Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

carocha 6 ou 12 V

Tópico em 'Volkswagen' iniciado por Jorge Fernandes, 30 Ago 2006.

Tópico em 'Volkswagen' iniciado por Jorge Fernandes, 30 Ago 2006.

  1. Boas, gostava de saber quais as vantagens dos carochas serem de 6 ou 12 volts, e se existe possibilidade de adaptar cintos de segurança no banco de trás e onde adquiri-lo, obrigado.
     
  2. Amigo Jorge:

    Na MINHA opinião, se o seu carocha é de 6V ou 12V deve manter como original. O meu é de 6 V e não tenho problema nenhum. E compro sem problemas baterias de 6v.

    Quanto aos cintos no carocha.

    O meu é um modelo de 1961, não trazia cintos! Por isso mesmo adoro o carro! ;) E nem a PSP pode-me multar pois os carros anteriores a 1966 inclusivé, Não são obrigados por lei a usar cinto ( pode no entanto colocar...claro )

    Mas, isto de possuir um carocha pré - 66 tem as suas vantagens! ;)

    Mais não seja que os Carochas considerados " vintage " são os anteriores a 1967.
    Podem confirmar:
    www.pre67vw.co.uk

    Marco Pestana
    VW Carocha 1200cc 1961 Golf Blue
     
  3. Os cintos atras só foram obrigados a partir de 28 de Maio de 1990.
     
  4. ...Tens razão Rui Rego em relação ao cintos...

    Mas eu referia-me aos cintos principais ( da frente ) por engano.

    Os da Frente ( actualmente ) são de uso obrigatório em todos os carros produzidos a partir de 1966.

    Marco Pestana
     
  5. Sim eu sei que te referias aos da frente dado ao carro que se falava.
     
  6. Amigo Rui Rego;

    Saudações "bávaras" ;)

    M Pestana
     
  7. Saudações Amigo Marco.

    Aproveito para dizer que gosto muito da sua ilha, estive aí há uns 4 anos, e fiquei fascinado com a quantidade de classicos que vi rolar por essas estradas e todos muito bem cuidados.

    Esta questão sobre os cintos que vou referir até podia ser reportada para outro tópico, mas derivado a sequencia da conversa, a nossa legislação actual, diz que criancas até aos 12 têm de viajar em cadeiras própria e no banco de tras, se o carro não tiver cintos atras poderá viajar no banco da frente, e se o carro não tiver cintos nem à frente e nem atras como transportamos as crianças? Isto não é referido.
     
  8. Rui Rego;

    Grande e pertinente questão coloca!

    Eu com o Carocha tenho esse problema quando transporto os meus dois filhos...

    Acho que até justifica plenamente a "abertura " de um tópico sobre esse assunto...

    Quem faz as "honras da casa" ? ;)

    Mas para já digo, que a legislação no caso do clássico sem CINTOS ( à frente e atrás ) acho que é omissa.
    Significando que não existe problema de transportar crianças, no sentido de ser autuado claro!

    Quanto aos clássicos na Ilha da MAdeira, sem dúvida que temos bons clássicos! De sonho. Eu vou tento os clássicos que posso e não forçosamente SÓ os que eu queria...Mas acho que passa um pouco por todos nós! ;) Se não sonharmos com o carro x ou Y , perde-se um pouco o encanto...;))

    Temos uma , senão a melhor prova nacional de clássicos, parte integrante do campeonato FIVA " Volta à Ilha da MAdeira" e que a apartir de 2008 passará ao campeonato MUndial da especialidade.

    Para ter uma ideia basta ler as notícias sobre clássicos na Madeira:

    www.ralismadeira.com/?cat=9

    M Pstana
     
  9. Realmente tb considero a prova " Volta à Ilha da MAdeira" a melhor do campeonato nacional, aqui no algarve tb temos a "Algarve Classic Cars" que reune cerca de 150 viaturas, mas acho que nenhuma prova tem o encanto da Ilha da Madeira.
     
  10. Bom na minha opinião tudo tem a ver com o que se pretende do carro. Se a ideia é ter algo tal e qual saiu de fabrica e até ter um a chapinha de um clube qualquer, então os 6 V devem-se manter....
    Se a ideia é ter o carro tendo-o o mais original possível, mas sem os radicalismos dos puristas, então há que encarar mesmo os 12v pois tem vantagens.
    Nesta ultima opção tem de ter consciência que o "valor" do carocha não será o mesmo para os tais puristas, mas se calhar para outros terá mais... Bom, certo é que um original tem sempre um carisma diferente.

    Eu prefiro a originalidade mas há coisas que eu prefiro alterar. Por exemplo no BMW 1602 optei por colocar um volante desportivo (de época) porque ando até bastante com o carro e não gosto de conduzir com volantes grandes e fininhos (o original está guardadinho )
    Do mesmo modo, assim que possível, quero colocar cintos atrás porque a segurança para mim é importante e os miúdos soltos...preocupam-me.
    Quero também colocar cintos à frente com enroladores porque prezo muito a minha sanidade mental e cada vez que alguém se senta no carro perco muito tempo e paciência a desenrolar os cintos, a coloca-los devidamente e a dar uma lição aos penduras que em muitos casos nem sabiam que havia cintos de segurança como aqueles :D
    Pior ainda, já tenho duas valentes quincas na pintura por causa da "fivelas" a cair e a bater sempre no mesmo sitio :wacko:
     
  11. ola. Por aquilo que eu conheço, um carocha de 6v é perfeitamente utilizável , embora talvez tenha de ter um pouco mais de manutenção, pois tudo tem de andar bem afinado(motor, motor de arranque, dínamo) senão o carro pode pegar mal, etc. Contudo antigamente Fazia-se uma trafulhice interessante que consistia em pegar numa bateria de 12V daquelas pretas da tudor que tinham as ligações dos elementos por cima, e fazia-se uma de 8v anulando 2 elementos. Tinha a desvantagem que a bobine de ingnição fazia menos km, mas em contrapartida tinha muito melhor luz, pegava melhor e ate poderia ter melhor rendimento.:feliz:
     
  12. Ui...imaginem um alteração de voltagem num carro novo acabado de sair do stand o_O

    Ainda ontem me perguntaram porque raio é que eu nunca trazia ferramenta no carro, pergunta a que eu respondi : "de nada serviria, tinha era de trazer um computador e eu não gosto de informática".
     
  13. Nos carros de hoje em dia as voltagem que alimentam os diversos circuitos , vão desde os 0.4 v até ao 25.000v sem contar com as bobines de ignição. No caso dos 25.000v refiro-me às luzes xenon.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página