4L, ou melhor, o que é que não gosta do carro?

    Agora... meu ponto de vista... :rolleyes:

    O Carocha tem e sempre terá a sua piada, é uma obra-prima de uma mecânica fiável conjugada a uma estética simpática e atractiva e, a nível de peças arranja-se praticamente tudo... Contras: São caros, mesmo os que estão podres :D, apodrecem com facilidade, "bebe" para caraças, a ideia de restauro de um Carocha é, no meu ver, para esquecer... depende da base, claro, mas o pior é que são muito valorizados. Por 2000€ é impensável comprar um Carocha, os gastos num restauro vão "triplicar" ou pior... :eek:
    Não é que não goste do Beetle, muito pelo contrário, ADORO-O...!! Mas para uma pessoa que se inicia nos clássicos, com o orçamento algo condicionado, confesso que não é das melhores apostas...

    A Renault 4L já é a minha praia, mas sou suspeito, porque tenho uma! Eh Eh Eh :p
    Falo, obviamente, das GTL, já que é o que não falta por aí... O motor 1108 é dos mais fiáveis alguma vez existente, o conforto, peças também há de tudo desde chapa a mecânica, os consumos são mais convidativos (5/6 litros), ao contrário do Carocha, vai a todo o lado sem se "arrastar" :D Não é à toa que lhe chamam o "jipe dos pobres" e, pelo facto de não ser tão valorizada, já se encontram muito bons exemplares a 2000€ ou menos. Contras: A ferrugem, obviamente, para apodrecer também não ficam atrás... fora isso, não tenho queixas :D :D
    Resumindo... para iniciante, é das melhores apostas! :thumbs up: Faz o mesmo trabalho de um Panda (até melhor, provavelmente) e já é um clássico por excelência... :)

    Ainda podia considerar o Renault 5 de 1ª série (1972-1985), mesma mecânica da 4L, mas puxa bem melhor... E é um carro muito mais completo e mais moderno a todos os níveis, de interior também prevalece o excelente conforto, peças também há tudo e são ainda menos valorizados que as 4L pelo que se adquirem a preços bem simbólicos. Contras: também as ferrugens e podres e, o facto de ser um "nada" mais rasteirinho em comparação com a 4L... Fora isso, se for bem mantido, é meter gasosa e siga! :p

    Apesar de não perceber muito de japoneses, tenho de dar o respectivo mérito aos Toyota Corola, série KE, mas também aos Datsun 1200, este último tem-me surpreendido imenso nos últimos anos... Incrivelmente fiável, peças também há, em termos estéticos tem uma linha muito interessante e apesar de começar a ser mais valorizado, dentro dos valores que o Emanuel apresentou, acho que ainda se consegue arranjar uma coisa decente... Confesso que um destes dias cometo mais uma loucura e arranjo um Datsun 1200... :p :D

    Vou acompanhar o tópico, mas uma coisa que desde logo faço atenção é... Não perca tempo em restauros profundos se tiver os "€uros contados", por assim dizer, vai causar-lhe chatices, vai tomar muito tempo o que por vezes leva à perda do interesse no projecto. Será preferível arranjar uma base sólida, pronta a andar e ir aperfeiçoando conforme as possibilidades...

    Aguardarei noticias e fica o desejo de boa sorte na procura do seu "futuro" clássico... :thumbs up:

    Abraço
     
  14. Na minha opinião optaria por uma 4L ou até mesmo por um Renault 5.
    Fiáveis, de manutenção fácil, peças ao pontapé e ao preço da chuva.

    O que poderá haver de melhor?
     
    João Pegadas gostou disto.
  15. Do pessoal daqui dos encontros da Srª da Hora, o Nuno Andrade comprou um Escort MkI e desmontou a carroçaria, pintou e voltou a montar, melhorou a parte eléctrica, pôs um painel de instrumentos todo catita, mas não mexeu na mecânica, gastou mais dinheiro, mas ficou com uma laranja mecânica impéc por muitos anos.
    Outro exemplo é o do Paulo Oliveira, comprou recentemente um Datsun 1200 perfeitamente funcional e aos poucos está a tornar-lo perfeito. Não vejo gastos astronómicos, passeia como os outros e não creio que haja grandes dificuldades na manutenção da máquina.
    Tudo vai do que se quer e do que aparece!
     
  16. Viva Emanuel,

    Deves perguntar a ti mesmo:
    1ª Vou comprar um clássico porque?
    2ª Qual a utilização que lhe vou dar?
    3ª Vou comprar um carro que vai ficar parado um ano ou dois a repara-lo é isso que quero?

    Posto isto algumas considerações.
    Compra um clássico que gostes, caso contrário vai morrer!
    Se és leigo e não te podes aventurar, que esteja a andar regularmente seja de fácil manutenção e barato de ter e manter. Que não tenha podres consideráveis e de difícil resolução alem de caros.

    Boa escolha!
     
    nuno granja gostou disto.
  17. Viva!

    Falta aqui uma indicação crucial: qual o tipo de carro que efectivamente gosta?
     
  18. Conselho de amigo, se não és bate-chapas, mecânico ou pintor, compra um restaurado e vai arranjando aos poucos, é mais barato, menos dores de cabeça e tens sempre o carro a funcionar.
     
    nuno granja e Manuel Pereira Roque gostaram disto.
  19. Eu sei João, tenho uma Sangal a espera de restauro para a qual já comprei algumas pequenas peças e o orçamento que fiz passa dos 500€.
     
  20. Que argumento 5 estrelas hehehe B)

    Tendo em conta a tua descrição se calhar fugia dos japoneses... são baratos de comprar e até fácil de manter mas em termos de peças variadas e as baixos preços não são os melhores. Se calhar com um Europeu ficas melhor.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página