Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Ano De Matricula

Tópico em 'Legislação' iniciado por nunoE30, 25 Set 2013.

Tópico em 'Legislação' iniciado por nunoE30, 25 Set 2013.

  1. Oa a todos meu nome e Nuno Vaz
    Sou novo aqui no forum e tenho uma pergunta a fazer a alguem que saiba eu estou para legalizar um bmw e30 de 1989 e gostaria de saber se e possivem , e agora se calhar vou dizer uma grande asneira , recuperar uma matricula do ano de contrucao do carro ou seja uma do ano de 1989 tudo isto depois da legalizacao claro
    Eu ja ouvi dizer que sim mas.....se alguem souber que diga alguma coisa

    obrigado
     
  2. Bem-vindo ao portal dos clássicos.

    Antes demais pedia-lhe que substituísse o seu nickname para o seu nome verdadeiro "Nuno Vaz", já que vai contra as regras do portal.

    Quanto à dúvida, já ouvi dizer que era possível, mas como tudo se paga cá em Portugal, é bem natural que tenha de pagar para que consiga. No entanto o melhor é mesmo passa por uma loja do imtt e informar-se acerca do assunto.

    Um abraço
     
  3. Caro amigo,

    Antes de mais, bem vindo ao Portal.

    Quanto à sua questão, está a trazer o carro do estrangeiro? É que essa manobra vai-lhe sair dispendiosa, tanto na legalização como nas consequências... passo a explicar:

    - Em Portugal, neste momento, o IUC é cobrado em função do ano da matrícula nacional. Se o carro vier de fora, a idade do mesmo é irrelevante pois conta a idade para efeitos de taxação a partir da data de registo nacional, ou seja, para efeitos de IUC é como se fosse novo no momento em que é matriculado;

    - Se quiser pedir uma matrícula de época, é possível, mas fazer a troca custa mais de 300€. Além disso, a matrícula é re-datada no momento da atribuição ao veículo, por isso também não reduz nada no imposto... é só mais uma despesa.

    Postas todas estas despesas, e se ainda não se comprometeu com nenhum carro estrangeiro, o que eu lhe sugeria era comprar antes um nacional... não há cá falta de E30's, e alguns bastante bons.

    Um abraço!
     
    Rafael S Marques gostou disto.
  4. POIS MAS O MODELO QUE EU TENHO EM VISTA E 1 BMW PROVENIENTE DE FRANCA UM 325I CABRIO A 1800EUROS E ESSE MODELO CA EM PORUGAL NAO SE ARRANJA POR MENOS DE 7000EUROS E MUITO DINHEIRO EU ANDO A VER AS VARIAS POSSIBILIDADES E ENTAO DEPOIS LOGO VEJO O QUE FACO
    OBRIGADO
     
    Moises Trovisqueira gostou disto.
  5. Faça as contas entre a viagem para o ir buscar, impostos, etc, etc. No final, o valor nao devera fugir muito dos tais 7000 euros. E o IUC vai ser uma chatice...
     
  6. Um e30 325i cabrio em bom/óptimo estado pode ascender a 12.000euros perfeitamente com tendência de subida constante nos próximos anos!

    Quanto à matrícula, se tiver mais de 30 anos (que não tem) consegue-se fugir a essas contrariedades de IUC..
     
    Rafael S Marques gostou disto.
  7. Hugo, se for importado não foge... a não ser com muito jeitinho e grandes cunhas.

    Um E30 dificilmente se safa destas chatices, mas importar um agora é mesmo atirar-se à boca do lobo, porque um nacional já está num escalão baixinho e paga selo, não IUC. Um carro dessa cilindrada e emissões importado agora (fica com uma matrícula nova) deve dar uma anuidade perfeitamente exorbitante. Olha o exemplo do meu Spider, que com a bronca da matrícula (felizmente resolvida esta semana!), com os seus modestos 1438 cm3, e 251 g/km dava uma anuidade de 320 e tal euros...

    Isto sem falar que se o carro lá fora vale 1800€, de certeza que também não está perfeito nem perto disso. Mais vale um nacional, todos os dias, mesmo que o custo inicial seja elevado.

    Um abraço a todos!
     
    Camacho Cêrcas gostou disto.
  8. Isto.
     
  9. Concordo com vocês!

    Outro contra... a venda de uma viatura dessas!

    Vai perder dinheiro varias vezes...

    A primeira vez é quando depois de legalizado poderá ficar até mais caro que um nacional; a segunda vez é quando paga os impostos de circulação caríssimos, que após meia duzia de anos já davam para comprar um nacional; a terceira vez a perder dinheiro é quando o quiser vender, que para compensar o elevado imposto circulação, tem que aliciar os compradores com um preço bastante inferior aos nacionais.

    À uns anos atrás tive a mesma ideia com um mx5 suiço, impecável, baratinho, mas cheguei à conclusão que nem dado o queria.
     
    Rafael S Marques gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página