Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Ajuda no restauro Dodge

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Fabio F Ribeiro, 22 Ago 2011.

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Fabio F Ribeiro, 22 Ago 2011.

  1. Boas amigos,
    Após 2 anos a espera de atenção está quase a chegar a hora de começar a tratar do D24C. Tenho uma pessoa interessada que ficou de vir vê-lo até ao fim do mês se não for vendido vou finalmente começar a bricolagem.
    Estou a pensar em fazer um restauro um pouco diferente do habitual, pois não quero desmontar o carro todo de uma vez. Pretendo retirar uma determinada peça trata-la ao pormenor, fotografar o antes e o depois e encaixota-la. E ao fim quando estiver o carro todo tratado começar a montagem do mesmo.
    Por questões de puro prazer quero fazer o maximo possivel pelas minhas mãos, mas para isso vou precisar da vossa ajuda pois tenho muitas duvidas. E a primeira delas é como expor essas dúvidas, devo criar um tópico para cada dúvida ou expor todas nesse primeiro tópico?
    O que acham da idéia de encaixotar o carro? Sei que torna-se um trabalho mais lento mas para mim não é problema pois não tenho a minima pressa em restaura-lo quero sim um trabalho bem feito com bons materiais e o mais original possivel.
    Aguardo os vossos comentários
    Um abraço
    Fábio
     
  2. Penso que o melhor é abrir um tópico para o restauro completo. Vai expondo as duvidas conforme forem aparecendo, pois só assim se pode ver a sequência dos trabalhos.
    Não sei se esse processo dá resultado. Pode acontecer que uma peça em falta demore a aparecer ou a chegar e o restauro fica parado. Mas o amigo é que sabe.
     
  3. Expor todas as dúvidas num tópico apenas, até por questão de organização caro Fábio. Eu concordo com a ideia de encaixotar eu mesmo estou a fazer por esse procedimento, assim obtens resultados satisfatórios que te dão mais vontade de começares um novo trabalhos noutra peça. Além disso por vezes se desmontares o carro inteiro depois quando tiveres a montar podes não saber de onde são certas peças, e isso de certa forma prejudica... Eu para mim acho que é o melhor procedimento não podes é fazer tudo com pressa as coisas têm de ficar bem feitas =)

    Abraço e já agora meta fotos da máquina para a gente ver
     
  4. Fabio, a minha dica:
    1- Um topico para o restauro. Sera a modos de uma pasta de arquivo e consulta nao e?
    2- Desmontar, reparar e guardar. E optima ideia, apenas com um senao: Ha material que depois de aberto da embalagem e colocado no lugar, começa a deteriorar-se, por Expl. as borrachas. Neste caso, tratar tudo, mas so faz a montagem quando for colocar no carro.
    3- Atençao a corrosao que vai atacar algumas peças depois de lavadas e tratadas.

    Por agora e o que me ocorre de dicas, espero que lhe sejam uteis.
    desculpem nao ter pontuaçao, mas nao cosigo coloca-la, deve ser do programa.
    ao dispor, Francisco Ribeiro
     
  5. O carro já é conhecido aqui no fórum, pois esteve algum tempo na secção MERCADO. Mas de qualquer forma fica uma foto do BICHO no dia em que fui busca-lo à zona do Cadaval. Depois adiciono outras fotos contando a tragetoria do carro até aos dias de hoje.
     

    Ficheiros Anexados:

  6. Força no restauro!


    Se o foste buscar ao Cadaval só pode ter sido por influencia do Sérgio..:huh:
     
  7. Não, nesses tipos de negócios não gosto de sofrer influencias, nem pedir opniões. Acho que a escolha de um "Velhinho" é um acto pessoal e privado.
    Antes de comprar o Dodge estive para comprar um Datsun 260z por influência de amigos. Tive o negócio quase fechado mas depois mudei de idéias pois o Datsun é um carro que apesar de apreciar muito não me faz disparar o coração os meus carros de eleição são os americanos. Além disso só vim a ter conhecimento da existencia MKV e consequentemente conheci o Sérgio passado 1 ano de ter comprado o Dodge.
    Abração
     
  8. Boas amigos,

    Vou começar a expor as minhas dúvidas que concerteza muitos amigos aqui do fórum também devem ter.
    A primeira delas é referente ao tratamento a dar as peças como suportes, componentes do motor, partes da suspensão etc antes de serem pintados.
    Tenho ouvido falar em diversas formas de fazer, mas queria saber qual a melhor. Muitos aconselham usar um bom primario, outros aplicar directamente Hammerit, outros metalização o que aconselham?
    Já agora tenho ouvido falar em vários tipos de tratamento dentro das metalizações nomeadamente zincagem, electrozincagem, galvanização etc. Qual é o melhor? E quem faz isso (bem feito) na zona norte?
    Alguém conhece as tintas Hempel? Na publicidade da marca dissem que é usada em barcos e plataformas petróliferas. Não seria uma boa opção?
    :huh::huh::huh:
     
  9. Belo exemplar americano.

    Normalmente toda a gente opta por metalização e depois pintura ou zincagem.
    Relativamente à tinta se é utilizada em plataformas petrolíferas ou barcos, então a partida é poderá ser boa para carros.

    Abraço
     
  10. Algumas tintas poderão ser boas para tratar\proteger mas não devem ter o brilho o aspecto e a beleza da tinta própria para carros . Um conhecido meu, que infelizmente já não está entre nós, pintou um atrelado para carros com tinta marítima. Ficou bem protegido, mas ficou feio, baço e não estava lizo, mas naquele caso serviu e bem.
     
  11. Faz como entenderes :D
    Eu, se fosse hoje não tinha mandado "metalizar" o meu Vauxhall.
    Para tratares esse carro tem em atenção o estado dos paineis ......
    Se lhes colocas jacto de areia em cima o mais natural é desaparecerem (eu sei que são rijos :D)
    E também digo que na falta de melhor sou adepto do jacto de areia ...... Mas penso que devemos actuar conforme o que temos pela frente .....
    O meu vauxhall foi duas vezes ao jacto de areia; por isso já podes imaginar ...
    Primeiro foi arranjado de chapa ...... depois jacto de areia e metalização; depois batechapas para reparar o que o jacto de areia "descobriu" (não "estragou/empenou" nada) e volta novamente ao jacto de areia e metalização para limpar o trabalho do batechapas e .................................. finalmente pintura.
    E não estava muito podre ...........
    Depois o pintor é que deve ser PROFISSIONAL, em caso contrário pode dar cabo de todo o trabalho feito; e ......... só se vai notar daqui a uns anos ...
    Bom trabalho nesse restauro
     
  12. Você usou esse processo para o carro todo ou só para chapa?
    Pois eu para agora não estou pensando na chapa queria pintar somente peças da parte mecanica nomeadamente: Filtro de ar, alternador, molas, alguns suportes etc.
    Já decidi que não vou usar jato de areia em nada vou limpar tudo usando escovas de arame para a rebarbadora e máquina de furar.
    A duvida é mesmo qual o melhor tipo de tratamento para esse tipo de material.
    Eu já tinha pintado o motor de arranque com tinta para alta temperatura (sei que não era necessario) e até ficou com bom aspecto. Foi uma tinta em spray que comprei na Norauto que ao fim de pintar temos que por a peça no forno para "cozer" a tinta. O problema dessa tinta é que para peças grandes não tenho onde por a cozer e não sei como vai se portar ao longo do tempo.
    Por isso queria saber qual a melhor solução para ficar um trabalho bem acabado e duradouro.
    Um grande abraço
     
  13. Podes ver na minha garagem no jacto de areia. Depois passou à secção ao lado e foi "metalizado".
    Faltam as portas (todas) e guarda lamas; foi tudo na segunda leva.
    No resto não tenho intenções de "metalizar" mais nada. O mais natural é mandar "zincar" algumas peças. Mas motor de arranque e dínamo vão levar jacto de areia no exterior (depois de desmontado) e depois tinta.
    Os tubos do óleo travões (em material parecido com cobre) depois de limpos verniz transparente.
    Para "cozer" peças então o melhor seria "lacar" as mesmas; só que depende das ditas.
    Esse carro é relativamente fácil de restaurar, porque na generalidade todos os componentes podem ser "reparados". Pode é ser dispendioso se for feito numa oficina .......... e quanto a peças "maiores" o melhor é procurar no ebay ou um amigo nos states ...
    Bom trabalho ........
    GB
     
  14. Caro Fabio:
    Penso poder ajuda-lo no restauro do seu DODGE.
    Entre em contacto comigo para o nº 912663648
    Cumprimentos
    M.P.Roque
     
  15. Boas: Algum dos membros tem se for possivel o contacto do FABIO F RIBEIRO?

    Cumprimentos

    M.P.Roque
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página