Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Bayerische Motoren Werke

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Jorge Aguiar, 29 Abr 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Jorge Aguiar, 29 Abr 2008.

  1. A BMW AG (abreviatura de Bayerische Motoren Werke, em português: Fábrica de Motores da Baviera) é uma empresa alemã, fabricante de automóveis e motociclos. Foi fundada por Karl Friedrich Rapp com o intuito de produzir motores de avião, mas após a Segunda Guerra Mundial, altura em que chegou a produzir motociclos, a BMW dedicou-se à fabricação de automóveis.

    O seu símbolo, uma "rodela" preenchida a branco e azul, é uma alusão à bandeira da Baviera onde a marca está sediada, juntamente com a imagem da ilusão de uma hélice a rolar.

    A BMW hoje é dona também das marcas Mini e Rolls-Royce e anteriormente também da Land-Rover - o actual Range Rover foi desenvolvido em grande parte pela marca germânica. Hoje a Land-Rover pertence ao grupo TATA.

    É interessante salientar que a de acordo com uma pesquisa feita com 67.000 oficinas mecânicas e reparadoras de autos dos Estados Unidos, a BMW é considerado a terceira marca automotiva que menos visita as oficinas, em segundo lugar é a Honda e primeiro lugar a Toyota. A sua maior concorrente Mercedes Benz, ficou em quinto lugar.

    O nome dados aos modelos dos carros da BMW segue um padrão, que indica, em três dígitos, o modelo do carro e sua motorização. Assim, temos como exemplo o BMW 325, que indica um carro da série 3, com motorização 2.5 Litros de cilindrada. Em alguns casos, o número não indica com fidelidade a motorização do modelo, podendo variar. A regra geral, porém, é de que a cilindrada do veículo é maior quanto maior for esse número. Para as demais séries, como a Z e a X, a empresa adotou outro padrão, sem nenhuma relação com a motorização...

    Modelos

    * BMW 316 — (1974-presente) 316i
    * BMW E85 — (2003–presente) Z4
    * BMW E86 - (2006-presente) Z4 Coupe
    * BMW E87 — (2004–presente) Série 1
    * BMW E90 — (2005–presente) Série 3
    * BMW E91 — (2005–presente) Série 3 Touring/Sports Wagon
    * BMW E92 — (2006–presente) Série 3 Coupe
    * BMW E93 — (2007-presente) Série 3 Conversível
    * BMW F10 — (2009) Série 5
    * BMW F01 — (2009) Série 7
    * BMW F02 — (2009) Série 7 longa
    * BMW M5 - Série 5 motorsport
    * BMW M3 GTR E46
    * BMW M3 E92
    * BMW M6
     

    Ficheiros Anexados:

  2. O jorge passou-se.....história da BMW ?!!!!!!!


    Então e uma história sobre as 4l ?
     
  3. 1º- Nomes pessoais sempre com letra maiúscula.
    2º - Já me passei há muito tempo:huh:
    3º- Já existe historia sobre a 4L aqui no fórum. Procura...:D:D
     
  4. A BMW teve muitos mais modelos...Antes de optarem pela designação "interna" de EXX...

    Por exemplo:

    E10
    E21
    E30

    O que designas por "316" ou o "316i" serão os E30? ;)))

    Pois o E30 existe desde o 316-325 passando pelos E30 M3 ( sem contar com séries de preparadores externos, mas oficiais BMW )

    E começou em 1966 com o BMW 1600-2...

    Depois em 1975 com o E21
    E em 1983 com o E30
    E em 1992 com o E36...

    Etc etc..

    Abraço
     
  5. Belo artigo Jorge,obrigado
     
  6. Amigo Marco, eu sou um autentico leigo;)
    Esta pesquisa foi feita na Wikipédia (copy+paste), portanto é natural que não esteja completa. Por isso se quiseres acrescentar/complementar faz favor :feliz:
    A gerência agradece :D:D
     
  7. Texto retirado da wiki do portal

    A história da BMW Motorsport

    M, a letra mais desportiva

    A divisão da BMW celebra seus 30 anos com uma versão do M3 que recupera a sigla CSL, com a qual a Motorsport começou sua história nos anos 70. Uma sigla que, como a M tricolor, chegou para simbolizar potência e velocidade

    1972
    A divisão desportiva da BMW, baptizada como Motorsport, inicia sua produção com uma equipe de 35 funcionários. A direcção fica para Jochen Neerpasch, antigo piloto de testes da Porsche e director desportivo da Ford.

    1973
    A BMW Motorsport desenvolve seus primeiros modelos de competição: um BMW 2002 de 240 cv para rali e o histórico 3.0 CSL, que significa "Coupé Sport Light", ou seja, Coupé leve desportivo, com 1 092 kg de peso e um motor 6 cilindros de 360 cv. O BMW 3.0 CSL ganhou o campeonato europeu de turismo no seu ano de estreia. No total, foram seis campeonatos consecutivos, entre 1973 e 1979.

    1974
    A empresa realiza as primeiras preparações de automóveis de rua, o série 5 (530, 533i e 535i) são identificados com o famoso "M". A versão de competição desse ano do 3.0 CSL incorpora um dos primeiros protótipos do sistema anti bloqueio de rodas (ABS).

    1976
    A Motorsport coloca na pista a versão de turismo mais potente da BMW, uma versão com motor 3.2 biturbo do CSL com mais de 750 cv.

    1978
    É lançado no mercado o primeiro automóvel com a letra M. O BMW M1 é um carro completamente novo, desenhado por Giugiaro, com motor central e apenas 1,14 m de altura. A versão de rua tinha 227 cv e a de competição 470 cv.

    1980
    A Motorsport desenvolve um motor turbo para o Campeonato Mundial de F1 com 800 cv de potência. É lançada a primeira versão M de um modelo de rua, o BMW M535i, com 218 cv de potência.

    1983
    Nelson Piquet ganha o Campeonato Mundial de F1 ao volante de um Brabham com motor BMW Motorsport.

    1984
    BMW Motorsport lança duas novas versões de rua, ambas com o motor 6 cilindros desenvolvido para o M1. Por um lado o Coupé M635CSi, feito sobre o Série 6, e a primeira geração do M5, com 286 cv.

    1986
    A divisão concentra suas actividades desportivas nas competições de turismo. O resultado é o M3, concebido desde o início para as pistas, ainda que fabricado também para as ruas.

    1987
    O BMW M3 ganha o Campeonato Mundial de Turismo, o único realizado. Nos anos seguintes, o modelo vence os campeonatos europeus, alemão (DTM) e todo tipo de competição. O M3 se transformou no maior campeão de turismo de toda a história. A versão de rua do M3 também foi um êxito, com mais de 17 000 unidades vendidas.

    1988
    É lançada no mercado a segunda geração do M5, com mecânica 6 cilindros em linha e 315 cv de potência, que mais tarde foi aumentado para 340 cv. Como novidade, o M5 recebe uma versão perua.

    1992
    Chega a segunda versão do M3, com um estilo muito mais discreto. O modelo é oferecido nas versões Coupé, cabrio e uma edição especial, mais desportiva, denominada M3 GT, com 295 cv.

    1993
    A BMW Motorsport muda oficialmente o nome para BMW M.

    1995
    Novidades nas versões de rua do M3: mais potência, 321 cv e câmbio manual de 6 marchas.

    1996
    A BMW M lança o câmbio sequencial para o M3. O sistema permite trocar de marchas por meio de botões situados no volante. Um motor V12 fabricado pela BMW é montado em um automóvel McLaren que vence as 24 horas de Le Mans.

    1997
    Dois novos automóveis M de rua são lançados. Trata-se do M Roadster e o Coupé, baseados no Z3. Compartilham o motor de 321 cv do M3.

    1998
    Chega a terceira geração do M5. Seu exterior é elegante e discreto, mas em baixo do capot encontramos um novo motor de 8 cilindros e 400 cv. Um BMW 320d da equipe oficial Motorsport ganha as 24 horas de Nürburgring. É o primeiro automóvel diesel a ganhar uma corrida deste nível.

    1999
    A companhia volta a vencer as 24 de Le Mans, desta vez com um veículo completo, o BMW V12 LM.

    2000
    Acontece o lançamento da terceira geração do M3, com carroçarias de desenho mais desportivo, 343 cv de potência, câmbio sequencial de 6 velocidades e freios de composto de alto desempenho.

    2002
    A empresa ressuscita, 30 anos depois, a sigla CSL para uma versão especial do M3. O modelo incorpora uma carroçarias composta de materiais mais leves, o que diminui o peso final em 125 kg. Além disso, o motor foi repotenciado para 355 cv.
     
  8. Informação retirada do tópico logotipos das marcas, criado pelo Francisco Lemos

    BMW

    A empresa foi constituída em 1913 e tinha sede em Munique, Baviera, Alemanha. Começou como fabricante de motores de aviões. O logo constituído por quatro quadrantes da cor branca e azul alterna é uma respresentação estilizada de uma hélice de avião que gira de encontro ao céu azul desobstruído. O logo representa uma lâmina branca da hélice de encontro a um céu azul. Reflecte as origens de BMW como um fabricante dos motores de avião militar durante 1ª Grande Guerra.O redondel do símbolo da BMW é o girar da élice do avião e o azul representa o céu.Também, o branco e o azul são as cores tradicionais do Baviera.
    O Simbolo da BMW deriva dos motores aero militares da Luftwafe construídos em Werke Bayerishe Motoren. Os planos desses motores foram guardados durante os bombardeamentos às fábricas que agora existem pelos Aliados.Na 2ª foto pode ver-se o logo da BMW em 1916.

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página