Petrolicious – The First Seat Is A Peerless GT

212
0

Quando Paul Cressey chega à pista de Laguna Seca para as Monterey Historic Races no seu Peerless GT de 1959, sabe que irá enfrentar uma concorrência acirrada. No entanto, para Paul essa concorrência também é pessoal pois inclui o seu pai, Ron Cressey, reconhecido pela forma competitiva como corre com o seu próprio Corvette de 1959 na mesma prova. Quando os dois se reencontram na sua garagem de casa, não é surpreendente que a conversa rapidamente se transforme nos tempos por volta mais rápidos e consistentes.

Paul tinha apenas poucos anos de idade quando Ron, um piloto de instrução da VARA (Vintage Auto Racing Association), avistou um Peerless GT em cima de um veículo de transporte. O que Ron não sabia é que estava a olhar para a sua passagem de testemunho: a Peerless existiu durante apenas três anos, até que em finais dos anos 1950 fechou as portas. Depois de convencer o proprietário a vender o carro, Ron levou os cinco anos seguintes a restaurá-lo – e aos seus componentes Triumph TR3 – até à sua condição atual, com a expetactiva que um dia o jovem Paul correria nele.

Paul cresceu no mundo das corridas clássicas e desde tenra idade mostrou um interesse pela competição. Enquanto muitos dos seus amigos afastaram-se das pistas à medida que envelheceram (mesmo como carros disponíveis para conduzir) mas Paul manteve o interessado em pilotar um dos carros da família. Após alguns anos de espera, concretizou recentemente esse sonho, correndo no Peerless restaurado pelo seu pai e desde então este duo “pai-e-filho” encontram-se regularmente em pista.

Tradução do original da Petrolicious que pode ser visto aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=YzN2OIay7l4