Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Bristol único em Portugal - A Descoberta ...

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Marco Pestana, 9 Jul 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Marco Pestana, 9 Jul 2008.

  1. Amigos;

    Isto de facto tem sido só novidades...

    Na mesma garagem/Oficina de restauro ( chapa e mecânica ) descobri um Bristol já nos trabalhos finais do seu restauro, e disserm-me que será único no nosso país...

    Trouxe-o um Inglês que reside na Madeira, a uns anos, e por cá ficou. Um Madeirense coleccionador de clássicos comprou-o e decidiu dar-lhe um " ar" de como se estivesse no " stand"..E é Azul...

    Disse-lhe que é o melhor dos clássicos nascidos no Reino Unido, pois têm um motor de origem BMW! ;))) Pudera! ;))))

    Tentarei outro dia mais fotos...


    Só pra aguçar a imaginação , na mesma garagem/oficina algures na cidade do Funchal, encontrei um Healey em restauro total de chapa e no "espeto", um Mercedes "Pagode" ; um Jaguar type-E, um MG A só para acerto dos SU´s...

    E um Scalino à porta verde ( hehhee ) um outro Scalino vermelho ( que coloquei fotos na " Festa Italiana " na Madeira o ano passado ) e um outro Bertone GTV 2000 branco a ultimar pormenores...

    Bem fiquei nas nuvens...;)
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Ainda dizem que a Ilha é pequena :huh:

    Por acaso essa oficina não fica no inicio de uma rua inclinada em frente a uma Escola particular?? :huh::huh:
     
  3. Se ao lado é uma escola, devo dizer que desconheço...:rolleyes
     
  4. Acho que é o modelo BRISTOL 401
     
  5. The Bristol 401 saloon and Bristol 402 cabriolet are British luxury sporting cars, produced by the Bristol Aeroplane Co. (whose car division would later become Bristol Cars) between 1948 and 1950. They were the successors to the initial Bristol 400.
    Although mechanically the 401 and 402 used an improved version of the BMW engine used in the 400, the styling was a huge advance on the pre-war bodies of that first Bristol model. It was inspired by the Milanese designer, Carrozzeria Touring, and its most notable feature was that the door handles were not exposed and to open the doors the owner pressed a button into a groove in the door. The body also was more spacious than the 400 and was a full five-seater.
    At the front the 401 and 402 were also quite distinctive with their headlights moved quite a distance into the centre of the body on either side of the narrow grille, which resembled BMW a little less than did the 400. They were also deeply curved at the front: this, along with the then-unique door handle arrangement, is believed to give the 401 a drag coefficient of less than Cd 0.36 — competitive even by today's standards and remarkable for the time.
    The engine was the same 2 litre in-line six cylinder petrol unit of the 400, but was upgraded through improved Solex carburettors to increase power by 5 bhp (3.7 kW) to 85 bhp (63 kW), which improved the performance further beyond what was achieved by the aerodynamics.
    The suspension is independent at the front using a transverse leaf spring and wishbones and the rigid axle at the rear uses torsion bars. Steering is by rack and pinion. The brakes are Lockheed hydraulic with 11 in (279 mm) inch drums all round.
    Although the 401's production figure of 611 is still the largest of any Bristol model, the 402 is regarded as one of the rarest classics among cars of its day. In a recent survey, 13 of the 23 produced could be accounted for.
    A saloon tested by The Motor magazine in 1952 had a top speed of 97.3 mph (156.6 km/h) and could accelerate from 0-60 mph (97 km/h) in 15.1 seconds. A fuel consumption of 20.8 miles per imperial gallon (13.6 L/100 km/17.3 mpg US) was recorded. The test car cost £3532 including taxes. [1]
     
  6. como este...
     

    Ficheiros Anexados:

  7. Alguém conhece outro na sua zona?
     
  8. Peço-vos o favor de fotografarem, caso haja um outro igual algures no país...

    Ok?

    Obrigado
     
  9. Algum colega encontrou "outro" Bristol igual ???:D:D

    Seria um verdadeiro achado.:oo
     
  10. é bastante provavel que seja o unico na Madeira, por acaso ai ha carro interessantes classicos e novo, um carro engraçado que vi foi um taxi novo C55 AMG e ate me disseram que havia um Volvo 780 Bertone igual ao meu na madeira mas isso desconfio
     
  11. O Bristol ( o modelo referido )pela informação que tenho é ÚNICO em Portugal.

    Sim, existe uma carrinha Mercedes AMG...Pelo menos uma existe, já me cruzei com ela.

    Pelo menos havia um VOLVO Bertone , que tinha pertencido a um árabe. Esteve muito tempo à venda, salvo erro na Topos&Clássicos, opnde referiam que até areia ainda tinha do deserto ( Kuwait, ou algo assim...). Esse VOLVO, salvo erro estava na freguesia do Caniço, Concelho de Santa Cruz.

    É um VOLVO 262C V6 BERTONE - 1979 de Miguel Câmara

    Pode vÊ-lo aqui:

    http://doidosporclassicos.com/detalhegaleria1.asp?IDRegisto=93


    Reconstruído entre 1998 e 1999. Modelo Limitado feito por encomenda para Abdul Aziz Al Ali Al Mutawa, País Kuwait, caderneta A.I.T. Alliance International de Tourisme Nº 248154 original Árabe/Francesa, com registo de entrada dos serviços de fronteira do Iraque em minha posse. É um dos 6622 exemplares fabricados entre 1977 e 1981, facturado pela Volvo Suécia a 13-02-1979. Dos 6622, cerca de 75% foram exportados para os Estados Unidos, estando os restantes 25% espalhados pelo resto do mundo. Todo original graças ao Srº Mark Ferris da VOLVO Suécia que me ajudou incansavelmente facilitando todas as informações – pudessem muitas outras marcas ter pessoas tão prestáveis... Foi adquirido com 2 cilindros desligados e uma série de sarilhos eléctricos, pintura queimada e areia até dizer chega, tendo contado com "2 Anos de pendura no Srº Mark Ferris e outros entusiastas" para a conclusão do restauro. Foi registado em meu nome com livrete português (único dono), tendo agora cerca de 92.000 Km percorridos e motor nunca aberto até esta data (UPSSS, dá azar dizer isto...). Extras de Origem - Retrovisores eléctricos, estofos electricamente aquecidos, direcção assistida, suspensão regulável por motor hidráulico, travões de disco às 4 rodas, caixa automática, interior em cabedal beige. Tenho pena de não dedicar mais tempo a este carro...
    [​IMG]



    Registo Nº 93Volvo 262C V6 Bertone - 1979
    [​IMG]

    Dados do Proprietário


    NomeMiguel Câmara[​IMG] Localidade Telefone(s) Homepage


    Dados do Veículo


    MatrículaNotasReconstruído entre 1998 e 1999. Modelo Limitado feito por encomenda para Abdul Aziz Al Ali Al Mutawa, País Kuwait, caderneta A.I.T. Alliance International de Tourisme Nº 248154 original Árabe/Francesa, com registo de entrada dos serviços de fronteira do Iraque em minha posse. É um dos 6622 exemplares fabricados entre 1977 e 1981, facturado pela Volvo Suécia a 13-02-1979. Dos 6622, cerca de 75% foram exportados para os Estados Unidos, estando os restantes 25% espalhados pelo resto do mundo. Todo original graças ao Srº Mark Ferris da VOLVO Suécia que me ajudou incansavelmente facilitando todas as informações – pudessem muitas outras marcas ter pessoas tão prestáveis... Foi adquirido com 2 cilindros desligados e uma série de sarilhos eléctricos, pintura queimada e areia até dizer chega, tendo contado com "2 Anos de pendura no Srº Mark Ferris e outros entusiastas" para a conclusão do restauro. Foi registado em meu nome com livrete português (único dono), tendo agora cerca de 92.000 Km percorridos e motor nunca aberto até esta data (UPSSS, dá azar dizer isto...). Extras de Origem - Retrovisores eléctricos, estofos electricamente aquecidos, direcção assistida, suspensão regulável por motor hidráulico, travões de disco às 4 rodas, caixa automática, interior em cabedal beige. Tenho pena de não dedicar mais tempo a este carro...
    [​IMG]





    Caro Cardoso;

    Pode deixar de desconfiar...;))))​
     
  12. Já me dizia o meu querido Avô:

    Não há como VER para acreditar...:D:D

    Caro Cardoso;

    É caso para dizer, que o seu Volvo será " único " em Braga...;)))

    Abraço e Parabéns pelo raro Volvo. Edição especial sem dúvida.
     
  13. Este Bristol tem um sistema de abertura de portas muito interessante.

    Carregando num ponto próprio a porta "salta" , movida por uma molas no seu interior...
     
  14. A oficina onde está o carro fica no principio do caminho do comboio :huh:
     
  15. K exagero a enfase que deu a minha palavra "desconfiar" pelos visto não perdi a razão de facto há um 262 na madeira mas um 780 não :p eu vi logo aqui no continente que eu conheça há 7
     
  16. ahh e 262 isso ha mtos um amigo meu de Almada tem 7 importou varios de Inglaterra Espanha e França
     
  17. Yep, esse é apenas um dos muitos detalhes que tornam um Bristol um carro àparte. A inspiração veio da aeronáutica, dado que a Bristol só começou a produzir carros com o antecessor modelo 400 e antes disso era já uma empresa com muitas décadas na indústria das aeronaves, produzindo mesmo uma boa quota-parte dos bombardeiros ingleses da II Guerra Mundial.

    Diz-se também que este sistema de fechaduras é muito difícil mesmo de arrombar.

    Outra curiosidade, o motor Bristol desta época é uma réplica quase directa do motor BMW do pré-guerra, tal como foi usado nos famosos 327 e 328. A Bristol apoderou-se dos desenhos e vário material da BMW como reposição de danos de guerra e ficou com o direito de produção. Até ao 407 foi sempre o motor de escolha, e foi mesmo cedido a várias outras empresas como a AC, por exemplo, que o usou nos Ace e Aceca.

    Um abraço a todos!
     
  18. Alguém descobriu outro igual?

    Abraço
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página