Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Alfasud Sprint 1.5 Veloce - 1982

Tópico em 'Alfa Romeo' iniciado por Miguel Gomes Dinis, 8 Mai 2007.

Tópico em 'Alfa Romeo' iniciado por Miguel Gomes Dinis, 8 Mai 2007.

  1. Ora vivam caros confrades de velharias.
    Para os mais antigos nestas lides a apresentação não será mais que uma revista de memória, para os outros, uma nova apresentação de facto.

    Chamo-me Miguel Dinis, 26 anos, arquitecto de profissão, entusiasta de clássicos por convicção, e...alfista por devoção.
    Por isso mesmo e a juntar ao imberbe 147, avizinha-se o dia que anseio desde que o adquiri em abril de 2004 - a conclusão dos trabalhos de restauro do meu sudsprint, que não fossem as indefinições do acaso, diria que é já no próximo sábado, mas assim sendo, prefiro crer que seja antes do próximo domingo.
    Três anos volvidos, foram-se as rugas e as maleitas de devota senhora em contido estertor, vêem-se as alegrias e dias prosaicos, da mesma senhora disposta e esbelta em cartel.
    Bonita e idosa, porém jovial e e recomposta, apresta-se ao seu regresso, e meu desejo, pelo que compilarei logo que possível o histórico e fotografias reunidas durante o processo de cura.
    Da cura enferma, à cura de tempo, à prima donna me retrato, por eu, cogitavel e imprudente lhe ter vaticinado sucessivamente um regresso tantas vezes adiados. Hélas...coisas da vida, da minha e da dela, que adiaram este regresso e reencontro que brindaremos, concerteza nos próximos dias.

    Como ansião tomado de tempo, também la vechia sudsprint escolhe adereços para nova saida. Neste caso escolho-os eu que visto seu traje engalanado e me detenho em pormenores de reparo e conjuntura.

    Depois de durante e mesmo antes do restauro, todos termos aquele período tão gratificante quanto por vezes angustiante da busca de peças. creio ter sido bem sucedido, no alcance das mesmas, umas vezes com maior, outras com menor dificuldade. Todavia hoje, em vésperas de conclusões e de finalmentes, eis que algo faltou e passo a ilustrar.

    Como se vê na foto (desculpas ao dono do belo exemplar que não o meu porém idêntico, também ele grigio nisida), marcado com setas tenho em falta 3 remates plásticos dos frisos raspadores dos vidros do lado esquerdo e 2 remates em plástico do friso que encima a embaladeira.

    Creio apesar de tudo não ter esgotado a possibilidade de encontrar estes remates - de friso e de restauro - uma vez que a justsuds ou mesmo o Álvaro de Pombal ficaram de ver a coisa, no entanto se alguém as tiver, levará a honra de baptizar com champanhe em casco a prima donna :feliz:
    Da mesma e recíproca forma me disponho, se alguém necessitar de alguma peça que conste do meu stock de sobra, terei o maior gosto em ajudar, mormente o Vitor, que me ofertou o porta chaves que albergará as ditas, isto ainda antes do início do meu restauro, iniciado sensivelmente ao mesmo tempo do seu belissimo rosso alfa que creio também estar perto do baptismo de estrada.

    Um abraço, e cá voltarei para dar seguimento ao tópico.
    Miguel Dinis
     

    Ficheiros Anexados:

    • SS.jpg
      SS.jpg
      Tamanho:
      76.2 KB
      Visitas:
      135
  2. Bem vindo
    Cá ficamos ansiosos pelas fotos do restauro. Boa sorte para a procura das peças em falta.

    Luis
     
  3. Seja bem vindo!;)
     
  4. Belissima ............ parabens e esperamos pelas fotos;)
     
  5. Miguel, antes de mais deixa-me demonstrar a minha alegria pelo teu regresso. Já tinha saudades destes belíssimos textos que há muito nos tinham deixado.

    Esclareço, para os mais novatos, que o Miguel Dinis é um profundo apaixonado não só da marca de Milão, mas também pela marca do cavallino. Se falarmos do seu design e respectivos "arquitectos" estamos na presença de um mestre. Participou activamente no anterior fórum do Portal dos Clássicos.

    Quanto ao frisos: vou manter-me atento... infelizmente o tempo para procurar peças têm sido muito curto (O Sérgio e o Pedro Tiago devem estar a chamar-me nomes...) mas sei onde estão 2 ou 3 Sprints em estado de sucata. Prometo averiguar só não me posso comprometer com datas.

    Um abraço,
    Vitor Dinis Reis
     
  6. Grato a todos, em especial ao Vitor que com grato prazer reencontro.
    De bom grado trocaria a cor grigio nisida do meu novel transalpino, pelo rosso alfa ou pelo bianco capodimonte, mas, originalidade oblige e Grigio terá as vestes.
    Todavia e apesar do cumprimento integral pelo que deve orientar-se um restauro, la vechia signora vai buscar um pormenor que lhe é anterior, ou seja, as alavancas dos vidros dianteiros (critério estético e de enquadramento...são mais bonitas que as seguintes que obedeciam a critérios de economia de escala). Já cá voltarei para ilustrar as diferenças. (descansem os puristas que os originais repousarão como linda inês posta em sossego)
    Uma questão para futuro próximo. Alguém já homologou algum dos seus clássicos no CPAA? Quais as diligências a tomar neste sentido, para além do estrito cumprimento normativo dos regulamentos FIVA?
    Vitor, alguma peça em falta? Posso ajudar de alguma forma?

    Um abraço
    Miguel Dinis
     
  7. A verdade é que o "crime" das alavancas é mais do foro psicológico do proprietário do que um atentado à originalidade do modelo (e não da unidade!).

    A nossa querida Alfa passava por tempos complicados, ainda hoje não sabemos quantos Sprint Veloce Balocco's foram construidos. Os Sprint Grand Prix Franceses eram diferentes dos Alemãos e se falarmos nos Sprint Veloce Sul-Africanos ou Australianos... não conhecemos a missa pela metade :rolleyes

    Com estas nuvens chegamos aos manípulos de abertura dos vidros: vi carros de 81 com qualquer um dos dois tipos de manípulos (tipo Sprint e tipo Alfetta GTV). Procurei saber em que altura do ano a fábrica teria começado a equipar os segundos. Fiquei baralhado quando conheci um espanhol com um carro de Nov/81 a jurar-me que sempre teve os "tipo Sprint". Ele havia comprado o carro novo!
    Mais baralhado fiquei quando conheci carros de 82 com esses mesmos acessórios, sabendo que algumas unidades de Março de 81 já traziam os novos (tipo Alfetta).
    Conclusão possível: montavam os que estavam à mão! O mesmo se aplica aos comutadores de luzes, embora em menor escala. Considero que qualquer um dos dois tipos têm de ser considerado correcto!

    Um dado curioso: a versão plástica é mais rara que a cromada!


    Obrigado pela disponibilidade com as peças. Neste momente apenas procuro a tal tampa do rádio e os cintros traseiros com a respectiva caixa de protecção.
     
  8. Eis uma pesquisa curiosa.
    Aquilo que me parece, e não sei ainda de que números de chassis estão compreendidos, uma vez que só tenho a lista de produção no livro do fusi até 1972, e no livro do tabuchi estes dados estão omissos, é que os novos manípulos juntamente com os novos comutadores e centro do volante, charmosamente descentrado até inícios de 81,
    passaram a equipar os sprint na passagem de 81 para 82, sendo que poderão haver resquícios de alguma unidades discrepantes que podem coresponder a sobras de stock.
    Quanto aos manípulos propriamente ditos, é mais um factor de incoerência tão habitual na alfa romeo, na forma como introduz novos equipamentos ou introduz liftings nos seus carros. Na verdade, a alfa não sabe fazer restylings precisamente porque lança produtos acabados, isto é, o melhor desenho que um alfa pode ter, é mesmo o primeiro que sai da fábrica. (Excepções confirmam a regra, no caso do 164 super na era moderna, ou mais interessante nas carrocerias de época que qual costureiro de haute cuture, eram interpretadas de formas diferentes, como as derivações 6c 1500 sport no final da década de 20, com a interpretação Zagato sempre mais exótica e excêntrica, a Touring mais elegante, e a Castagna mais requintada...enfim, cortemos o devaneio)
    Se atentarmos bem, estes manípulos são esteticamente coerentes com os manípulos dos vidros traseiros, tendo a mesma linguagem estética, cromatica e temporal.
    Nos manípulos 82 em diante que equiparam não apenas os alfetta GTV segunda série ( o alfetta sofreu da mesma síndroma, que o sprint veio assumir em 83...plastificou-se, de certa forma encorpou-se e emancipou-se, mas perdeu charme, alguns pormenores que lhe eram intrínsecos...e perdeu ainda o original tablier central com conta rotações em frente ao volante...Ganhou o V6 Busso, se calhar compensou tudo o resto), mas também posteriormente os Giulietta Nuova (ainda que com plástico em lugar da chapa metálica), a coerência na linguagem do desenho escapa-se, por obediência a critérios de economia de escala.
    Como este outros pequenos pormenores. Resumindo, e para concluir o que vai longo e desconexo, o meu número de chassis contém os manípulos "quadrados", que historicamente lhe competem. Todavia quando Giugiaro o desenhou, não pensou neles, mas noutros que o equiparam até 82, sendo que o "apendice" dos manípulos traseiros o confirma. Melhor decisão?...a que mais convier a espíritos inquietos e desassossegados, que para uma plataforma de sossego observativo me impelem a guardar os originais bem limpos e conservados e instalar os que para lá foram pensados e melhor ficam. Scusate FIVA...

    Um abraço
    Miguel Dinis
     
  9. E pronto. Estao oficialmente encerrados os trabalhos de restauro. Estou absolutamente encantado, ficou divino. Ficaram a faltar as ditas peças que rematam os frisos, as quais já estão encomendadas, bem como a tampa da caixa dos fusíveis que se partiu e vou procurar por uma juntamente com as palas que estavam rasgadas e algo deterioradas. Posto isto e arranjando estes 2 elementos em falta, está pronto paara a inspecção e seguro. Neste momento repousa na garagem, com uma capa permeavel e muito leve a protege-lo. Estou ansioso por o conduzir...
    Fotos lamentavelmente só de telemóvel e talvez no fim de semana.
    Posteriormente...homologação no CPAA. Alguém tem conhecimento mais aprofundado das diligências a tomar?

    Um abraço
    Miguel Dinis
     
  10. Parabéns caro Dinis pelo restauro do Sprint Veloce!

    Essa cor fica-lhe muito bem!

    O meu "Ivory" tem mais um "irmão" ! :D :D

    saudações "Sprintinianas";)
     
  11. Pois é caros amigos, inspecção final, metalização das porcas da jantes (destoavam depois das jantes terem ido a braga), desencravar a bicha do conta km e um bombito na roda de trás.
    Fica a faltar só mesmo isto:

    - Palas traseiras (Não estão más, mas também não estão perfeitas, gostaria de um par em excelente estado)
    - Tampa de caixa dos fusíveis (transparente)
    - Manivela do macaco original (aqui é mais fácil é igual ao 33 não será complicado)
    - Ferrinho que faz rosca da chave de velas (do kit de ferramentas original composto por chave de velas, chave de rodas, e chave de parafusos, só me falta o dito ferrinho)
    - Borrachas que rematam os frisos raspadores da porta e do vidro de trás do lado direito. Podem ver-se na foto que já expus neste tópico. Pensei ter arranjado mas já começo a ter dúvidas.
    - Centros das rodas - Tenho um jogo mas gostava de ter outro para spares.

    Posto isto está pronto a conhecer a rua.
    Alguém com disponibilidade destas peças?

    Um abraço
    Miguel Dinis
     
  12. Vou tentar arranjar-te a tampa dos fusíveisB)
     
  13. Seria ouro sobre azul caro amigo Francisco.
    É das coisa sque mais dificuldade tenho tido na minha prospecção.
    Aguardo então por novas, e dos demais relativamente às restantes peças.
    (O bertoricambi já não vende centros de rodas para o sudsprint:wacko: )

    Um abraço
    Miguel Dinis
     
  14. Tenta este para as peças que te faltam: Phillippe ( mando-te o nº por PM)B)
     
  15. O phillipe jourdain, já o conheço, obrigadíssimo.
    Provavelmente só me arranja os centros das rodas...ficam a faltar os topos plásticos dos frisos, as palas, a tampa da caixa dos fusíveis, e o braço do macaco.
    Nos entretantos já descobri outro berbicacho para resolver.
    O velocimetro e conta km estão mortos. A bicha do conta km está boa e o cabo ligado o que significa que vou te rque ir à caixa de velocidades ver o engate...grande pincel.

    Um abraço
    Miguel Dinis
     
  16. Miguel, finalmente está pronto!

    Só falta agora fazer o prometido encontro de Sprints!
     
  17. Pode ser em fátima no centro do pais.
     
  18. Caro DINIS,

    Parabéns pelo bom trabalho no restauro do Alfasud Sprint Veloce.;)

    Muito trabalho, pelo que vej na foto.

    E fotos da máquina?

    cump.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página