Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Certidão inexistente na camara municipal

Tópico em 'Legislação' iniciado por Luís A. F. Nunes, 26 Nov 2009.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Luís A. F. Nunes, 26 Nov 2009.

  1. Boas meus caros...

    Então é o seguinte, a mim deram-me uma motorizada (Famel Foguete) e o dono disse-me que não sabia dos documentos, mas como tem matricula eu aceitei a moto.

    Fui à camara com a matricula e era para pedir uma 2ª via dos documentos, quando me informaram que eles não tinham qualquer informação da matricula...

    Como é isto possivel???

    Sera que pedindo um papel na camara em como eles perderam estes dados e indo ao IMTT eles me passam nova matricula???

    abracos e obrigado
     
  2. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    Prevejo complicações...e não são poucas.
     
  3. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    Boas
    Também me deram umas motas e o procedimento foi o seguinte.
    Agora está tudo ao encargo do Imtt e as motas passam a ter documento único.
    Primeiro tens de pedir matriculas novas mas tens de ter os documentos da mota.
    Depois de ter matriculas, vais receber uma carta para ires ao registo predial da tua zona para entregares a declaração de venda e passares a mota para teu nome.
    Sem os documentos, os antigos da câmara,nada feito.
    Se a câmara não tiver uma espécie de segunda via dos documentos originais, lamento dizer mas a coisa fica feia...
    Isto porque é preciso os documentos da mota pra fazer tudo, trocas de matricula e passar para outro dono....

    Espero ter ajudado
     
  4. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    Pois eu sei como se deve de proceder quando se tem os documentos.

    A minha questão é quando nao os tenho e quando a camara diz nao ter a certidao na base de dados... como é possivel isto acontecer???

    eles deviam de ter isso tudo na base de dados deles...


    bem nao sei bem o que fazer, mas nao queria mandar embora a minha foguete :(
     
  5. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    Boas que eu tenha conhecimento as Camaras têm a documentação toda armazenada em relação ao ciclomotores tente outra vez pedir uma segunda via e veja o que lhe vão dizer outra vez mas isso é competência da Camara a segunda via xau.
     
  6. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    Pois mas por causa dessas e de outras é que passou tudo para o imtt.
    Mas tenta outra vez, eles deveriam ter o registo disso.
     
  7. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    Tenta tirar o numero de motor caso seja o de origem ou quadro da motorizada que atraves disso na camara devem chegar ate á matricula.
     
  8. Re: Certidão enixistente na camara municipal

    entao tu sabes a matricula da mota certo?
    A matricula antiga.... se ela tiver a matricula, nem que tu agarres na mota, e levas-a la aos senhores da camara, e mostras que a mota tem matricula, e que a matricula pertence aquela camara.
    Tem de haver registos! qual é a abreviatura da matricula?
     
  9. Tive um problema parecido com a minha sach V5. Tambem nao apareciam os documentos do primeiro registo na Camara, estavam no arquivo morto diziam eles. Eu apertei, ameacei que iria meter um advogado no assunto e logo depois apareceu um uma soluçao administrativa para o caso. Eles nao querem é ter trabalho. Os registos tem de aparecer, pois queriam que eu espera-se 3 anos pela microfilmagem. Nem pensar..
    Mas para isso poder andar,quem te deu a moto é que tem de fazer o pedido, depois de obter a 2 ª via o antigo dono é que vai ao IMTT, pedir a nova matricula e só depois é que pode ir a conservatoria e passa-la para o seu nome
     
  10. Boas.... pois eu tambem penso que eles têm que ter a certidao la para o fundo de um caixote.... mas por favor é uma famel linda.... eu quero-a :)


    o comeco da matricula eé : 1-CTB, eu sei que é de castelo branco... eu sou de ca..


    abracos
     
  11. HI
    Bem em primeiro lugar a Camara não tem a certidão :)
    A Camara "passa" a certidão. Penso nem é necessária nenhuma certidão.
    Pelo menos foi o que me informaram para "legalizar a "Sachs" do meu sogro.
    O que tens de ter (ou melhor o dono da dita) é o livrete da motorizada (que antigamente era passado pela camara) .
    Historia:
    Há muitos anos a matricula tinha o formato dum coração e era escuro, mais ou menos com 8 centimetros de altura. Depois vieram as matriculas amarelas pequenas (não sei bem até quando duraram estas primeiras matriculas -penso que época de 80/90). Finalmente vieram umas outras matriculas maiores tambem em amarelo, e ainda da responsabilidade da camara municipal.
    Actualmente são enormes e tambem com fundo amarelo :):), e da responsabilidade do IMTT.
    O que grande parte das vezes sucedeu é que os donos das ditas motorizadas não substituiram as matriculas (até porque eram muito parecidas) enquanto elas eram de cor amarela.
    Com os livretes existe um problema; o primeiro tinha as capas pretas o último correspondente portanto às chapas de matricula amarela é em amarelo.
    É este livrete que tens de ter (o dono da motorizada) para poder ir ao IMTT.
    Não o tendo, pode o dono pedir uma segunda via na camara municipal, e aqui depende de como se tratar do assunto. No meu caso (do sogro) havia papeis e matricula, só que segundo a camara a motorizada nao pertencia ao meu sogro :):) (dada a confusao de matriculas amarelas). Andei pelo arquivo morto e nada; penso que nas camaras nao existem arquivistas :):), tamanha a confusão que encontrei :)
    Quando pretendi falar com o "chefe" (estava munido de fotografias) e ia disposto a fazer barulho, abriu-se uma porta e o assunto foi resolvido :):) (passaram um livrete novo); mas só ao fim de vários dias a andar para baixo e para cima.
    Moral da história passados dias o sogro encontrou os documentos antigos :)
    Com o livrete tens de ir (o dono, ou assinar e ires tu) ao IMTT e fazer um "pedido de certificado de matricula" para depois se poder ir ao "Instituto dos registos e notariado" (conservatória) para colocar em nome da pessoa fazendo um "requerimento de registo automovel".
    Deves ainda ver qual o tamanho dos pneus :):); já que no anterior livrete não consta esse dado e ele vai ser necessario no IMTT.
    Depois passa para teu nome e goza a motorizada a teu belo prazer.
    Desculpa o testamento (assim como aos outros portalistas) mas respondi o melhor que sei e se por acaso ficou alguma coisa por responder .............. pergunta :):)
    Tchau
    GB
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página