Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Aditivos podem ser úteis ou supérfluos

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Joao Cunha, 17 Jan 2008.

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Joao Cunha, 17 Jan 2008.

  1. O tema aditivos divide os especialistas em duas correntes.
    Uma, favorável, garante que toda aditivação aos líquidos do motor, do combustível ao óleo lubrificante, é bem-vinda para evitar corrosão, acúmulo de resíduos, prolongar a vida útil do óleo ou proteger o motor. A outra, contrária aos aditivos, afirma que se deve apenas seguir as especificações do fabricante do automóvel, dispensando outros produtos.

    No caso do óleo, a evolução dos lubrificantes tornou supérflua a aditivação, pois os novos lubrificantes são extensamente aditivados para suprir as necessidades de proteção do motor. Há até quem alerte para o risco de um aditivo não se compatibilizar com as propriedades do óleo, reduzindo a proteção. Na dúvida, melhor optar por um bom lubrificante e deixar o aditivo de fora.

    Aditivos de octanagem (octane boosters) são recomendados a motores de alta taxa de compressão, como opção ao uso de gasolina Premium -- que é superior à comum e à aditivada exatamente pela mais alta octanagem. Motores convencionais, de carros produzidos no Brasil ou Mercosul, não devem apresentar nenhum benefício que justifique o custo da aditivação.
    motor-duratec-2500-m.jpg

    Finalmente, os aditivos de limpeza para o combustível efetuam o mesmo trabalho da gasolina aditivada dos postos: evita a formação de resíduos da combustão e limpa gradualmente os resíduos que já existirem. Trata-se apenas de escolher entre as duas formas -- o importante é esgotar o que houver de gasolina aditivada no tanque, através de alguns abastecimentos com a comum, antes de passar a usar o aditivo externo.
    Já sabem quando meterem um aditivo tem aqui uma explicação.:D
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Obrigado pela partilha de informação!;)

    Isso dos aditivos de limpeza do combustível tem a ver com limpa injectores ou tratamento de gasolina/gasóleo??
     
  3. Ficheiros Anexados:

  4. Sei de colegas e amigos meus que usaram e não querem mais saber disso :wacko:um partiu o compressor e outro de repente começou a gastar oleo , deixou de usar voltou á normalidade!!! Coincidências ???? sim? ou não? não sei! talvez, no meu de certeza que não uso! pastilhas ? só quando estou doente , e mesmo assim..............
     
  5. e aditivo substituinte do chumbo? deve ou não usar-se nos nossos clássicos?
     
  6. O melhor é ficarem pelo aditivo normal para a gasolina sem chumbo com que abastecem os vossos carros.

    Se puderem encontrar gasolina já aditivada, melhor.
     
  7. Eu já coloquei 2 pastilhas no meu, não notei grande coisa, mas depois deste testemunho, o melhor será mesmo parar! Obrigado pela info.
     
  8. Apesar do mecanico ter dito para usar gasolina sem chumbo 95 sem aditivo de chumbo, eu meto 98 mais o aditivo...

    Já andei com gasolina sem chumbo 95 e não notei qualquer diferença, mas prefiro não arriscar...agora se é util ou supérfulo? Eu penso ser util...
     
  9. O Aditivo do Chumbo é outra coisa....
    Este exemplo que dei é aditivo para incrementar as Octanas/Potência...
     
  10. okapa ;)
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página