Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

A minha vénia

Tópico em 'Legislação' iniciado por Guilherme Bugalho, 28 Nov 2008.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Guilherme Bugalho, 28 Nov 2008.

  1. A minha vénia para a Comissão Nacional de Protecção de Dados (http://www.cnpd.pt/), por ter a coragem de dizer não às ideias deste governo de colocar "chips" nas matriculas.
    Pelos vistos ficavamos sem saber o que faziam com os dados que podiam ser recolhidos.
    O meu obrigado a esses Senhores (escrevo com letra maiscula intencionalmente)
     
  2. Concordo plenamente com a decisão do cancelamento desta proposta de lei, o que me preocupa é, até quando?
     
  3. Poderia ter as suas vantagens, mas a maior parte delas penso que seria para os vigaristas e burlões, ainda bem que esta lei não avançou, mas estou com o José Lopes, até quando...?
     
  4. Independentemente disso parece-me que a coisa é para ir avante o_O com o pretexto das portagens nas SCUTS o governo quer obrigar na mesma à colocação dos ditos "chispes".
    Pelos vistos esta maioria não gosta mesmo de ser contrariada e está a tentar dar a volta ao sistema com outros argumentos. Os dados são "guaradados" e tal... é "impossivel conhecê-los" e tal... mas se passares sem pagar eles vão ter contigo :rolleyes
    Enfim estão a estudar a coisa para abrir caminho a uma primeira fase que nos vai custar 10€ e que ao que parece será obrigatório.
    Depois é um pulinho para o resto que agora foi negado, digo eu... :rolleyes
    Já não compreendo a ideia das portagens nas SCUTS, afinal os nossos impostos são para o quê? porque raio temos de pagar tudo a dobrar?... neste caso concreto a implementação do sistema vai ter outros custos o que acho um abuso.
    Tudo isto só contribui para a minha teoria de que tudo o que se faz em Portugal não é em prol do cidadão mas sim em prol dos cofres do estado e não só, o que ainda é pior.A empresa dos "chispes" deve ter apanhado um susto do caraças, e não só ela.
    Reparem bem que apenas não pagamos directamente as condições a criar com o intuito de nos arrancar dinheiro dos bolsos de modo muito directo. Atrevo-me a dizer que é mesmo em tom de assalto.
     
  5. O problema é a informação ser facilmente "visualizada" e utilizada por pessoas que não deviam ter acesso a informação.

    Para alem de ser mais uma maneira encoberta de nos poderem sacar guito automaticamente, gostava sinceramente se perceber o seu real sentido pratico... estando a tentar passar as obrigaçoes do estado para os contribuintes...
     
  6. Agora nao estou a perceber nada, afinal, vai ser obrigatório ou não?
     
  7. é para ir avante depois das eleiçoes e se tiverem maioria;)
     
  8. Bem, enquanto o pau vai e vem folgam as costas :D:D
    Sinseramente não esperava, que a Comissão fosse assim tão clara sobre o assunto.
    Normalmente estas comissões servem apenas para justificar os actos do governo.
    Por isso enquanto o governo "estuda" outra maneira de contrariar o sentir do automobilista (classico ou nao) cá vamos andando na paz do Senhor.
    Penso que vai ser mais uma daquelas leis "marteladas" como a lei do cancelamento de matriculas, e terá como objectivo "acabar" com os classicos.
    A ver vamos
     
  9. Caro Guilherme: a Comissão Nacional de Protecção de Dados Pessoais felizmente ainda funciona independentemente do (des)governo deste País . Penso que é das Comissões que melhor funciona, embora às vezes pareça que quer impedir um melhor funcionamento dos Serviços.
    Contactei com ela há cerca de 10 anos atrás quando informatizei os dados do meu Serviço e de início pareceu-me que apenas estavam a tentar bloquear o meu trabalho quando afinal ajudaram (e muito) na manutenção dum ficheiro em que apenas era impedida a identificação nominal dos intervenientes.
    Obviamente que o uso do chip tinha de ser impedido pela CNPD, como tem impedido outras medidas tendentes a criar um Big Brother
    Bem hajam
     
  10. Por isso mesmo a minha vénia.
    E que continuem com a coragem e independência que demonstraram.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página