Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Circuito de Braga I - Campeonato Português Circuitos & ETCC - 27 e 28 Março 2010

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por Nuno Andrade, 21 Mar 2010.

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por Nuno Andrade, 21 Mar 2010.


  1. O Clube Automóvel do Minho apresentou uma das suas provas mais importantes do ano de 2010, ‐ Taça Europeia de Carros de Turismo (FIA ETCC) ‐, agendada para os dias 26 a 28 de Março, no Circuito Vasco Sameiro em Braga.

    Taça Europeia de condutores Super 2000, Taça Europeia 2000 Diesel, Taça Europeia Super Produção, Taça Europeia Super 1600 e Taça Europeia de Nações de Viaturas de Turismo, são os Troféus em disputa.

    Para além da jornada internacional, em Braga vão ainda arrancar o Campeonato Portugal de Circuitos (PTCC), Campeonato de Portugal de Clássicos 1300, Campeonato de Portugal de Clássicos, Taça Nacional de Clássicos, Campeonato de Portugal de GT – CPGT e Campeonato de Portugal de Sport Protótipos – CPSP.

    “Vão estar em Braga cerca de 20 pilotos oriundos de 12 países. A jornada irá ter ampla divulgação e só em termos televisivos vamos ter duas horas no canal Eurosport e outras tantas na RTP2. Em termos de estrutura, estamos preparados para receber cerca de dois mil convidados e dez mil espectadores”.


    Taça Europeia de Carros de Turismo - FIA Etcc:​


    Ver anexo 159767
    Ver anexo 159766


    Campeonato Português de Circuitos - Cpc Ptcc:

    Ver anexo 159769


    Campeonato Português de Gt e Sport Protótipos - Cpc Gt&Sp:

    Ver anexo 159770


    Campeonato Português Classicos de Circuitos e Classicos 1300 - Cpcc e Cpcc 1300:

    Ver anexo 159764

    Mais novidades brevemente...
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Programa

    Ver anexo 160915

    Preçário

    Sexta-feira (26/03/10)

    - Grátis​

    Sábado (27/03/10)

    - Bancada/Peão - 10 €
    - Bancada/Peão + Paddock - 30 €​

    Domingo (28/03/10)

    - Bancada/Peão - 15 €
    - Bancada/Peão + Paddock - 30 €​

    Dois dias (27 e 28/03/10)

    - Bancada/Peão - 20 €
    - Bancada/Peão + Paddock - 50 €​
     

    Ficheiros Anexados:

  3. Listas de Inscritos

    Etcc:
    [​IMG]

    Ptcc:
    [​IMG]

    Gt & Sp:
    [​IMG]

    Classicos 1300:
    [​IMG]

    Classicos:
    [​IMG]
     
  4. É para ir Nuno? E os bilhetes?
     
  5. Eu vou!!! :huh:

    Não devem ser muito caros...

    cumprimentos.
     
  6. Bem, lá vou ter que ir à santa missa!!!;):feliz:
     
  7. Já la tão...

    cumprimentos.
     
  8. Noticias


    Miguel Ferreira o objectivo é a revalidação.


    Depois da brilhante conquista do título nacional de Clássicos de Circuitos 1300 assim como da categoria H74, Miguel Ferreira volta à luta para a manutenção do ceptro, confiante nas suas possibilidades, mas consciente acerca das dificuldades que vai encontrar, já que a categoria é uma das mais competitivas da velocidade nacional.
    Não restam dúvidas de que são os Campeonatos de Clássicos Velocidade, que animam os circuitos nacionais e também não é novidade para ninguém, que a classe até 1300 cc, é a mais disputada de todas as que compõem o referido Campeonato.

    No ano passado, “foi à luta” e conquistou de forma determinada o título absoluto, aos comandos de um Ford Escort 1300 GT Broadspeed, preparado de forma magistral por Antero Pereira, à semelhança dos “1300 Broadspeed” que correram em Inglaterra nos anos 70, equipados com um fantástico motor 1300 BDH, com cabeça de 16 válvulas, debitando nada menos do que 165 cv a 9000 rpm.
    Com uma arma destas, depois de muita luta e de corridas fantásticas, decidiu que será com os mesmos “argumentos” que vai tentar a revalidação do título, no CPCC 2010…


    Fernando Soares pronto para o primeiro duelo.


    Fernando Soares vai estrear o seu novo Fiat 128 Sport nas pistas portuguesas. O piloto de RV Química, está optimista e confiante na obtenção de um bom resultados como nos descreveu “ já vi as potencialidades do carro, agora o que falta saber é como é que está o grau de desenvolvimento dos carros dos meus adversários, mas por aquilo que vi há duas semanas em Braga, penso que tenho carro suficientemente competitivo para poder lutar pelos cinco primeiros lugares, agora é óbvio que caso consiga subir ao pódio seria extraordinário, mas vamos lá ver como é que vão correr as duas corridas”. Em termos de Campeonato, segundo Fernando Soares é sem dúvida alguma um dos mais espectaculares” sem dúvida alguma, se no ano passada a luta em pista foi intensa, com muitas ultrapassagens, para este ano prevejo que ainda vá ser mais disputado, e isso foi uma das razões pela qual fui a Itália buscar o Fiat 128 Sport, pois o Mini com que corri, já não tinha qualquer chance de fazer frente aos Escorts, Alfa Romeo e Datsun 1200. Agora com o Fiat 128 Sport, a situação é diferente e tenho um carro muito competitivo que poderá fazer frente aos meus adversários.


    Veloso Amaral em recuperação.


    Muito embora o seu novo projecto, o do Clan Crusader, se encontra ainda um pouco atrasado, já a mecânica do carro essa foi absolutamente refeita. Assim, tudo fazia prever um início de época ainda ao volante do conhecido IMP da Liqui Moly acontece, porém, que o piloto de Mangualde (residente em Bucelas), foi alvo de melindrosa intervenção. Já em fase de recuperação, sofreu um acidente, o que irá prolongar ainda mais, o seu afastamento das pistas.
    Desejamos um rápido regresso a Veloso Amaral, de molde a que possa defender o título de vice-campeão dos H71, e, muito especialmente, o de vencedor da “sua” TAÇA MIL...


    Carlos Abreu confiante e optimista.


    Carlos Abreu está confiante e optimista para o Campeonato de Clássicos 1300 que vai ter o seu inicio já este fim de semana, no circuito Vasco Sameiro, em Braga, onde vai participar ao volante do seu Alfa Romeo Sprint, que aos poucos vai aumentando a sua competitividade.

    A corrida do fim de semana não se afigura nada fácil, como nos explicou o piloto de Matosinhos: “Se no ano passado, os 1300 proporcionaram as corridas mais espectaculares dos campeonatos de velocidade, para a época que começa este sábado, as perspectivas são ainda melhores, pois chegaram carros novos e os que já cá estavam foram melhorados.”

    Sobre as perspectivas para a jornada dupla do fim de semana disse-nos: “Não sei se consigo ir ao pódio, esse seria o objectivo, mas não é fácil; mas como no automobilismo tudo pode acontecer…" Espero que o meu Alfa Romeo Sprint esteja a 100% e que me permita lutar pelas posições pontuáveis para o campeonato. Logo que tiver o motor novo montado e devidamente testado as coisas podem melhorar para o meu lado, mas até lá …..”


    Pedro Fins com Lotus Elan mais competitivo.


    Depois de nos últimos meses ter sido alvo de uma profunda revisão de motor e de uma redução de peso, o Lotus Elan 26R «Giant Killer» apresenta-se em boa forma para atacar o campeonato logo desde a primeira prova.

    Pedro Fins tem como objectivo o ataque à primeira posição já em Braga “para esta nova época melhorámos significativamente o carro em algumas coisas que estavam menos bem, e após o teste que já realizámos em Braga, estamos confiantes num bom resultado. O objectivo principal é vencer a Classe 1, e tentar desde já assumir a liderança no campeonato onde no ano passado fui vice-campeão. Em termos de classificação geral, também espero poder estar mais competitivo que no ano passado, mas vamos ter de esperar pela primeira corrida para poder perceber onde me vou situar face à concorrência."


    Ribeirinho Soares na luta pela vitória.


    Depois de ter participado em algumas provas na época passada com o Porsche 934, Serafim Ribeirinho Soares está de volta, desta feita com maiores ambições para lutar pela maior numero de vitórias em cada prova, e com isso o tão almejado título. Assim o carro de Ribeirinho Soares foi alvo de uma profunda revisão nas instalações da Peres Competições, que assim vai permitir ao conhecido cirurgião estético da Artleaser, poder dar maior réplica aos seus mais directos adversários.

    Na jornada inaugural, que vai ter lugar já no próximo fim de semana no Circuito Vasco Sameiro em Braga, Ribeirinho Soares está optimista, como nos confidenciou “ desta vez o carro foi todo revisto, muitas peças foram substituídas, por isso conto com a sua grande fiabilidade, podendo assim poder dar réplica aos meus adversários, sem contratempos de maior, como aconteceu na época anterior, que sucederam uma série de percalços, que me afastaram da luta pela vitória, que só foi alcançada no Algarve Historic Festival, que foi quando tive o carro em condições e o resultado final foi a vitória.

    Continua...
     

    Ficheiros Anexados:

  9. Bem, grande trabalho!!;)
     
  10. Oh pá, há-as mais, mas tentei reunir as mais interessantes...

    A começar por esta:

    :huh::huh::huh:
     
  11. Listas de inscritos actualizadas...

    Fantásticas listas de inscritos para os clássicos, 21 inscritos para os Classicos, e 22 inscritos para os Classicos 1300.

    cumprimentos.
     
  12. Ficheiros Anexados:

  13. Belas máquinas aí passaram!


    Obrigado Nuno!
     
  14. Espero arranjar companhia para poder ir a esta corrida o meu queria ir muito ir ver os irmao gémeos do meu datsun a correr como gente grande :p
     
  15. Cpcc 1300 - Classicos 1300

    Resultados Corrida 1:

    1º Vitor Araújo - Datsun 1200 - 14v. em 21m51,230s
    2º Carlos Abreu - Alfa Romeo Sprint - a 7,663s
    3º Fernando Soares - Fiat 128S Coupé - a 12,110s
    4º Álvaro Figueira - Toyota Starlet - a 32,322s
    5º Tiago Brandão - Datsun 1200 - a 45,325s
    6º João Braga - Datsun 1200 - a 45,972s
    7º António Paquete - MG Midget - a 1m24,207s
    8º Fernando Becedas - Datsun 1200 - a 1 volta
    9º João Filipe Nogueira - Morris Mini 1275 GT - a 1 volta
    10º Renata Parente - Datsun 1200 - a 1 volta
    (...)

    Volta mais rápida: Rui Azevedo - 1m30,267s (3ª volta) ​


    Vítor Araújo acabou por ser o vencedor da primeira corrida do Campeonato de Portugal de Circuitos - Clássicos 1300, um triunfo que surge por eliminação ao longo de 14 voltas disputadas com piso seco.

    Na partida Rui Azevedo assumiu a liderança, seguido de Araújo e João Ramos, mas este ultimo acabaria por ascender à 2ª posição. Quando Araújo se reaproximou de Ramos, o Starlet deste desligou à 5ª volta e Araújo ficou sozinho no 2º posto, vendo Riu Azevedo na liderança, também ele isolado.

    Rui Azevedo viu a caixa do Ford Escort ficar encravada em 4ª velocidade à 8ª volta, sendo obrigado a rumar à box e permitindo que Vítor Araújo assumisse a liderança que manteve até ao final.

    Miguel Ferreira, no Ford Escort 1300 Gt, devido a problemas nos treinos cronometrados saiu da linha da box, fazendo uma espectacular recuperação até ao 5º lugar (?), ate desistir com problemas mecânicos.



    Resultados Corrida 2:

    1º Vitor Araújo - Datsun 1200 - 11v. em 19m49,410s
    2º Rui Azevedo - Ford Escort MKI - a 0,330s
    3º Carlos Abreu - Alfa Romeo Sprint - a 1,131s
    4º Fernando Soares - Fiat 128S Coupé - a 2,406s
    5º António Paquete - MG Midget - a 4,721s
    6º João Braga - Datsun 1200 - a 5,171
    7º José Fafaiães - Datsun 1200 - a 5,949s
    8º José Filipe Nogueira - Morris Mini 1275 GT - a 6,877s
    9º Fernando Becedas - Datsun 1200 - a 7,589s
    10º José Motas Freitas - Austin Cooper S - a 8,329s
    (...)

    Volta mais rápida: João Ramos - 1m30,702s (4ª volta) ​


    Vítor Araújo bisou o triunfo na segunda corrida do CPCC 1300, a qual acabou com a competição encurtada pela entrada do "Safety Car" nas voltas finais. O óleo deixado pelo Datsun de João Carlos Torres obrigou a este procedimento.

    Aproveitando o facto de sair da "pole", Araújo começou logo a "acomodar-se" na liderança, com Carlos Abreu e Fernando Soares a seguir-lhe o exemplo.

    A animação ainda sendo dada por Rui Azevedo que, partindo do final da grelha, passou a corrida a subir lugares. João Ramos fez um pião, desceu para o fim da grelha e também ele subiu posições até desistir à 6ª volta.

    Rui Azevedo conseguiu subir até ao 2º lugar, e só mesmo a entrada do "safety-car" poderá ter impedido que o trofense chegasse à liderança da corrida. O campeão em título, Miguel Ferreira, acabou por não alinhar na corrida devido aos problemas de motor que afectaram o seu Escort todo o fim de semana.


    Ver anexo 161586

    Ver anexo 161594
     

    Ficheiros Anexados:

  16. Cpcc - Classicos

    Resultados Corrida 1:

    1º Luís Barros - Ford Escort MKI
    2º Joaquim Jorge - Ford Escort RS - a 6,985s
    3º Carlos Filipe Santos - Porsche 911 RSR - a 18,715s
    4º Rui Alves - Ford Escotr MKI - a 47,722s
    5º Pedro Fins - Lotus Elan - a 1m08,251s
    6º Kiko Mora - Porsche 911 RSR - a 1 volta
    7º Helder Silva - BMW 323i - a 1 volta
    8º José Cunha - Ford Escort MKI - a 1 volta
    9º Rui Macedo Silva - Porsche 911 SC RS - a 2 voltas
    10º Fernando Xavier - VW Scirocco - a 2 voltas
    (...)

    Volta mais rápida: Joaquim Jorge - 1m25,036s (2ª volta)​


    Dominando de "fio a pavio", Luís Barros venceu a primeira prova do CPCC. Uma boa maneira de começar a temporada, que até deu direito a que Barros usasse a tracção traseira para dar espectáculo ao publico após o corte da linha de meta.

    Na partida Barros assumiu a liderança e não mais a largou até ao final. Joaquim Jorge assumiu logo o 2º posto e lá se manteve até ao final. Não foi importunado, mas também não importunou o líder da corrida.

    Carlos Filipe Santos fechou os lugares do pódio, mas em parte esse lugar foi possível por diversos contratempos dos adversários. Primeiro foi Ribeirinho Soares, com o motor do Porsche a falhar, abandonou. Depois foi António Nogueira que teve uma fuga de água no seu novo Ford Escort MKI. Com isto, Carlos Filipe Santos conseguiu remediar a má primeira volta que o atirou para lugares atrasados.



    Resultados Corrida 2:

    1º Luís Barros - Ford Escort MKI - 16v.em 23m19,550s
    2º Joaquim Jorge - Ford Escort MKI - a 5,443s
    3º Carlos Filipe Santos - Porsche 911 RSR - a 22,110s
    4º Kiko Mora - Porsche 911 RSR - a 1 volta
    5º Francisco Pinto - BMW 2002 - a 1 volta
    6º Rui Macedo e Silva - Porsche 911 SC RS - a 1 volta
    7º Pedro Fins - Lotus Elan - a 1 volta
    8º Jorge Guimarães - Volvo 122 - a 2 volta
    9º Hélder Silva - BMW 323 - a 2 voltas
    10º Fernando Xavier - VW Scirocco - a 2 voltas
    (...)

    Volta mais rápida: Luís Barros - 1m25,153s (4ª volta) ​


    A derradeira corrida da tarde assistiu à segunda vitória de Luis Barros no Campeonato de Portugal de Clássicos - Circuitos, e uma vez mais sem adversários a pressioná-lo directamente.

    O piloto do Ford Escort MKI partiu na frente e começou logo a criar o fosso para Joaquim Jorge que se manteve isolado na 2ª posição. Este por sua vez fez o mesmo em relação ao lugar mais baixo do pódio que foi conquistado pelo Porsche 911 RSR de Carlos Filipe Santos.

     

    Ficheiros Anexados:

  17. CPGt & Sp

    Resultados Corrida 1:

    1º GT3 - Patrick Cunha / José Carlos Ramos – Lamborghini Gallardo – 42v. em 1h02m448s
    2º GT3 - José P. Fontes / Diogo Castro Santos – Aston Martin DBRS9 – a 1m27,807s
    3º GT3 - Miguel Ferreira / Francisco Carvalho – Porsche 956 GT3 – a 1 volta
    4º SGT - Paulo Sousa / Luís Ferreira – Westfield Aeroforce – a 5 voltas
    5º GTC - João Luís – Renault Spyder – a 5 voltas
    6º C4 - Tiago Ribeiro / Luís Martins – CVO RO2 – a 11 voltas​

    A primeira corrida da temporada do novo Campeonato de Portugal de GT e Campeonato de Portugal de Sport-Protótipos revelou-se movimentada e acabou por consagrar a dupla Patrick Cunha / José Carlos Ramos como vencedores.

    A expectativa para esta primeira prova era grande, já que a grelha apresentava um conjunto de viaturas de qualidade, que prometiam uma grande partida lançada.


    Resultados Corrida 2:

    1º GT3 – José P. Fontes / Diogo C. Santos – Aston Martin DBRS9 – 42v. em1h00m40,606s
    2º GT2 – António Nogueira / António Coimbra – Porsche 911 GT2 – a 1,993s
    3º GT3 - Patrick Cunha / José Carlos Ramos – Lamborghini Gallardo – a 9,161s
    4º C4 – Tiago Ribeiro / Luís Martins – CVO RO2 – a 1 volta
    5º GTC – João Luís – Renault Spyder – a 4 voltas
    6º SGT – Paulo Sousa / Luís Ferreira – Westfield Aeroforce – a 4 voltas
    7º SGT – Steve Worrad / Miguel Boucinha – Ginetta G20 – a 5 voltas
    8º SGT – Carlos Alvarez / Carlos Rodriguez – Audi TT – a 9 voltas
    9º SGT – Pedro Pita – Caterham S3 – a 11 voltas

    Volta mais rápida: Patrick Cunha / José Carlos Ramos – 1m20,974s (2ª volta) ​

    Depois de ontem não terem conseguido aguentar a liderança, José Pedro Fontes / Diogo Castro Santos levaram desta feita a melhor na segunda corrida do Campeonato de Portugal de GT / Campeonato de Portugal de Sport-Protótipos. Apesar de tudo, foi uma corrida muito animada com diversas lutas interessantes.
     

    Ficheiros Anexados:

  18. Daqui a bocadinho estou lá batido!!!:D

    E o Datsun lá ganhou...:feliz:
     
  19. Ptcc

    Resultados Corrida 1:

    1º 4 - José Monroy – Mitsubishi Lancer Evo IX – 17v. em 24m22,741s
    2º 2 – Nuno Batista – SEAT Leon Supercopa – a 13,597s
    3º 1 – António João Silva – SEAT Leon SCLR – a 21,493s
    4º 2 – Fábio Mota – SEAT Leon Supercopa – a 36,042s
    5º 2 – Gonçalo Manahu – SEAT Leon Supercopa – a 38,450s
    6º 2 – António Costa – SEAT Leon Supercopa – a 57,716s

    Volta mais rápida – José Monroy - 1m24,632s (12ª volta) ​


    José Monroy começou o dia de Domingo com o triunfo na primeira corrida do ano no PTCC. A emoção a que se assistiu no arranque da prova, acabou por não ter continuidade ao longo das 17 voltas que se seguiram no traçado do Circuito Vasco Sameiro.


    Resultados Corrida 2:

    1º 4 - José Monroy – Mitsubishi Lancer Evo IX – 17v. em 24m23,575s
    2º 1 – António João Silva – SEAT Leon SCLR – a 12,553s
    3º 2 – Nuno Batista – SEAT Leon Supercopa – a 12,904s
    4º 2 – Monteiro da Costa – SEAT Leon Supercopa – a 45,405s
    5º 2 – Gonçalo Manahu – SEAT Leon Supercopa – a 49,044s
    6º 2 – Fábio Mota – SEAT Leon Supercopa – a 2 voltas

    Volta mais rápida – José Monroy - 1m24,278s (3ª volta)​


    Depois da prestação na primeira corrida, a vitória de José Monroy na jornada da tarde é uma coisa natural, já que só um percalço poderia retirar o triunfo ao piloto de Cascais. António João Silva e Nuno Batista desta vez inverteram as posições no pódio.

    Com as posições da grelha de partida a reflectirem a classificação da primeira corrida, mas com os lugares invertidos, José Monroy partiu da última posição. O forte poder de arranque do Mitsubishi Lancer Evo IX, graças à tracção às quatro rodas e ao sistema “launch-control”, permitiu que o vencedor da prova da manhã conseguisse chegar à liderança ao fim de 300 metros de prova, saindo do ultimo lugar da grelha.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página