Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Citroën ID/DS - Clássico do Mês de Dezembro 2009

Tópico em 'História e Cultura' iniciado por Nuno Andrade, 2 Dez 2009.

Tópico em 'História e Cultura' iniciado por Nuno Andrade, 2 Dez 2009.

  1. Citroën ID/DS (1955-1976)


    Clássico do Mês de Dezembro 2009

    Ver anexo 143820

    Vamos lá descarregar pessoal...

    cumprimentos.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Posso dizer que depois de ter acompanhado por dentro o Rally de Portugal Histórico e ver estes Citroens a fazerem diversos malabarismos tais como a assistencia não transportar um unico macaco para fazer as devidas assistencias, fazer alguns trocços muito estreitos com médias muito altas e pela sua beleza singular (foi considerado o carro mais bonito de sempre), tornou-se um dos meus carros favoritos.
     
  3. 1959-citroen-ds-lg.jpg

    [​IMG]


    Introdução ao modelo

    A introdução do Citroën DS teve lugar em Outubro de 1955 no Paris Motor Show. As encomendas feitas na exposição (à volta de 12000) foram logo entregues no 1º ano de produção.

    O Citroën DS/ID foi produzido durante 20 anos. (1955-1975). Quando os franceses mostraram ao mundo o seu novo e avançado engenho, em 1955, as pessoas acharam-no tão bizarro que diziam até que ele tinha vindo do espaço. Era um carro completamente diferente, sem olhares no passado, pensando no futuro. A sua forma, os materiais utilizados e a tecnologia de ponta tornavam-no único. Com o passar dos anos, muitas alterações foram introduzidas no modelo. As principais mudanças consistiam em termos de design, motores mais fortes e duradouros e melhorias no sistema hidropneumático de suspensões.
    A partir de 1957 até ao final da produção, uma versão mais simples do DS (embora tivesse os avanços mais importantes do modelo) estava disponível e era designada por ID. Em 1959, a versão Break (Estate) veio completar a gama das várias versões. Houve também a versão de Luxo “Pallas”.


    DS
    [​IMG]

    ID
    128930824_9004246a09.jpg

    ID Break
    [​IMG]

    DS Pallas
    [​IMG]



    O DS tinha direcção assistida, travões assistidos a discos frontais, dois circuitos de travões independentes, repartidor automático em função da carga, faróis direccionais, painel de instrumentos futurista e um volante de braço único.
    As pessoas nunca foram muito apaixonadas pelas performances do DS, o que parecia ser um factor muito importante da época, mas sim pelo seu excelente conforto para todos os seus passageiros e um compromisso distância - conforto que marcou a época devido à sua suspensão Hidropneumática.


    wieloph.jpg

    voorwieloph.jpg



    20 anos de desenvolvimento

    Durante os primeiros anos de produção, as pessoas ficavam de pé atrás com as suspensões hidropneumáticas, devido à sua inovação e como eram construídas. Isto deve-se também ao facto da Citroën ter desenvolvido o carro rapidamente e com técnicas/soluções muito avançadas para a época. Devido a isto, mesmo com o enchente de encomendas (que mostrava a grande adesão por parte do público), os carros começaram por ser um pouco problemáticos.
    Depois do “problema” das suspensões estar completamente resolvido e o carro estar muito confortável e seguro, a Citroën partiu depois para o desenvolvimento de um motor mais forte e um interior mais luxuoso.
    A potência do motor, ao longo dos 20 anos, variou entre os 75 e 141 cv. Em 1963 a frente do carro também recebeu um ligeiro “facelit”.
    A maior mudança de estética do Citroën ID/DS foi no 13º ano de produção (1968), quando o DS recebeu uma “nova” decoração da frente, chamada de “new front” ou “3rd front”. (ver foto)

    citr-id19-68.jpg

    citr-ds21-68.jpg



    O fim​


    Em 1975 foi anunciado o final da produção, contando a Citroën com cerca de 1,5 milhões de unidades produzidas.



    Carros especiais

    Várias empresas trabalharam aparte da Citroën para alterar o look do DS e torna-lo mais exclusivo e ao gosto de cada um. Uma das mais conhecidas empresas de “aperfeiçoamento” era a Francesa Chapron, que construía Cabriolets e fez também edições especiais por encomendas do DS. Outra empresa muito famosa foi a Currus que fez o DS Ambulance.

    Interior do DS
    citroen-ds-3.jpg

    DS Ambulance
    yu1k45zw.jpg

    DS Crapron Cabriolet
    [​IMG]

    DS Crapron President
    ds-pres10.jpg



    Alguns vídeos:

    Teste por parte do Top Gear

    YouTube - Citroen DS

    Um comercial da época

    YouTube - Citroen DS pallas spot commercial 1968

    Wheeler Dealers

    YouTube - Wheeler Dealers - Citroen DS 1/5

    YouTube - Wheeler Dealers - Citroen DS 2/5

    YouTube - Wheeler Dealers - Citroen DS 3/5

    YouTube - Wheeler Dealers - Citroen DS 4/5

    YouTube - Wheeler Dealers - Citroen DS 5/5
     

    Ficheiros Anexados:

  4. Para mim um carro tem que ser estéticamente belo:feliz:, mas o DS apesar de toda a sua tecnologia não atinge esse patamar...:huh:
     
  5. Oh Nuno, trocaste-me as voltas todas. LOL

    Um aparte:

    A Citroen prepara o lançamento de uma nova versão do famoso "boca de sapo". O novo modelo, cujo concept foi apresentado em Março de 2009 no Salão Automóvel de Genebra, é lançado no mercado em 2010.

    O novo carro irá ser apresentado em 3 modelos DS3, DS4 e DS5.

    Imagens em: http://auto.moldova.org/image/citroen-ds-inside-concept-19152-eng.jpeg
     
  6. Sabiam que:


    _O vidro traseiro dos 1ºs DS era feito de "Plexi Glass"

    _O capot e a tampa da mala do DS (excluíndo o ID) era feito de alumínio nos primeiros modelos.

    _O tecto era feito numa base de resina, alumínio (ID/DS) ou metal (Break)

    _O DS foi dos primeiros carros a ter travões a disco de origem

    _Os tubos do radiador e os primeiros tabliers eram feitos de Nylon (até Setembro de 1961), um material novo na altura.

    _As botijas da suspensão estavam exactamente no centro das rodas, tendo como vantagem quando um pneu fura, não se sente na direcção do carro, quando a baixas/médias velocidades.

    _O espaço entre as rodas da frente é diferente do espaço entre as rodas traseiras

    _A distância entre eixos difere com o peso do carro e é muito grande para um carro
    daquele segmento

    _As medidas dos pneus eram diferentes (frente/trás) [Excluindo a Break e os Injection]

    _O DS e a Break tinham um sistema revolucionário de travões que reduzia o risco de bloqueio das rodas durante a travagem

    _Todos os painéis do DS e do ID podem ser tirados em poucos minutos.

    _O sistema de suspensão hidropneumático foi usado nos Rolls Royce durante os anos 70 devido a não existir sistema melhor (15 anos após o lançamento do DS o seu sistema hidropneumático mantinha-se imbatível)

    _O carro têm um sistema auto-nivelante ajustável no cockpit.

    _Os modelos a partir de 1967 (DS com faróis protegidos pelo vidro) tinham faróis direccionais de origem e extra nos ID.

    _Uma das lâmpadas gira com a direcção ( a do lado do sentido das rodas) e a outra ilumina a estrada a frente)

    _As lâmpadas frontais também se ajustam consoante o peso do carro (para cima e para baixo)
     
  7. Excelente tópico, muito completo a nível de informação.
    Ainda há mais informação disponível que pode ser colocada, mas a essencial está aqui.
    Eu como sou suspeito, acho que é um carro lindíssimo com uma linhas únicas e futuristas, acho que o prémio que distinguiu o Ds como o mais belo de sempre é claramente ajustado, embora sendo a Citroen uma marca de pouco prestigio principalmente pelo (Portugues).
    Para terminar, quem ainda não andou num Ds, aconselho vivamente a sentir o conforto supremo deste veiculo entre outras curiosidades.
    Cumprimentos
     
  8. Bom topico é um carro que de facto merece atenção tendo em conta as diferenças de design e mecânica em comparação a outros modelos concorrentes da época e mesmo hoje continua a ser diferente já tive a felicidade de passear num DS é extremamente comfortavel mas não muito aconselhavel a pessoas de baixa estatura o que não é o meu caso :feliz: já tinha conhecimento de algumas dessas diferenças que o revelam mas sempre pensei que essa de andar com o pneu furado e não se sentir era um certo bluff de quem os tinha mas pensando bem faz sentido estando a butija inserida na roda mas os pormenores que mais me fascinam é o design e os farois direccionais um bem aja a quem os tem;)
     
  9. É um convite? :p:huh::D

    A ideia da informação é todos contribuirmos um pouco... E eu já fiz bem a minha parte... E agora passo-lhe a bola a si. :D
     
  10. ID 19 de Henri Chapron,
    Ver anexo 143866
    DS 19 "Le Paris", que se fabricou de 1958 a 1960... e apenas 9 foram feitos, dos quais poucos sobrevivem,
    Ver anexo 143862
    Este é um dos 38 "Coupé Concorde", fabricados por Chapron com base no DS, entre 1960 e 1967. O "Concorde" existiu nas versões phI (foto) e phII,
    Ver anexo 143863
    Um Cabriolet de fábrica,
    Ver anexo 143864
    Uma nave espacial :D
    Ver anexo 143865
    Intérieur de la DS 21 Prestige carburateur 1971,
    Ver anexo 143867
    Citroen DS 19 CABRIOLET interieur,
    Ver anexo 143868

    Mais fotos do DS vejam aqui e mais este aqui.

    O boca de sapo é um carro imortal em Portugal, a única vez que entrei num foi para brincar aos taxis quando era miúdo, mas este já se encontrava abandonado:(-;)
     

    Ficheiros Anexados:

  11. Alguns deste Ds's foram encarroçados pelo Famoso Henri Chapron.
     
  12. Quem sabe, vivemos perto um do outro.
    Podes me tratar por tu só um jovem. ;)
     
  13. Amigos, há em Famalicao um DS 23 que foi do Marcelo Caetano..:p
     
  14. Conheço bem essa maquina, é um luxo, muito raro devido aos extras que o carro possui, a unica coisa que nao tem é a caixa semi aut.
     
  15. A reportagem do André está excelente. Obrigado.
     
  16. É um prazer. ;)
     
  17. Participação da Citroën em rallys:
    O ID/ DS foi o primeiro automóvel a criar um verdadeiro serviço de apoio nos mínimos detalhes às máquinas e aos homens durante as competições. Desta forma ganhou quase todos os prémios da sua categoria : duas vezes o Rali de Monte Carlo (1959 e 1966), o Criterium Neve e Gelo (1960 e 1967), a Volta da Bélgica, a Prova Liége-Sofia-Liége (1961), a Marathon de La Route, a Volta da Córsega (1961, 1963), a Taça dos Alpes, o rali do Marrocos (1969), sem esquecer diversas participações brilhantes no East African Safári ou nos raides Londres-Sidney e Wembley-México. Venceu em todos os terrenos: neve, gelo, pista de terra e asfalto, pelas mãos de grandes pilotos da época.

    Monte Carlo:
    Rmc1972-039%20Citroen%20DS%2021-Romaozinho-Morais-02.jpg

    [​IMG]
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página