Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

As tecnologias que estão a moldar os carros do futuro (Artigo do Jornal de Negócios)

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por António Vieira Rodrigues, 6 Abr 2015.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por António Vieira Rodrigues, 6 Abr 2015.

  1. Na edição de hoje do Jornal de Negócios foi publicado um artigo sobre "as tecnologias que estão a moldar os carros do futuro", que partilho convosco.

    No primeiro parágrafo, é dito que as novas tecnologias estão a tornar a experiência de condução mais segura, mais inteligente e mais divertida. Em termos globais, será mais segura pela diminuição nos acidentes. Também poderá ser mais inteligente, embora isso dependa da perspectiva (porque parecemos caminhar para uma situação em que até alguém totalmente desprovido de inteligência pode conduzir um carro), mas mais divertida não é certamente...

    qOsjYmQ.jpg

    aNjXwDE.jpg

    Abraço,

    António
     
  2. Com aquilo que vejo nas estradas todos os dias, cada vez sou mais a favor que muita gente passe a ter carros que se conduzem sozinhos... de certeza que a inteligência de quem conduz vai ser maior. Quem não gosta não devia poder conduzir.

    O resto, a mim não me diz nada... só ando de clássicos.
     
  3. A minha opinião é muito semelhante à do Relvas.
    De facto seria muito bom que muita gente fosse conduzida por um carro inteligente que soubesse claramente as regras de trânsito.
    diversão.... Bom... As vezes conduzo carros com todas às protecções e mais alguma, e quando ultrapasso um carro numa curva (com visibilidade) e sei que posso acelerar porque ele vai fugir e que o sistema vai compensar imediatamente, quando volto a minha faixa, sinto que fiz batota e nem tenho tanto prazer assim.
    Sonho imediatamente em fazer a mesma coisa num GTAM. Lol
    Isso sim, era à homem!!! Lol
     
    nuno granja gostou disto.
  4. Só acrescento "mas mais divertida não é certamente..." do post original


    nuno granja
     
    João Luís Soares gostou disto.
  5. Na semana passada estive de férias e conduzi vários carros modernos de pessoas amigas (Ford S-Max 2.0 TDCi, Ford Fiesta Mk5 com o combustível certo, BMW E46 320D). As estradas por onde andei são excelentes (zona do Tua) e nenhuma das sensações chegou sequer perto de fazer a mesma estrada com o Peugeot 306 1.4 cá de casa. Detesto sentir que a electrónica faz tanto por mim que eu nem sequer sinto que estou a conduzir a sério...
    Que saudades que tive do Panda... Tenho de voltar lá com ele e depois com o 1500!
     
    nuno granja gostou disto.
  6. O dono do UNO que levei para restauro, tem um A3 "mazoute" recente mas na cidade só usa o Uno e uma Vespa antiga que também foi a sua primeira mota.

    Não é um petrolhead (bem pelo menos não era...) mas acha o Uno e a Vespa muitissimo divertidos.

    nuno granja
     
  7. Fiquei confuso com este post. Que electrónica é que um Fiesta MK5 tem que um 306 não tem?
     
    Abílio Teixeira Gomes gostou disto.
  8. Quanto ao tópico em si é uma situação conhecida. Quem for jovem e gostar de andar de clássico deverá temer a proibição de circulação de veículos não-autónomos na via pública. Prevejo que dentro de 40-50 anos será essa a realidade. Guiar passará a ser um passatempo a fazer em recinto privado próprio para o efeito (por exemplo uma pista) e carros não-desportivos se já pouco interesse têm, passarão a não ter mesmo nenhum. Agora vou ali comprar umas acções da Caterham...
     
    Abílio Teixeira Gomes gostou disto.
  9. Eu é que fiquei confuso agora. Onde é que eu comparei as electrónicas dos 2 carros? Falei das sensações de ambos e depois disse que a electrónica me tira feeling. E, por causa disso, comparei com o Panda.

    Mas já agora, dentro da minha ignorância, suponho que haja diferenças electrónicas entre um Peugeot 306 de 1998 e um Fiesta Mk5 de 2007. São 10 anos de evolução...
     
    Abílio Teixeira Gomes gostou disto.
  10. Leia por favor o seu post novamente. Disse que o Fiesta Mk5 não dava o gozo do 306 e que não gostava da electrónica dos modernos. Isto não faz sentido porque um Fiesta Mk5 tem tanta electrónica quanto o 306 a nível de condução.
     
  11. Eu sei o que escrevi. Não escrevi para ser interpretado. Escrevi para ser lido.

    Não disse que não gostava da electrónica dos modernos. De facto não gosto, mas isso disse agora. No tal comentário eu só disse: "Detesto sentir que a electrónica faz tanto por mim que eu nem sequer sinto que estou a conduzir a sério..."

    No Fiesta consigo curvar muito rápido. No 306 também. Mas no Fiesta tenho muito menos sensação de controlo e de divertimento do que tenho no 306.
    Se o feeling tem a ver ou não com mais ou menos electrónica, quero lá saber. Detesto electrónica nos carros e detesto falta de feeling. São coisas diferentes. Mas por vezes coincidem no mesmo carro.

    Voltando ao tópico...
    Não gostei de conduzir o Fiesta de 2007 naquela estrada. A direcção é demasiado directa e leve, não se sente o carro a "agarrar" as curvas, não me deu prazer.
    Adorei fazer a estrada com o 306 de 1998 porque aquele eixo traseiro é maravilhoso, porque a direcção permite sentir a estrada, porque sinto que eu é que o faço curvar e porque me deu gozo.
    Posso?
     
    #11 João Luís Soares, 8 Abr 2015
    Última edição: 8 Abr 2015
    Abílio Teixeira Gomes gostou disto.
  12. Não se zanguem!!!!

    Tenho uns MiniMetros (acho que sem electrónica......porra têm relógio digital) que dão muito gozo conduzir nas estradas sinuosas.

    Quando quiserem, é só dizer he he he

    Abraços
     
  13. Também gosto muito dos Mini Metro, principalmente dos MG (que saudades), sem dúvida que dão muito gozo conduzir em estradas sinuosas e a electrónica está só nas nossas mãos se não contarmos com o distribuidor e... o relógio. :)
     
    #13 António M. Vieira e Sousa, 8 Abr 2015
    Última edição: 8 Abr 2015
  14. Pois... mas eu tenho o Panda, que nem relógio tem!
     
    João P Silva gostou disto.
  15. Felizmente já experimentei muita coisa, alguns ao lado outros a conduzir, se os enumerasse muitos não acreditavam! :p

    No outro dia fiz um exercício giro! Andava nesse fim-de-semana com um Mégane RS na altura e actualmente ainda um dos tracção à frente mais eficaz. Estacionei o Renault ao fim do segundo deposito nesse dia e fui fazer o mesmo percurso com o meu Fiat 128, cheguei a casa arrepiado que se notava na pele. Se me dissessem há alguns anos isso gozava com a pessoa, ria-me. Há coisas que não se explicam, a sensação mecânica o sentir que se me descuidar não há ESP milagroso, o som, o calor a entrar por o habitáculo do carro, ruídos, o levantar do capot, o bloquear das 4 rodas e claro que na equação entra a ligação que tenho ao carro. :)

    No outro dia fiz umas voltas com um M5 no Algarve e fazia powerslides com uma descontracção brutal. Contei a muita gente não para me gabar, apenas a explicar que o carro está feito para qualquer um achar que é um prodígio na condução. Também só experimentando, achei piada quando o director da Autohoje dizia a propósito do M3, que se fosse avaliado a capacidade de fazer drifts nos exames de condução 90% das pessoas passavam.

    A segurança acima de tudo, as pessoas cada vez mais se deslocam entre dois pontos e tudo o resto é secundário.
     
  16. Dai que quando lemos algumas coisas de carros novos nem lhes liguemos grande coisa, qualquer algoritmo mega hiper espectacular faz de nós os pilotos que nunca fomos nem seremos;)

    Mas à muita gente que adora sentir-se o Mcrae do Algoritmo!
     
  17. Por isso ando de 4L diariamente LOL

    Aqui nos States agora e o Wifi no carro , ate a volvo tem um special , free Wifi por um ano : )

    Antonio
     
    nuno granja gostou disto.

  18. O distribuidor tem electrónica?
     
  19. Os meus têm electrónica na ignição, e o conta-rotações do Spider também é electrónico.

    O resto é orgulhosamente mecânico. A Familiare nem sequer tem servo-freio... e não faz falta nenhuma!

    E um dia destes ainda vou arranjar um mais primitivo...
     
    antonioconceicao e nuno granja gostaram disto.
  20. Um conselho de amigo,

    Andem nos carros que pelo caminho que as coisas levam, corremos o risco de vir a ser tratados como fumadores, embora a forma como os franceses resolveram o problema da ecotaxa me dê alguma esperança.

    Cada km feito, já cá canta e ninguem me tira ;) ;) ;)


    nuno granja
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página