Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Alteração das caracteristicas de motor

Tópico em 'Legislação' iniciado por Miguel7702, 5 Nov 2015.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Miguel7702, 5 Nov 2015.

  1. Boa tarde,

    sou novo aqui no fórum e tenho uma dúvida relativa a alterações das caracteristicas de um motor.

    Possuo um e30 320i e queria aumentar a cilindrada dos 1990CC para os 2500CC, e queria que ficasse registado no documento único, isto é exequivel em termos de legislação?

    Que documentação teria de apresentar?

    Obrigado
     
  2. @Miguel7702, antes de participar deves apresentar-te aqui e deves alterar o teu nome para o teu nome verdadeiro.

    Apesar disto tudo o que precisas saber podes ler aqui. A maior dificuldade poderá ser conseguir a aprovação da marca pois a maior parte torce o nariz a alterações de pneumáticos quanto mais de motores. Poderão implicar com muita coisa nomeadamente o facto do aumento de potência precisar de ser acompanhado pelo aumento do desempenho do sistema de travagem.

    Em suma, nestas situações não vejo grande sentido na alteração pois se o motor for o mesmo, apenas com a devida alteração de cilindrada, dificilmente alguém numa fiscalização vai ser capaz de detetar sem abrir o motor, algo que não acontece em nenhuma fiscalização. Poupa mas é o dinheiro dos impressos e inspeções B.

    Além disso mesmo que a alteração conste do livrete, na minha opinião, isso só desvaloriza o carro, porque para todos os efeitos saiu da fábrica um 320i e não um 325i pelo que terás sempre um 320i de livrete.

    Se for por motivos de xuning esquece tudo o que escrevi ;)
     
  3. Boas Hugo,

    efectivamente, seria Xuning de marca, pois queria evoluir o meu e30 para um Alpina com as devidas alterações a nivel de motor, escape, suspensões e estéticas, um bocadinho de cada vez!
    E como já tenho de mexer no motor, mexia já da maneira correcta e passava logo para papel as alterações.

    Obrigado
     
  4. Se a ideia é fazer uma réplica do Alpina acho que o desafio vai ser homologar todas as alterações que sejam facilmente detetáveis sejam estéticas ou mecânicas, mas isso também depende do quão fiel queres que o projeto seja.

    Pessoalmente não dou qualquer valor às réplicas, acho que são boas maneiras de queimar notas e ao final do dia ficar com menos carro do que se tinha porque nem é o original nem é o que a réplica pretende representar, nem uma coisa nem outra. Mas isto é puramente opinião pessoal.

    Se a transformação for apenas estética ainda vá que não vá, se fizeres as coisas bem deixas tudo em condições de reverter e se um dia quiseres desfazer-te do carro não só podes optar por devolver o estado original e apelar aos potenciais compradores que desejam um E30 320i ou manter tudo e apelar a quem gosta de réplicas (ainda que apenas pela estética) e procura um E30 Alpina.

    O E30 já é um modelo fantástico e esse motor nem deve ser dos piores, se não estás satisfeito porque não procuras um 323i ou um 325i? Um clássico só tem valor de clássico pelo quão original se encontra, é isso que os verdadeiros apreciadores dos modelos procuram originalidade até ao pormenor e hoje em dia cada vez se dá mais valor aos carros por restaurar, mesmo que estejam em piores condições que os restaurados, a patina é importante e quando se fazem restauros extensivos onde se vai até ao osso e volta a montar tudo, essa patina vai-se e o carro perde um certo je ne sais quoi.

    E há aqui uma questão com alguma relevância, esse carro deve estar a pagar os €32 de IUC tabelados para 2015 se fores pedir a homologação do motor 2500cc não haverá o risco de acontecer o que acontece com as novas matrículas e passar a ser taxado ao ano da modificação ao invés do ano da matrícula? É que nesse caso passavas para os €140!! Mas aqui só investigando um pouco mais.
     
    Miguel7702 gostou disto.
  5. Obrigado pelas dicas, vou pensar um pouco mais neste projecto e procurar um 325i (Cabrio como o meu não há 323i) e ver o que consigo fazer.

    Obrigado
     
  6. Ainda que não sejam comuns devido aos consumos a gasolina, de vez em quando aparecem esses modelos por aí. Boa sorte ;)
     
  7. O carro é de facto incrivel, adoro o som do motor 6 cilindros, apenas queria um pouco mais resposta, mas sem perder o que já tanto gosto... por isso um 325i ou uma evolução para Alpina :)
     
  8. Tenho um amigo que tem interesse neste tópico.

    Entre outras dúvidas, a que o preocupa mais é se ao fazer esta alteração vai continuar sem pagar IUC anual ou se ficará a pagar o IUC anualmente pelo valor atual.

    Alguém sabe esclarecer esta situação?
     
  9. Às vezes convém "atalhar" caminho..

    Quantos escorts 1100 ou 1300 não andam aí com o 1600 crossflow, que só quem esteja muito atento os distingue?

    E minis?

    E.. a lista podia continuar, e continuar...

    Não são ambos 6 cilindros? É disfarçar a coisa, ou... vender esse e comprar um 325i!
    Mexer nesses documentos a errado, a vários níveis. Mas é só a minha opinião. .
     
  10. Oh caramba!

    Ambos são iguais... é swap directo e nem sequer é distinguivel a olho nu!
    Se acha o 2.0 curto é só trocar por um 2.5 e já está...
     
    HugoSilva e miguelcristovao gostaram disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página