Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

A palermice de restaurar veículos!

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Mike Silva, 20 Nov 2008.

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Mike Silva, 20 Nov 2008.

  1. Restaurar veículos!

    A actividade que nos rouba tempo familiar,social e laboral, e que nos obriga a ficar fechados horas a fio a levar chuveiros de ferrugem deitados debaixo de um monte de ferros a pingar óleo.

    Uma actividade, que exige um esposa compreensiva, ou no mínimo uma que nos impeça de sequer entrar em casa sem que nos lavemos á porta num alguidar com Skip e nos limpemos numa toalha velha, que irá para o lixo passados segundos.

    Só nós e os santinhos é que sabemos,porque decidimos passar os fins de semana de volta de blocos de motor e de massa de juntas, enquanto o vizinho " do Mercedes" vai para a praia ou para o cinema. Isto significa,que o comum dos mortais terá ainda mais dificuldade em perceber porque isto se passa, e apressa-se a classificar-nos lá no escritório como " o gajo que arranja carros velhos".

    Regressamos a casa, com a nossa moral afectada por realmente, e em ultima análise, apenas sermos " um gajo que arranja carros velhos". Valerá a pena? Será que a modesta Vespa,ainda dentro de caixotes ou o ferrugento Mini não estarão a roubar-nos tempo precioso que poderiamos utilizar na perseguição de outros ideais ?

    O objectivo desta conversa toda, afinal, é o seguinte: "Arranjar carros velhos", como o palerma do escritório diz, é afinal uma das mais sociais ,interessantes e reconfortantes experiencias que um indivíduo pode experimentar.

    Graças a uma simples "motoreta" ( Designação perjorativa de outro palerma), que trouxe para Inglaterra, faltando praticamente tudo o que podem imaginar,desde motor a documentos, evolui de uma situação de desalento e de frustração, para uma de plena realização de objectivos,conhecendo dezenas de pessoas pelo caminho.

    Conheci um participante aqui do forum que me arranjou um motor, ( e obrigou-me a ir á terra dele conhecer uma magnífica região e um soberbo ferro-velho) inscrevi-me num forum da marca,onde participam interessados que me proporcionaram ajuda e a sua amizade, conheci um indivíduo na Alemanha que me mandou umas peças, e "Last but not least", conheci o director-geral do projecto "Crossbow", o carro da KTM , em Inglaterra. Um engenheiro Japonês. Que por sua vez me deu o contacto de um coleccionador austríaco com diverso material e fotos.

    Graças a uma "motoreta", conheci dezenas de pessoas de seis países, e estou a devolver um veículo á estrada, que saíu de lá há quase três décadas.Nao creio que consiga fazer isto junto a uma máquina do café a falar sobre bola...

    Resumindo, não olhem para o vosso hobbie-actividade de restaurar veículos como "algo menor",por muito que indivíduos com as mãos mais limpinhas e mais penteadinhos vos façam querer parecer.

    Os meus amigos,que como eu não se importam de lavar a cabeça de vez em quando com Sonasol, são pessoas altamente capazes e dotadas de um espírito criativo e técnico apurado, e construtores por natureza. Gozem as vossas pequenas vitórias de conseguir devolver um veículo á estrada ,porque é lá que o acelerador e os olhares de admiração vos irão recompensar.

    Não no escritório junto á máquina do café...
     
  2. Belas palavras,concordo plenamente;)
     
  3. Muito bem dito sim senhor.
    É esse o espirito que temos todos de conservar. Ha muita gente que pensa que por termos um "monte de lata velha" na garagem e passar o nosso tempo livre a repara-la é desperdicio de tempo e dinheiro
    Mas essas pessoas sao incultas e tem medo de se meterem numa aventura destas, medo de nao conseguirem concretizarem esse projecto.
    Eu gosto é de acabar o restauro e encontrar algumas pessoas que me diziam que era so um carro velho, que nao valia a pena....So para lhe dar uma chapada de luva branca e mostar que valeu a pena e que estamos orgulhosos por ter "UMA MAQUINA" a serio....
     
    Claudio Vilas gostou disto.
  4. Muito bom.(No comment).:D
     
  5. ola a todos.
    palermice sim mas com todo o gosto.
    isto porque eu sou daqueles que tenho 2 classicos em que um deles vai ficar para o meu filho que hoje com 6 anos ja diz que o carro azul é dele.
    sim porque ate foi no carro azul que saiu da maternidade e um dia podera dizer ao seus filhos isso mesmo.

    sera que o sr do mercedes ou o empregado do escritorio podera dizer o mesmo???

    eu ainda sou daqueles que penso que o dinheiro,pouco ou muito não compra tudo.


    abraços
     
    Claudio Vilas gostou disto.
  6. É isso mesmo! concordo plenamente, mas às vezes parece que restaurar clássicos é uma maneira de empobrecer alegremente, mas a realização é total.

    Abraços
     
  7. E mesmo esse o espirito Mike

    abraço
     
  8. parabens por esta mensagem quem quer por defeitos no trabalho dos outros tem inveja e são medrosos
     
  9. Totalmente verdade! Á conta dos restauros e encontros, fiz amizades por todo o lado que ainda hoje mantenho com orgulho! Se isso não vale uns banhos de Sonasol á porta de casa, o que valerá???
    Muito bem, Mike Silva! É esse o espírito!
    Abraços!
     
  10. O mike disse todo o que vai na mente de quem tem como Hobby o restauro.
    E pena e que muito "Ferro velho" se esteja a perder por causa da ganancia do dinheiro.

    Cumprimentos
     
  11. Pois,é! Unhas Negras,arranhão No Braço,uns Pontos Na Cabeça,umas Horas A Menos De Sono.
    Mas Um Grande Coração.
     
  12. É verdade Mike, já fiz amizades aqui no portal que valem qualquer tipo de esforço da minha parte para as conservar e nunca fui tantas vezes a Aveiro desde que os conheci :D

    Ah, e já são poucos os meus amigos que chamam "carros velhos" aos meus carros, já lhes dei a volta, ou tratam por clássico ou pela marca do carro :D
     
  13. Ficheiros Anexados:

  14. É isso mesmo Mike.
    Buxus, carros velhos, carroça, já levei de tudo mas ninguem me tira o gozo do restauro de arranjar e das amisades que já fiz a conta disto. Tenho fotos de carros e gentes de toda a parte com quem contactei desde aqui ao lado como Austrália.
    É mesmo isso Mike .............
     
  15. Bem, só mesmo o nosso amigo Mike se poderia lembrar disto!!
    Parabens, o tópico está 5 estrelas!!!!
     
  16. Mike, comigo passa-se tudo exactamente como descreves...

    Desde a esposa que não gosta das maos sujas aos colegas de trabalho que não conseguem compreender a paixão que é esta pelos classicos...

    Mas é isso que nos torna especiais e diferentes do habitual modo de vida dos nossos vizinhos que as vezes até mandam piadas estupidas sobre os nossos ferros velhos!

    É um hobbie que é bem mais nobre que muitos desportos praticados por alguns mortais.

    Estamos todos de parabens!
     
  17. dos melhores testamentos que já li :)

    parabens, está 7 estrelas

    abraços..
     
  18. gostei de ler;) cumprimentos e concordo plenamente que restaurar um classico é muito mais que arranjar um carro velho.. é muito mais que isso.:huh:
     
  19. Pois é.
    Um clássico é como um amor não correspondido....
    ...mas que havemos de fazer? ..Insistimos até acertarmos (ou não)!
    Saudações
    António Soares
     
  20. HI
    A vida é assim mesmo, para existirem uns "espertos" tem de haver "palermas.
    O problema dos "espertos" é quando os "palermas" assumem que o são; ficam sem qualquer tipo de razão.
    Eu sou do grupo dos "palermas" assumidos, até uma "casa de banho" mandei construir na cave para a esposa nao "azucrinar" o juizo :D:D:D
    Mas como na vida no mundo nao podem ser todos iguais, e por isso e com mais ou menos tara, temos de aturar as criticas dos diferentes de nós.
    Deixai falar (perdoai-lhes Senhor porque nao sabem o que dizem :D:D), porque muitas das vezes o problema é uma valente "dor de cotovelo".
    Gostei de ler, continua a escrever, e para quem não souber ler (perdoa-lhes) :D:D
    A minha vénia para a prosa.
    GB
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página