Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Carburadores Honda CBR 1100XX em 2002

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Rui Gaspar, 14 Mai 2008.

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Rui Gaspar, 14 Mai 2008.

  1. Boas. Ando há uns tempos para cá a tentar ganhar coragem para montar uns carburadores de uma CBR 1100XX no 2002. O problema não é a fabricação de uns colectores de admissão, mas saber afina-los. Já alguém por aqui tentou fazer o mesmo, mesmo em outro tipo de viatura?
     
  2. Penso que cheguei a ver ca um datsun 1200 com esses carburadores.

    Mais que isso não sei:o_O:
     
  3. Isso está um pouco à frente para os tugas que ainda andam a brincar com os duplos ....:laugh:
    Tenho um amigo que também anda numa de avançar com uma obra dessas mas ainda está na fase dos colectores. Como tem muitos carros para brincar e gastar dinheiro a coisa tem estado parada.
    Pela parte que me toca estou curioso em relação ao assunto :3eyes:
    Quanto às afinações... infelizmente não te posso ajudar. Acho que o melhor mesmo é passares por alguma casa de motos para te dar umas dicas.
     
  4. Isso está um pouco à frente para os tugas que ainda andam a brincar com os duplos ....:laugh:
    Tenho um amigo que também anda numa de avançar com uma obra dessas mas ainda está na fase dos colectores. Como tem muitos carros para brincar e gastar dinheiro a coisa tem estado parada.
    Pela parte que me toca estou curioso em relação ao assunto :3eyes:
    Quanto às afinações... infelizmente não te posso ajudar. Acho que o melhor mesmo é passares por alguma casa de motos para te dar umas dicas.
     
  5. Apenas um conselho caro amigo... não se meta nisso... esqueça!

    E se não acredita nesta recomendação, demonstro com cálculos...

    A CBR 1000XX tem 1 litro de cilindrada .. e a potência máxima ás 9.500rpm... e sendo aí o ponto máximo de afinação do débito de combustível (resumidamente).

    O BMW 2002 tem 2 litro de cilindrada, vai aspirar o dobro do caudal de ar... baixando para metade o regime máximo de rotação (em potência).... ou seja 4.750 rpm...

    Não me parece que 4.750 rpm seja um valor aceitável...

    Abraço,
    R
     
  6. :hmm: então como se explica que existam tantos 02 por esse mundo fora com essa solução aplicada e a funcionar bem?
    O Rui Gaspar não está a inventar nada mas sim a seguir uma receita já experimentada.
     
  7. Boas. Obrigado pela atenção de todos. Zé Carlos também vi uns carburadores de uma CBR 600 montados num Datsun 1200, para ser mais preciso foi em Aveiro. Jorge Faustino já passei por uma oficina de motos e a resposta foi a esperada, "Só mexemos em motos". Ricardo Teixeira não sou o primeiro nem vou ser o ultimo a fazer esta alteração, há 30 anos atrás eram aplicados nos Minis carburadores Amal usados nas motos. Há uns tempos vi na net um 2002 com carburadores de moto. Do meu ponto de vista o factor principal para o bom funcionamento deste tipo de carburadores reside do facto de ser criada uma depressão suficiente para haver um arrasto de gasolina, porque como todos sabem não são os carburadores que metem gasolina mas sim o movimento descendente do pistão que vai criar o vacuo necessario. Seguindo o exemplo de uns Weber DCOE 40 tal e qual como o nome indica o carburador tem um diametro interior de 40mm no entanto dentro do carburador existem venturis que restringem a passagem do ar com o proposito de aumentar a velocidade do mesmo com o fim de arrastar gasolina. Por exemplo o meu 2002 actualmente tem venturis de 33mm feitos num torneiro. Jorge Faustino partilho da sua opinião.
    Atenção que não estou aqui para dar lições a ninguém, estou apenas a pedir ajuda, e desculpem o "testamento" mas é a minha opinião, agora se vai resultar ou não isso não sei mas gostaria de ajuda de todos. Quem tiver mais alguma informação acerca do uso deste tipo de carburadores, uma ideia ou teoria, eu gostaria de que a partilha-se. Obrigado e um abraço a todos.
     
  8. Olá. No meu S800 a única coisa que não está de origem são os carburadores. Tenho os originais religiosamente guardados (bem como outro conjunto quase completo). Aplicou-se uma rampa de carburadores duma Kava 750. Resultado para já excelente. A ideia de carburadores de moto nesse Datsun 1200 partiu de uma conversa que tive com o dono do carro. Aliás, quem fez a aplicação (desde fazer colectores até á afinação final ) foi a mesma pessoa. De qualquer modo estamos a falar de carros diferentes, cilindradas diferentes, regimes de rotação diferentes etc. Penso que cada caso deverá ser estudado especificamente.

    Cumprimentos.
     
  9. Boas pessoal, tenho uma revista com um artigo sobre carburadores de moto, neste caso num pinto, e a coisa parece que resulta,mas atenção (segundo o autor)ao diametro dos carburadores,colectores de admissão e agulhas ou gigleurs?(a revista é inglesa),tem que ser tudo acertado. Não sou da opinião de esquecer até porque conheço um bmw 6 cilindros com carburadores de mota!!! mas não é para principiantes.
     
  10. Boas. Abilio Azevedo é bom ler que os carburadores funcionam. Luis Miguel Almeida se tem essa informação mesmo em inglês gostaria que me a envia-se para o meu mail rmgasp@hotmail.com seria uma grande ajuda. Por favor quando puder diga alguma coisa. Obrigado.
     
  11. Boas. Eu penso que a afinação será feita do mesmo modo que nas motas, ou seja, com 4 vacuómetros. Cumps.
     
  12. Lá está... se forem aplicados os carburadores de uma 600 que tem um limite de rotação perto das 12.000 rpm, num datsun 1200.. ficará com uma potência de pico de cerca de 6.000 rpm.. o que é ideal....

    Em relação á afinação, basta ter um pouco de paciência, sensibilidade e experiência. Ás vezes os vacuómetros enganam... Eu sempre utilizei o ouvido e muita paciência..

    Falo por mim, que já afinei dezenas e dezenas de carburadores multiplos.. desde Hondas S800, campeões no Nacional de Classicos Velocidade, Aston Martin's, Toyotas Celicas, Ax Sport, 205 Rallyes.... etc etc etc...

    O problema vai residir sempre nas calibrações... e para o trabalho que dá.. sempre fica mais linear e eficaz os DCOE...
     
  13. Lá está... se forem aplicados os carburadores de uma 600 com limite de rotação perto das 12.000 rpm, num datsun 1200.. ficará com uma potência de pico de cerca de 6.000 rpm.. o que é ideal....

    Em relação á afinação, basta ter um pouco de paciência, sensibilidade e experiência. Ás vezes os vacuómetros enganam...

    Falo por mim, que já afinei dezenas e dezenas de carburadores multiplos.. desde Hondas S800, campeões no Nacional de Classicos Velocidade, Aston Martin's, Toyotas Celicas, Ax Sport, 205 Rallyes.... etc etc etc...

    O problema vai residir sempre nas calibrações... e para o trabalho que dá.. sempre fica mais linear e eficaz os DCOE...
     
  14. Boas. Caro amigo Ricardo não percebi a divisão do limite de rotação de uma moto em dois tornando-se assim ideal. Como eu já disse atrás do meu ponto de vista e corrijam-me se estiver errado o que interesa é que o fluxo de ar tenha uma velocidade suficiente para ter capacidade de "sugar" gasolina e encher os cilindros com a mistura ar/gasolina. Essa velocidade do ar que passa dentro do carburador e que puxa a gasolina é criada como já disse antes por um venturi que restrinje a entrada de ar. No entanto estou aberto a sugestões, ideias, teorias que possam ajudar. Obrigado a todos.
     
  15. A divisão do limite de rotação é facil. Por cada volta do motor do datsun, consome a cilindrada 1200cc de ar.. ou seja 300cc por cada cilindro em cada rotação...

    A CBR 600 gasta por cada rotação 600cc de ar.. e por cada cilindro 150cc.. metade do datsun..

    Assim o fluxo de ar que passa por cada carburador é o dobro no datsun, ficando "estragulado" a metade da rotação... (assumindo que os engenheiros da Honda dimensionaram correctamente a alimentação dos seus motores)

    CBR : 150cc x 12.000 rpm = 1 800 000 cc/minuto
    Dastun 1200 : 1 800 000 cc/minuto : 300cc = 6.000 rpm

    Se consultar os catálogos das motas em questão, as CBR600 tem o limite ás 12.000 e a XX tem ás 9,500 rpm...
     
  16. Boas. Ricardo Teixeira seguindo a sua formula e aplicando-a a este caso especifico a CBR 1100XX gasta por cada rotação 1137cc de ar ou seja cada cilindro 284,25cc de ar por rotação fazendo 9500rpm minuto ou seja 284,25cc x 9500 = 2700375cc por minuto , no caso do BMW 2002 gasta por rotação 1990cc ou seja cada cilindro 497,5cc de ar por rotação, ora seguindo a sua formula será 2700375 / 497,5 = 5427rpm.
    O 2002 produz a sua potencia maxima as 5500 rpm.
     
  17. O Datsun 1200 que o pessoal fala foi meu e fui o Sr. Armando Modesto em Aveiro que os montou e afinou e não se fez tantas contas agora com uma preparação algo modesta e os carburadores da CBR 600 ficou uma máquina lá isso ficou.
    Aqui fica uma foto da Máquina
     

    Ficheiros Anexados:

  18. Era este que eu falavaB)

    Meta la umas fotos do motor:D
     
  19. Lindo :notworthy::notworthy:
     
  20. A pedido de várias familias cá vão as fotos
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página